Última verificação: 17/05/2021

Direito de residência

Descubra tudo o que precisa de saber sobre viver noutro país da UE, quer esteja empregado ou à procura de emprego quer seja estudante ou pensionista. Em especial, quais são os seus direitos no país de acolhimento e que formalidades administrativas tem de cumprir.

Escolha uma situação

Enquanto cidadão da UE, tem o direito de ir viver para qualquer país da UE para viver, trabalhar, estudar, procurar um emprego ou gozar a sua reforma.

Pode permanecer noutro país da UE até três meses sem se registar nesse país, mas pode ter de comunicar a sua presença. A única condição é possuir um documento de identidade nacional ou passaporte válido. Se quiser ficar mais de três meses, pode ter de registar-se como residente.

Em muitos países da UE, deve ter sempre consigo um documento de identidade ou passaporte válido. Nesses países, se se esquecer destes documentos em casa, arrisca-se a ter de pagar uma multa ou a ser detido temporariamente, mas não poderá ser expulso e enviado de volta para o seu país só por esse motivo.

Verifique se tem de ter sempre consigo um documento de identidade ou passaporte no seu país de acolhimento:

Tem dúvidas sobre um país específico?

Se residir legalmente noutro país da UE durante cinco anos consecutivos, adquire automaticamente o direito de residência permanente nesse país.

Verifique quais são os seus direitos em função da sua situação:

Gostaria de ir viver para outro país da UE para:

trabalhar

estudar

viver como reformado

procurar emprego

juntar-me à minha família

fazer qualquer outra coisa

Se não é cidadão da UE e gostaria de ir viver para a UE para trabalhar ou estudar, consulte o Portal de Imigração da UEbrir como ligação a um sítio externo para todas as informações práticas.

Familiares que são cidadãos da UE

Partilhar esta página: