Percurso de navegação

Actualização 08/2015

Actualização 08/2015

Classificação, rotulagem e embalagem


Partilhar no 
		Partilhar no Facebook
	
		Partilhar no Twitter
	
		Partilhar no google+
	
		Partilhar no linkedIn

O Regulamento «CRE» (classificação, rotulagem e embalagem) български (bg)czech (cs)dansk (da)Deutsch (de)eesti (et)ελληνικά (el)English (en)español (es)Français (fr)Gaeilge (ga)italiano (it)latviešu (lv)lietuvių (lt)magyar (hu)Malti (mt)Nederlands (nl)polski (pl)română (ro)slovenčina (sk)slovenščina (sl)suomi (fi)svenska (sv) [7 MB] complementa o Regulamento «REACH», garantindo uma informação adequada dos trabalhadores e dos consumidores quanto aos riscos associados aos produtos químicos que utilizam mediante a inclusão de advertências e pictogramas normalizados nos respetivos rótulos e a apresentação de fichas de dados de segurança.

A UE dispõe de sistemas de informação sobre produtos químicos perigosos desde finais da década de sessenta, mas que não eram iguais aos sistemas de classificação utilizados noutros países.

Por conseguinte, para ajudar os consumidores e facilitar o comércio internacional, a UE adotou o Regulamento «CRE», que prevê a utilização das novas regras do Sistema Mundial Harmonizado (GHS) elaborado pelas Nações Unidas.

A partir de 1 de junho de 2015, o sistema previsto no Regulamento «CRE» passará a ser o único em vigor. Todas as empresas de todos os países da UE devem garantir a conformidade com este sistema.

A quem se aplicam as disposições do Regulamento «CRE»?

As disposições do Regulamento «CRE» aplicam-se aos fornecedores de produtos químicos perigosos no mercado no Espaço Económico Europeu (EEE), abrangendo uma grande variedade de empresas, desde fabricantes a importadores e reimportadores de substâncias ou misturas, produtores de artigos específicos, formuladores, distribuidores e, mesmo, retalhistas. As suas obrigações dependem do papel que desempenha na cadeia de abastecimento.

Como funciona o Regulamento «CRE»?

Antes de colocar substâncias ou misturas químicas no mercado, deve:

  • analisar os riscos potenciais para a saúde humana e o ambiente e classificá-las em conformidade com os riscos identificados
  • rotular e embalar os produtos químicos perigosos de acordo com o sistema normalizado previsto no Regulamento «CRE», de modo a que os trabalhadores e os consumidores fiquem a conhecer os seus efeitos antes de os manusearem

Se colocar uma substância perigosa no mercado, quer isoladamente quer enquanto parte de uma mistura, deve notificar , no prazo de um mês a contar da data da primeira colocação da substância ou mistura no mercado, a respetiva classificação e rotulagem para que sejam incluídas no inventário de classificação e rotulagem, criado pela Agência Europeia dos Produtos Químicos (ECHA). Essa notificação é gratuita. No caso dos importadores, o prazo de notificação é contado a partir da data em que a substância é fisicamente introduzida no território aduaneiro da UE, quer isoladamente quer enquanto parte de uma mistura.

A partir de quando é obrigatório classificar e rotular os produtos químicos em conformidade com o Regulamento «CRE»?

As novas regras aplicáveis às substâncias entraram em vigor em 1 de dezembro de 2010. No entanto, até 1 de junho de 2015, deve classificar as substâncias de acordo com o antigo sistema e com o novo sistema «CRE» e comunicar as duas classificações aos utilizadores. As substâncias devem ser rotuladas e embaladas em conformidade com o Regulamento «CRE».

No que respeita às misturas, as novas regras são obrigatórias a partir de 1 de junho de 2015, mas podem ser aplicadas mais cedo (nesse caso, as misturas devem ser embaladas e rotuladas unicamente em conformidade com o Regulamento «CRE»). Para misturas que entrem na cadeia de abastecimento antes de 1 de junho de 2015, a aplicação das novas regras em matéria de rotulagem e embalagem pode ser adiada por dois anos, até 1 de junho de 2017.

O que é necessário fazer para garantir a conformidade com o Regulamento «CRE»?

  • identificar as obrigações da empresa ao abrigo do regulamento em função do papel que desempenha na cadeia de abastecimento (fabricante, importador, utilizador, produtor ou distribuidor de artigos). A empresa pode desempenhar mais do que um papel.
  • atualizar o inventário das substâncias e misturas (incluindo as substâncias contidas em misturas) e das substâncias contidas em artigos da empresa

É aconselhável planear os procedimentos associados ao Regulamento «CRE» juntamente com relativos ao Regulamento «REACH» e à legislação em matéria de biocidas English e pesticidas English eventualmente aplicável.

Apoio local às empresas

Contacte um parceiro local de apoio às empresas

O seu pedido será enviado a um parceiro da Enterprise Europe Network . Para obter uma resposta rápida e correta, dê o maior número de informações possível.

EEN-logo

Formulário de contacto

(Todos os campos são obrigatórios)
Obrigado, a sua mensagem foi enviada.
Devido a problemas técnicos, não foi possível enviar a sua mensagem. Volte a tentar mais tarde.
Indique um endereço eletrónico válido

Dados pessoais

Dados da empresa

País

Alemanha

Berlin

Bremen

Bremenhaven

Chemnitz

Dresden

Düsseldorf

Erfurt

Frankfurt/Oder

Freiburg

Hamburg

Hannover

Kaiserslautern

Kiel

Konstanz

Leipzig

Magdeburg

Mannheim

Mülheim an der Ruhr

München

Potsdam

Reutlingen

Rostock

Saabrücken

Stuttgart

Trier

Ulm

Villingen-Schwenningen

Wiesbaden

Áustria

Wien

Bélgica

Brussel

Bruxelles

Namur

Bulgária

Dobrich

Plovidiv

Ruse

Sandanski

Sofia

Stara Zagora

Vratsa

Yambol

Chipre

Nicosia

Croácia

Zagreb

Dinamarca

Aalborg

Copenhagen

Herning

Kolding

Næstved

Viborg

Eslováquia

Bratislava

Prešov

Eslovénia

Ljubljana

Espanha

Barcelona

Madrid

Oviedo

Palma

Santa Cruz de Tenerife

Sevilla

Valencia

Vitoria- Gazteiz

Zaragoza

Estónia

Tallinn

Finlândia

Helsinki

Oulu

Tampere

Turku

Vantaa

França

Amiens

Annecy

Aulnat

Besançon

Bordeaux

Bourg en Bresse

Caen

Cayenne

Chalons-en-Champagne

Chambéry

Dijon

Fort-de-France

Grenoble

Lille

Limoges

Lyon

Marseille

Marseille

Montpellier

Montpellier

Nancy

Nantes

Orléans

Paris

Pointe-à-Pitre

Poitiers

Privas

Rennes

Rouen

Saint-Denis

Saint-Etienne

Strasbourg

Toulouse

Valence

Grécia

Athens

Hungria

Budapest

Debrecen

Eger

Győr

Miskolc

Nyíregyháza

Pécs

Szeged

Székesfehérvár

Zalaegerszeg

Irlanda

Dublin

Itália

Firenze

Milano

Napoli

Pieta

Roma

Torino

Venezia

Letónia

Riga

Lituânia

Vilnius

Luxemburgo

Luxembourg

Malta

Pieta`

Noruega

Ås

Oslo

Stavanger

Tromsø

Países Baixos

Den Haag

Nieuwegein

Polónia

Kielce

Lublin

Warsaw

Wroclaw

Portugal

Lisboa

Reino Unido

Belfast (Northern Ireland)

Cardiff (Wales)

Edinburgh (Scotland)

London (England)

República Checa

Brno

Brno

Liberec

Ostrava

Ostrava

Pardubice

Plzen

Praha

Usti nad Labem

Roménia

Arad

Bacau

Bucuresti

Cluj-Napoca

Constanta

Craiova

Galati

Iasi

Ramnicu Valcea

Timișoara

Suécia

Borlänge

Göteborg

Jönköping

Kramfors

Luleå

Malmö

Örebro

Östersund

Stockholm

Umeå

Västerås

Växjö

3000/3000

As informações que constam deste formulário são enviadas diretamente a um parceiro da Enterprise Europe Network. Os dados pessoais indicados no formulário serão utilizados exclusivamente para ajudar os consultores a responder ao seu pedido e não serão guardados.

Ajuda e aconselhamento

Ponto de contacto para produtos

O seu ponto de contacto para produtos pode informá-lo sobre a legislação nacional relativa aos produtos e ajudá-lo a aceder aos mercados de outros países da UE.