Percurso de navegação

Actualização 08/2015

Actualização 08/2015

Marcação CE


Partilhar no 
		Partilhar no Facebook
	
		Partilhar no Twitter
	
		Partilhar no google+
	
		Partilhar no linkedIn

Muitos produtos só podem ser vendidos no EEE (UE + Islândia, Liechtenstein e Noruega) se ostentarem a marcação CE, que certifica que os mesmos foram avaliados e cumprem os requisitos da UE em matéria de segurança, saúde e proteção do ambiente. Isto aplica-se tanto a produtos fabricados no EEE como a produtos fabricados em países terceiros e comercializados no EEE.

A marcação CE só é aplicável a produtos para os quais tenham sido adotadas especificações a nível da UE.

Para poder apor a marcação CE num produto, é necessário apresentar um dossiê técnico que comprove que o mesmo cumpre todos os requisitos necessários a nível da UE. A declaração de conformidade do produto com todos os requisitos aplicáveis é da inteira responsabilidade do fabricante. Uma vez aposta a marcação CE no produto, o fabricante poderá ter de fornecer aos distribuidores e/ou importadores do produto em causa toda a documentação comprovativa da obtenção dessa marcação.

Como obter a marcação CE?

Os fabricantes têm de seguir um procedimento com várias etapas:

1. Identificar os requisitos aplicáveis a um determinado produto na UE

Os requisitos aplicáveis a nível da UE estão previstos em diretivas relativas aos diferentes produtos ou grupos de produtos , tais como:

  • brinquedos
  • equipamento elétrico
  • máquinas e aparelhos
  • dispositivos médicos
  • equipamentos de elevação
  • equipamento de proteção individual

Essas diretivas definem os requisitos essenciais que os produtos a que dizem respeito devem cumprir.

2. Verificar se o produto cumpre os requisitos específicos

Cabe ao fabricante verificar se o produto satisfaz todos os requisitos previstos na legislação europeia. Se existirem normas europeias harmonizadas English para o produto em causa e se estas forem respeitadas durante o processo de produção, o produto será automaticamente considerado conforme com as diretivas da UE aplicáveis.

A utilização das normas não é obrigatória. O fabricante pode optar por outras soluções técnicas para cumprir os requisitos essenciais previstos na diretiva da UE aplicável.

3. Verificar se o produto deve ser testado por um organismo notificado

Alguns produtos devem ser testados por organismos de avaliação da conformidade («organismos notificados») para verificar se cumprem requisitos técnicos específicos. Esta disposição não é obrigatória para todos os produtos. A base de dados Nando indica os organismos notificados a contactar.

4. Testar o produto

Se o produto não tiver de ser verificado por um organismo independente, cabe ao fabricante assegurar a respetiva conformidade com os requisitos técnicos, o que implica, nomeadamente, avaliar os eventuais riscos inerentes à sua utilização e documentá-los.

5. Apresentar um dossiê técnico

O dossiê técnico deve conter todos os documentos comprovativos de que o produto cumpre os requisitos técnicos aplicáveis.

6. Apor a marcação CE e redigir uma declaração de conformidade

O fabricante pode, seguidamente, apor a marcação CE no produto. Esta deve ser visível, legível e indelével. Em caso de intervenção de um organismo notificado na terceira etapa, o fabricante deve também indicar o número de identificação desse organismo no produto. Por último, deve também redigir e assinar uma declaração de conformidade CE certificando que o produto cumpre todos os requisitos legais.

Importadores

Enquanto os fabricantes são responsáveis por garantir a conformidade do produto e apor a marcação CE, os importadores devem garantir que os produtos que colocam no mercado cumprem os requisitos aplicáveis e não representam um risco para o público europeu. O importador tem de verificar que os fabricantes de fora da UE tomaram as medidas necessárias e que existe documentação que pode ser disponibilizada se solicitada.

Distribuidores

Os distribuidores devem ter um conhecimento básico dos requisitos legais, nomeadamente sobre que produtos devem ostentar a marcação «CE» e a documentação que os deve acompanhar, e ser capazes de identificar os produtos que não estão claramente conformes. Devem, além disso, estar em condições de demonstrar às autoridades nacionais que agiram com a devida diligência e que receberam a confirmação, por parte do fabricante ou do importador, de que foram tomadas as medidas necessárias. Além disso, os distribuidores devem poder apoiar as autoridades nacionais nos seus esforços para receber a documentação necessária.

Apoio local às empresas

Contacte um parceiro local de apoio às empresas

O seu pedido será enviado a um parceiro da Enterprise Europe Network . Para obter uma resposta rápida e correta, dê o maior número de informações possível.

EEN-logo

Formulário de contacto

(Todos os campos são obrigatórios)
Obrigado, a sua mensagem foi enviada.
Devido a problemas técnicos, não foi possível enviar a sua mensagem. Volte a tentar mais tarde.
Indique um endereço eletrónico válido

Dados pessoais

Dados da empresa

País

Alemanha

Berlin

Bremen

Bremenhaven

Chemnitz

Dresden

Düsseldorf

Erfurt

Frankfurt/Oder

Freiburg

Hamburg

Hannover

Kaiserslautern

Kiel

Konstanz

Leipzig

Magdeburg

Mannheim

Mülheim an der Ruhr

München

Potsdam

Reutlingen

Rostock

Saabrücken

Stuttgart

Trier

Ulm

Villingen-Schwenningen

Wiesbaden

Áustria

Wien

Bélgica

Brussel

Bruxelles

Namur

Bulgária

Dobrich

Plovidiv

Ruse

Sandanski

Sofia

Stara Zagora

Vratsa

Yambol

Chipre

Nicosia

Croácia

Zagreb

Dinamarca

Aalborg

Copenhagen

Herning

Kolding

Næstved

Viborg

Eslováquia

Bratislava

Prešov

Eslovénia

Ljubljana

Espanha

Barcelona

Madrid

Oviedo

Palma

Santa Cruz de Tenerife

Sevilla

Valencia

Vitoria- Gazteiz

Zaragoza

Estónia

Tallinn

Finlândia

Helsinki

Oulu

Tampere

Turku

Vantaa

França

Amiens

Annecy

Aulnat

Besançon

Bordeaux

Bourg en Bresse

Caen

Cayenne

Chalons-en-Champagne

Chambéry

Dijon

Fort-de-France

Grenoble

Lille

Limoges

Lyon

Marseille

Marseille

Montpellier

Montpellier

Nancy

Nantes

Orléans

Paris

Pointe-à-Pitre

Poitiers

Privas

Rennes

Rouen

Saint-Denis

Saint-Etienne

Strasbourg

Toulouse

Valence

Grécia

Athens

Hungria

Budapest

Debrecen

Eger

Győr

Miskolc

Nyíregyháza

Pécs

Szeged

Székesfehérvár

Zalaegerszeg

Irlanda

Dublin

Itália

Firenze

Milano

Napoli

Pieta

Roma

Torino

Venezia

Letónia

Riga

Lituânia

Vilnius

Luxemburgo

Luxembourg

Malta

Pieta`

Noruega

Ås

Oslo

Stavanger

Tromsø

Países Baixos

Den Haag

Nieuwegein

Polónia

Kielce

Lublin

Warsaw

Wroclaw

Portugal

Lisboa

Reino Unido

Belfast (Northern Ireland)

Cardiff (Wales)

Edinburgh (Scotland)

London (England)

República Checa

Brno

Brno

Liberec

Ostrava

Ostrava

Pardubice

Plzen

Praha

Usti nad Labem

Roménia

Arad

Bacau

Bucuresti

Cluj-Napoca

Constanta

Craiova

Galati

Iasi

Ramnicu Valcea

Timișoara

Suécia

Borlänge

Göteborg

Jönköping

Kramfors

Luleå

Malmö

Örebro

Östersund

Stockholm

Umeå

Västerås

Växjö

3000/3000

As informações que constam deste formulário são enviadas diretamente a um parceiro da Enterprise Europe Network. Os dados pessoais indicados no formulário serão utilizados exclusivamente para ajudar os consultores a responder ao seu pedido e não serão guardados.

Ajuda e aconselhamento

Ponto de contacto para produtos

O seu ponto de contacto para produtos pode informá-lo sobre a legislação nacional relativa aos produtos e ajudá-lo a aceder aos mercados de outros países da UE.