EU PROTECTS > O nosso meio ambiente > Sinal de alerta: descubra de que forma a Europa se uniu para combater os incêndios florestais em Itália

"Nunca vi uma catástrofe como esta."

Luca Capasso

No verão de 2017, a localidade italiana de Ottaviano foi ameaçada por incêndios florestais que se espalharam pela encosta montanhosa. Os serviços nacionais não tinham mãos a medir e a Itália pediu à UE para intervir e pedir ajuda a outros países europeus. Numa questão de horas, a França respondeu ao pedido, enviando de imediato aviões para salvar vidas e casas.

Reproduzir o vídeo

Sinal de alerta: descubra de que forma a Europa se uniu para combater os incêndios florestais em Itália

Quando os incêndios florestais ameaçaram a localidade de Ottaviano em julho de 2017, as autoridades italianas pediram ajuda à UE.

Desloque-se para continuar

EU Protects: como a Europa se uniu para combater os incêndios florestais

Luca Capasso

Presidente da Câmara de Ottaviano

Itália

"A situação era muito grave. O serviço regional de defesa civil e o corpo de bombeiros não conseguiam chegar às chamas perto de Ottaviano, por se encontrar num vale. Os nossos aviões não estavam equipados para este tipo de emergência." 

"Graças ao auxílio da UE, aviões franceses de combate a incêndios vieram rapidamente em nosso socorro." 

 

 

 

 

 

 

 

"Sem a ajuda dos franceses, teria sido impossível dominar o fogo."

 - Luca Capasso

Paolo Vaccari

Autoridade de Proteção Civil

Itália

"2017 foi um mau ano para os incêndios florestais e julho foi um mês particularmente grave. Decidimos enviar um pedido ao Centro de Coordenação de Emergência em Bruxelas, que coordenou a resposta e cobriu os custos de enviar ajuda para Itália."

 

 

 

"A previsão meteorológica não era animadora e, face ao aumento dos incêndios florestais, pedimos ajuda." 

 - Paolo Vaccari

Michal Miadok

Eslovaco, Centro de Coordenação de Resposta de Emergência, Comissão Europeia

Bélgica

"Eu era um dos três agentes de serviço quando recebemos a chamada de Itália. França enviou imediatamente dois aviões Canadair para combate a incêndios." 

"É este o nosso trabalho. Se houver uma emergência na UE, como um incêndio ou um sismo, a nossa missão é ajudar. De imediato, alertamos todos os países da UE."

 

 

 

 

"Em caso de emergência, as pessoas precisam de ajuda. E é para isso que nós estamos aqui." 

 - Michal Miadok

Lucia Luzietti

Sistema Copérnico de Gestão de Emergências

Itália

"Vivo em Itália, mas vejo a nossa equipa de cartografia como uma comunidade verdadeiramente europeia. Foi-me pedido que elaborasse a cartografia das áreas afetadas pelos incêndios no sul de Itália." 

"O nosso satélite capturou imagens da área e os mapas chegaram às autoridades italianas em poucas horas. Depois, a equipa de bombeiros no terreno recebeu os dados e ficou a saber exatamente quais as áreas a que deviam dar prioridade."

"Estamos de serviço 24 horas por dia, sete dias por semana, e nunca paramos de trabalhar."

 - Lucia Luzietti

Eric Guerin

Piloto, Autoridade de Segurança Civil

França

"Quando chegamos ao local, não temos tempo para mais nada a não ser trabalhar. Em julho de 2017, pilotei um Canadair CL415 entre a minha base em Nîmes e Itália. Fiz parte da ajuda francesa que incluiu dois aviões." 

"Passámos o dia a combater os incêndios na região, incluindo a localidade de Ottaviano."

 

 

 

 

 

"Os nossos colegas europeus teriam feito o mesmo por nós."

 - Eric Guerin

Sabia que?

Solicitar ajuda

Quando um país necessita de assistência externa, como foi o caso de Itália em julho de 2017, o Mecanismo de Proteção Civil da UE pode ser ativado por autoridades nacionais nas áreas afetadas.

Centro nevrálgico

Este mecanismo é posto em prática através do Centro de Coordenação de Resposta de Emergência (CCRE), que recebe os pedidos de ajuda e garante uma resposta rápida.

17

O número de vezes que o mecanismo foi ativado na sequência de incêndios florestais em 2017. Foi enviada ajuda, em 10 ocasiões, para Portugal, Itália, Montenegro, França e Albânia. 

800 000 hectares

O montante total de terreno queimado por incêndios em Portugal, Itália e Espanha em 2017.

222

O número de mapas produzidos pelo Sistema Copernicus de Gestão de Emergências (EMS) para 6 países europeus durante o verão de 2017.

QUEM SÃO OS OUTROS HERÓIS QUE ESTÃO A DAR RESPOSTA ÀS CATÁSTROFES?

Talvez alguns destes heróis sejam do seu país.

Graças à UE, existe uma rede de heróis locais que trabalham em conjunto para ajudar a proteger os cidadãos europeus do tráfico de droga, radicalização, ataques cibernéticos e muito mais. De investigadores a pilotos, de especialistas em comércio a médicos, descubra como a UE apoia os heróis locais no seu país.