Tratamento clínico

Excelente!
É ótimo saber que tens uma paixão por
Tratamento clínico
Ver todas as paixões
A minha saúde. A minha vida.

Recebe cuidados de saúde planeada e de emergência em qualquer lugar da UE

PASSAPORTE, BAGAGEM, ÓCULOS DE SOL... SEGURO!

Quer esteja a esquiar em Itália ou a fazer turismo na Polónia, há sempre a possibilidade de adoecer ou de ter um acidente longe de casa. Ter um cartão europeu de seguro de doença significa que posso usar serviços de saúde públicos para conseguir o tratamento necessário rápida e facilmente, caso haja algum desastre.

FÉRIAS SEM STRESS

Adoecer em Espanha ou cair na Grécia? Não preciso de me preocupar com as contas do hospital. Se os cuidados de saúde forem gratuitos para os nacionais, também são gratuitos para mim

EM CASO DE EMERGÊNCIA, LIGAR PARA O 112!

Ninguém planeia um desastre, mas os acidentes acontecem. Se precisar de ajuda, posso marcar o 112 de qualquer telefone fixo ou móvel gratuitamente, esteja onde estiver na UE.

AJUDA NAS PONTAS DOS DEDOS

Perguntas? Toda a informação de que preciso sobre o processo de reembolso, tratamentos disponíveis, custos e números de telefone de emergência, está disponível online. Inicie a sessão para saber mais.

PLANEADO E NÃO PLANEADO

O meu cartão de seguro de saúde europeu dá-me acesso a tratamentos necessários nos serviços de saúde públicos, mas como cidadão da UE eu também posso planear tratamentos no estrangeiro (precisarei de falar com o meu ponto de contacto nacional para saúde além-fronteiras e a minha seguradora de saúde sobre isso antes de sair do meu país).

CUIDADOS ATRAVÉS DA COLABORAÇÃO

Felizmente, os nossos médicos e enfermeiros têm conhecimentos alargados na esmagadora maioria de doenças que existem atualmente. Mas o que acontece se eu contrair uma doença rara que o meu médico desconheça? As Redes Europeias de Referência dão aos médicos acesso a um conjunto de especialistas em mais de 900 unidades de cuidados de saúde, para consulta e aconselhamento numa série de doenças raras e complexas em 24 especialidades. Trabalhando juntos, podem ajudar-me a ter cuidados médicos de alta qualidade, mantendo-me próximo de pessoas do meu ambiente doméstico.

Como funciona?

Ser cidadão da UE significa que posso recorrer aos serviços de saúde noutro país da UE e Islândia, Liechtenstein, Noruega e Suíça, em caso de necessidade de assistência médica, graças ao meu Cartão Europeu de Seguro de Doença. A legislação da UE permite-me ser tratado da mesma forma que um residente do país onde me encontro, mas posso ter de fazer o mesmo pagamento antecipado que os cidadãos nesse país. Isto significa que sou livre de desfrutar de tudo o que cada país tenha para oferecer, sabendo que, caso aconteça alguma coisa enquanto estou longe de casa, tenho cobertura. No caso da saúde planeada noutro Estado-Membro da UE (e Islândia, Liechtenstein e Noruega), posso recorrer ao meu Ponto de Contacto Nacional ao planear a viagem, para saber quais são os meus direitos.

    Sabias?

    200 milhões

    /euandme/file/794_ptemergency-healthcare.png

    de Cartões europeus de seguro de doença em circulação em 2014.

    1,6 milhões

    /euandme/file/793_ptemergency-healthcare2.png

    Número de reembolsos solicitados em 2013 ao abrigo do esquema do seguro de doença europeu.

    Além-fronteiras

    /euandme/file/792_ptemergency-healthcare4.png

    Preciso de aviar uma receita enquanto estiver no estrangeiro? O meu médico pode dar-me uma receita que eu possa usar noutro país da UE, para poder continuar a ter acesso aos meus medicamentos enquanto estiver fora.

    Perguntas?

    /euandme/file/832_ptemergency-healthcare5.png

    Uma rede de Pontos de Contacto Nacionais na Europa pode responder às tuas dúvidas sobre tratamento planeado e não planeado antes de te deslocares ao estrangeiro, para que te possas concentrar no que realmente importa durante a estadia.

    Director's Video

    /euandme/file/21227_ptO Hostel Com Vida: uma curta-metragem #EUandME realizada por Matthias Hoene

    O Hostel Com Vida, realizado por Matthias Hoene

    Apesar de a sua juventude estar já muito distante, Gisela ainda anseia viver os sítios turísticos da Europa. Os seus netos decidiram angariar dinheiro suficiente para a mandar para a sua aventura de sonho, mas o plano deles teve resultados inesperados...

    /euandme/file/21227_ptO Hostel Com Vida: uma curta-metragem #EUandME realizada por Matthias Hoene

    /euandme/file/21228_ptO Hostel Com Vida: o trailer oficial #EUandME

    /euandme/file/21229_ptNos bastidores de O Hostel Com Vida: uma curta-metragem #EUandMe

    Histórias #EUandME

    How a romantic donkey ride turned into a test of Europe’s health insurance system

    Sandra Kisić is a 26-year-old from Sarajevo. She lived in Croatia and Tunisia for several years before eventually settling down in Prague. She is studying arts management at Prague’s University of Economics, she writes for Forbes magazine and she works in digital marketing. Fashion and travel are her main interests, as well as being a source of income. The photos and comments on her Instagram profile have won her 16,500 followers.

    You might want to read these

    The story of Natalja

    #EUandME Thanks to EU support, Natalja was able to receive medical treatment, using her EHIC card, for an injury she got whilst studying abroad.

    Que mais o apaixona?

    Precisas de algo para fazer enquanto recuperas de um osso partido?

    Há várias formas de passar o tempo

    Por que não começar a planear as férias de sonho?Ou aprender novos idiomas?