Estás a utilizar uma versão antiga do Microsoft Internet Explorer. Este sítio foi otimizado para a versão 9 e versões mais recentes do Internet Explorer. Para beneficiares de todas as funcionalidades, deves atualizar o teu programa de navegação. Visita o sítio Web da Microsoft http://www.microsoft.com para descarregar uma versão mais recente do Internet Explorer.

Portal Europeu da Juventude

Informações e oportunidades para os jovens na Europa.


flag

Dê a sua opinião

A picture
© shutterstock.com - LHF Graphics

O voto é a arma mais eficaz

Já tem idade para votar? O que sabe sobre eleições? Votar é a forma de participação por excelência dos cidadãos nas sociedades democráticas e um direito que deve ser plenamente exercido.

Nas sociedades democráticas, os governos são formados com base em eleições nas quais os cidadãos podem escolher entre vários candidatos ou partidos políticos. O voto é a expressão formal do seu apoio a uma decisão, a um candidato, a uma lista de candidatos ou a um partido. Embora existam diferenças consoante os países, é geralmente possível votar nas eleições autárquicas, regionais, nacionais e europeias.

Na maioria dos países, a idade mínima legal para exercer o direito de voto é 18 anos. Porém, quando foi instituído o direito de voto, essa idade mínima necessária era 21 anos. O Fórum Europeu da Juventude lançou uma campanha à escala europeia para que os jovens passem a poder votar aos 16 anos, seguindo o exemplo da Áustria.

 

Eleições europeias

Nas eleições para o Parlamento Europeu de 2009, só 29 % dos jovens (dos 18 aos 24 anos) exerceram o direito de voto e 50% dos jovens inquiridos declararam não terem recebido informação suficiente sobre as eleições. Nas próximas eleições europeias, os jovens vão ter a possibilidade de aumentar estas percentagens. Em junho de 2014, vão poder eleger os deputados europeus que representarão o seu país no Parlamento Europeu.

Uma das formas de obter informações sobre o que está em jogo nas eleições consiste em ler os programas dos candidatos ou falar com os pais ou os professores. Alguns candidatos ainda têm inclusive a sua própria página no Facebook, onde é possível fazer-lhes perguntas e obter resposta. Se pretende obter informações sobre as próximas eleições europeias, pode contactar o Gabinete de Informação do Parlamento Europeu mais próximo da sua área de residência.

Se residir no estrangeiro, pode continuar a participar nas eleições nacionais do seu país. No caso das eleições para o Parlamento Europeu, terá de escolher, porém, o país no qual pretende exercer o direito de voto. Os seus direitos de voto enquanto cidadão da UE também lhe conferem o direito de eleger e de ser eleito nas eleições autárquicas do país onde vive.

 

Tem queixas ou críticas a fazer à sociedade? Por que não começar por votar?