Estás a utilizar uma versão antiga do Microsoft Internet Explorer. Este sítio foi otimizado para a versão 9 e versões mais recentes do Internet Explorer. Para beneficiares de todas as funcionalidades, deves atualizar o teu programa de navegação. Visita o sítio Web da Microsoft http://www.microsoft.com para descarregar uma versão mais recente do Internet Explorer.

Portal Europeu da Juventude

Informações e oportunidades para os jovens na Europa.


flag

A sua comunidade

A picture
© iStockphoto.com - skynesher

O que se entende por inclusão social?

Uma sociedade inclusiva assenta na solidariedade e no respeito mútuos e é caracterizada pela igualdade de oportunidades e por condições de vida dignas para todos. A diversidade é considerada uma força e não um motivo de divisão. Uma visão europeia ou a realidade?

Inclusão social significa pertencer a uma comunidade, ter uma identidade comum e partilhar valores comuns.

A pobreza é um dos principais fatores que levam a que as pessoas se sintam excluídas. Não ter acesso aos serviços de saúde e aos serviços sociais ou ao emprego são outros motivos que conduzem à exclusão social.

Mas também podemos sentir‑nos excluídos mesmo que tenhamos boas habilitações e sejamos financeiramente independentes. A exclusão social não afeta só as pessoas carenciadas. Aproximadamente um em cada três cidadãos da Europa e da Ásia Central é objeto de exclusão social.

 

Os jovens e a exclusão social

Os jovens são especialmente vulneráveis, nomeadamente durante uma crise económica grave.  Uma em cada cinco crianças (até aos 17 anos) vive em famílias em risco de pobreza. Mais de um terço dos jovens adultos (18–24 anos) da UE estão atualmente desempregados, ou seja, não estão em inseridos num quadro de ensino, de trabalho ou de formação.

O local de residência das pessoas também é importante neste contexto. As pessoas que vivem em zonas rurais têm quatro vezes mais probabilidade de serem objeto de exclusão social do que as pessoas que vivem em zonas urbanas.

 

O que podemos fazer?

estratégia da UE para a juventude e o programa Juventude em Ação propõem iniciativas em matéria de inclusão social e  oportunidades  de formação e de participação para os jovens em toda a UE.

Podemos ainda participar no diálogo estruturado da UE ou procurar informações sobre as conclusões da Conferencia de Juventude em Salónica 2014.