You are here

flag

Publicado: 30/04/2013 16:33

Festival Olímpico da Juventude Europeia: pequenas olimpíadas das futuras estrelas

No inverno e no verão dos anos ímpares, os jovens atletas europeus podem testar as suas capacidades a nível internacional por ocasião do Festival Olímpico da Juventude Europeia. Quase como nos Jogos Olímpicos verdadeiros...

A picture

© fotolia.com - zaretskaya

Criado em  1990 com a designação de  «Jornadas Olímpicas da Juventude Europeia», o  Festival Olímpico da Juventude Europeia é o único evento multidesportivo europeu e é uma iniciativa da Associação dos Comités Olímpicos Europeus.  Ao organizar este Festival, a Europa inspirou‑se na tradição de outros continentes como a Ásia que já tinham os seus próprios jogos.

 

Quem participa?

O Festival Olímpico da Juventude Europeia destina‑se a jovens atletas de  toda a Europa que tenham entre 14 e 18 anos. Os festivais de verão atraem perto de 2500 participantes e os de inverno cerca de 1300.

As nove modalidades desportivas representadas no Festival Olímpico da Juventude Europeia são: atletismo, basquetebol, ciclismo, andebol, judo, ginástica, natação, ténis e voleibol.

Podes participar num destes festivais como voluntário.

 

«Este Festival é um  grande fator de motivação para os jovens atletas europeus, permitindo-lhes participar numa competição internacional multidisciplinar numa fase inicial das suas carreiras».
Jacques Rogge, Presidente do Comité Olímpico Internacional e fundador do Festival Olímpico da Juventude Europeia

 

Princípios subjacentes ao festival

Os princípios do festival inspiram‑se na Carta Olímpica de Pierre de Coubertin. Este evento deve contribuir para um mundo melhor e mais pacífico através do desporto.  Segundo o ideal olímpico, os jogos contribuem para a compreensão mútua, a solidariedade e o espírito de «fair play», sem qualquer tipo de discriminação.

O festival segue as mesmas linhas que os Jogos Olímpicos. Há também cerimónias de abertura e de encerramento, a chama olímpica mantém‑se acesa durante todo o festival, tocam-se os hinos nacionais em honra dos vencedores e içam‑se as bandeiras dos medalhados.