You are here

flag

Publicado: 22/04/2013 16:14

Acabaste o curso, mas o Erasmus continua

Se estás decidido a criar a tua própria empresa ou já o fizeste, o Erasmus para Jovens Empresários dá-te a oportunidade de trabalhar com um empresário experiente noutro país da UE.

A picture

© fotolia.com - goodluz

Durante um período máximo de 6 meses, poderás aprender a gerir melhor a tua própria empresa e fazê-la crescer. Ao mesmo tempo, partilharás as tuas ideias inovadoras com o empresário com quem irás trabalhar.

 

Quem pode candidatar-se?

São aceites candidaturas de aspirantes a empresários e novos empresários. Deves:

  • ter a firme intenção de criar uma empresa, com base num plano de negócios viável

ou

  • ter criado a tua própria empresa nos últimos 3 anos

Não existe um limite de idade para os candidatos e o setor da empresa ou atividade em questão é irrelevante.

Os candidatos podem ser nacionais de qualquer país da UE. Se não fores nacional de país da UE também te podes candidatar, desde que tenhas residência permanente e tenciones criar a tua empresa num país da UE.

 

Como apresentar uma candidatura?

Preenche o formulário de inscrição em linha e escolhe o ponto de contacto local mais próximo da tua área de residência, que te orientará durante o processo. Se não existir um ponto de contacto conveniente no teu país, podes contactar um dos 100 pontos localizados nos outros países.

 

«O programa Erasmus para Jovens Empresários é uma experiência enriquecedora e com um lado muito prático, que recomendo vivamente a qualquer pessoa que pretenda criar uma empresa. O meu intercâmbio foi extremamente interessante, ajudando-me a perceber melhor o contexto, as regras e os procedimentos para criar a minha própria empresa e permitindo-me desenvolver uma rede de contactos muito útil.»
Maurizio Alì é italiano e passou 6 meses na Associação Yepe, em França.

 

O programa Erasmus para Jovens Empresários ajuda-te a pagar as tuas despesas, nomeadamente as despesas de viagem e de alojamento, mas deves ter capacidade para fazer face aos custos da estadia não cobertos pela bolsa.