Portal Europeu da Juventude

Informações e oportunidades para os jovens na Europa.

© kylebaker - Flickr, CC by 2.0
© kylebaker - Flickr, CC by 2.0

Descobre (e obtém) «a tal» bolsa de estudo!

Gostarias de conhecer a vida de estudante noutro país, mas receias que isso te custe «o couro e o cabelo»? Informa-te aqui sobre o modo de obter uma bolsa de estudo e iniciar o próximo ano letivo no país dos teus sonhos.

A primeira coisa a ter em conta é que as bolsas de estudo não são exclusivamente concedidas por estabelecimentos de ensino. Não limites a tua pesquisa à universidade para onde queres ir estudar, informa-te também sobre as bolsas oferecidas por fundações privadas e empresas, como a Microsoft.

 

Muitos governos têm programas de concessão de bolsas a estudantes estrangeiros: por exemplo, o Reino Unido oferece as bolsas Chevening, a Alemanha concede financiamentos através do DAAD e poderás estudar na Hungria com o apoio do Instituto Balassi.

 

O Erasmus+ (mestrados comuns do Erasmus Mundus) oferece bolsas de estudo financiadas pela União Europeia para vários programas de mestrado e doutoramento. Consulta o catálogo da Comissão Europeia sobre os programas disponíveis no próximo ano letivo. Se encontrares um curso que te agrade, contacta o consórcio responsável pelo programa e pede-lhe informações adicionais, designadamente sobre a apresentação da tua candidatura.

 

Gostarias de alargar a tua experiência de vida de estudante a países de outros continentes? O Portal das Bolsas de Estudo contém uma base de dados sobre mais de mil bolsas de estudo disponíveis em países de todo o mundo. Seleciona o nível de ensino pretendido (desde o ensino secundário ao pós-doutoramento), o teu país de origem e o país onde queres estudar e o motor de busca indicar-te-á as bolsas de estudos compatíveis com o teu perfil.

 

Pronto para te candidatares?

Eis algumas dicas para conseguires uma bolsa:  

  1. Começa a procurar (e a candidatar-te) a bolsas de estudo o mais cedo possível. Geralmente, os prazos de candidatura terminam no princípio do ano em que o curso se inicia, por isso não esperes até à primavera se queres uma bolsa para setembro.
     
  2. Candidata-te ao maior número de bolsas de estudo possível (desde que reúnas os critérios necessários, é claro). Poderás pensar que existem tantos candidatos que não tens qualquer hipótese, mas se não te candidatares poderás perder a oportunidade da tua vida. Nunca se sabe... Quem não arrisca, não petisca!
     
  3. Organiza-te! Faz uma lista dos prazos que tens de cumprir e não esperes até ao último dia para começares a tratar da candidatura. Demora algum tempo, mas vais considerá-lo bem empregue quando receberes o dinheiro.
     
  4. As fotografias de festas que publicas no Facebook são muito divertidas, mas talvez seja boa ideia fazeres uma limpeza na tua conta e reveres as tuas definições de privacidade. Embora os amigos lhes achem graça, essas fotografias são muito fáceis de consultar pela pessoa que irá avaliar a tua candidatura e poderá ser um bocado cedo para que ela te veja nessa onda festiva…
     
  5. Não te preocupes demasiado se não obtiveres uma bolsa de estudos. Tenta novamente no ano letivo seguinte ou pensa noutras maneiras de financiar as tuas ideias. Ou talvez prefiras interromper os estudos durante um ano para viajar ou fazer algum trabalho de voluntariado?