Estás a utilizar uma versão antiga do Microsoft Internet Explorer. Este sítio foi otimizado para a versão 9 e versões mais recentes do Internet Explorer. Para beneficiares de todas as funcionalidades, deves atualizar o teu programa de navegação. Visita o sítio Web da Microsoft http://www.microsoft.com para descarregar uma versão mais recente do Internet Explorer.

Portal Europeu da Juventude

Informações e oportunidades para os jovens na Europa.


flag

Postos de trabalho

A picture
© fotolia.com - goodluz

O emprego na Europa

O elevado nível de desemprego juvenil na Europa não é novidade para ninguém. No entanto, quase metade de todas pessoas que encontraram trabalho em 2010 tinha entre 19 e 29 anos. Isto significa que cerca de 20 milhões de jovens europeus arranjaram emprego em 2010. O que deves fazer para que te aconteça o mesmo?

Para começar, deves contactar o centro de emprego mais próximo.

Também podes consultar o Portal Europeu da Mobilidade Profissional EURES. Este portal, que reúne mais de 5000 serviços de emprego públicos locais em toda a Europa, põe em contacto candidatos a emprego e empregadores e disponibiliza serviços de apoio ativos.

 

Com que idade podes começar a trabalhar?

O trabalho infantil é proibido em toda a UE. Assim, se tiveres menos de 15 anos ou ainda não tiveres acabado a escolaridade obrigatória não podes trabalhar. Existem, contudo, casos excecionais em que é possível trabalhar com 13 ou 14 anos.

A UE também adotou regras em matéria de saúde e segurança para proteger os menores de 18 anos. Essas regras identificam, por exemplo, os postos de trabalho não adequados aos jovens, ou seja, os postos de trabalho que excedem as suas capacidades físicas ou mentais ou implicam uma exposição prejudicial a substâncias perigosas.

Regras da UE em matéria de condições de trabalho dos jovens

 

Aumenta as tuas hipóteses

  • Dedica tempo e energia à redação de um bom CV.
  • Assegura-te que a informação de caráter pessoal que colocas em linha, por exemplo nas redes sociais, não te é prejudicial. Muitos empregadores já recorrem à Internet para obter informações sobre os candidatos a emprego. Faz uma pesquisa sobre a ti próprio e vê o resultado.

  • Toma a iniciativa
    • contacta diretamente as empresas, mesmo que não estejam à procura de ninguém
    • tenta diferenciar-te das outras pessoas
    • pergunta a amigos e conhecidos se sabem de alguma vaga que te possa interessar
    • certifica-te de que todos as pessoas que te podem ajudar sabem que estás disponível e conhecem as tuas competências específicas
  • Pensa em seguir uma formação profissional. Muitas empresas valorizam o facto de os candidatos oferecerem mais do que a sua formação académica.