Percurso de navegação

Perguntas frequentes: animais e plantas

  • O meu porquinho-da-índia está abrangido pelo passaporte europeu para animais de companhia?

    NÃO, não está. O passaporte europeu para animais de companhia destina-se apenas a cães, gatos e furões. Os outros animais de companhia estão abrangidos pela legislação nacional.

  • Necessito de uma autorização para viajar com uma borboleta («papilionidae chimaera») nos países da UE?

    SIM. A circulação de espécies animais ameaçadas de extinção, nomeadamente a borboleta «papilionidae chimaera», está sujeita a um controlo estrito. Se pretende viajar com o espécime em causa, terá de obter um certificado.

    Para verificar se precisa de uma autorização para viajar com uma determinada espécie, consulte a base de dados da UE sobre o comércio de espécies da fauna e da flora selvagens English ou contacte a entidade responsável pela CITES no seu país.

  • Vou viver para a Irlanda e tenciono levar o meu cão.  O que acontece se ele não cumprir os requisitos para entrar na Irlanda?

    Pode ser reenviado para o país de origem ou ficar de quarentena (à sua custa) durante o período de tempo necessário para cumprir os requisitos sanitários, até um máximo de 21 dias. Em último caso, poderá ser eutanasiado.

  • Sou deficiente visual e vou viajar de avião entre Paris e Londres.  Posso levar o meu cão-guia?

    SIM. A companhia aérea deve transportar um cão-guia reconhecido na cabina do avião.

  • Existem restrições à importação de determinados animais ou plantas protegidas para a UE?

    SIM. Certas espécies ameaçadas, e partes das mesmas, são protegidas pela Convenção de Washington (CITES).  Existem regras estritas para a sua importação para a UE.

 

Ajuda e aconselhamento

Ajuda e aconselhamento

Não encontrou a informação que procura? Necessita de ajuda para resolver um problema?

Aconselhe-se sobre os seus direitos na UE

Resolva os seus problemas com a administração pública