Percurso de navegação

Partilhar no 
	Partilhar no Facebook 
  
	Partilhar no Twitter
  
	Partilhar no google+
  
	Partilhar no linkedIn

Finanças pessoais

Actualização : 31/01/2012

shopping

Seguros

As companhias de seguros podem vender os seus produtos em toda a UE - quer estabelecendo-se noutros países, quer prestando os seus serviços transfronteiras, seja directamente ou através de mediadores.

Deste modo, pode comparar preços no mercado europeu e escolher a companhia que lhe oferece melhores condições (para o seguro de vida, o seguro habitação, o  seguro automóvel e outros).

Esta possibilidade aplica-se apenas aos seguros e fundos de pensões privados e não às contribuições para a segurança social e regimes obrigatórios de reforma relativos à sua carreira laboral.

Quando contrata um seguro junto de uma companhia de seguros noutro país da UE, as autoridades responsáveis pela regulamentação dos seguros nesse país e no seu país trocam informações relativas a:

  • nível de risco envolvido no seguro que pretende contratar
  • insolvência da seguradora
  • tipos de risco que a seguradora está autorizada a cobrir no país onde está estabelecida.

A maioria dos produtos de seguros é vendida por meio de intermediários (mediadores, agentes). Estes são obrigados a fornecer-lhe uma série de informações essenciais antes da celebração de qualquer contrato, nomeadamente:

  • a sua relação com as companhias de seguros
  • se estão a agir na qualidade de agente ou mediador.

Devem ainda indicar claramente por escrito:

  • os seus pedidos e necessidades relativamente ao seguro
  • os motivos na base do aconselhamento prestado sobre o produto de seguros.

Com base nestas informações, pode decidir se o contrato de seguro proposto é o mais favorável para si.

Precisa de ajuda?

Precisa de ajuda?

Não encontrou a informação que procura? Necessita de ajuda para resolver um problema?

Footnote

Neste caso, os 27 Estados-Membros da UE + a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega.

Retour au texte en cours.