Percurso de navegação

Actualização : 31/01/2012

shopping

Créditos, empréstimos e hipotecas

Hipotecas

Se pedir um crédito hipotecário a um banco de outro país da UE, este tomará a decisão comercial de aceitar ou não o seu pedido com base no perfil de risco do empréstimo proposto.

Os bancos não podem discriminar um cidadão da UE com base na sua nacionalidade.  No entanto, o país de residência ou a localização do imóvel a ser hipotecado dificultam muitas vezes a obtenção de um empréstimo hipotecário.

Os bancos recusam frequentemente a concessão de empréstimos hipotecários para imóveis situados noutro país ou a pessoas cuja fonte de rendimento ou local de residência não é no país onde o banco está estabelecido.

Experiência pessoal

Informe-se sobre a política de risco do seu banco em relação a imóveis situados no estrangeiro

O Ismail vai começar a trabalhar no Reino Unido e vendeu o seu apartamento em França. Depois apresentou um pedido de empréstimo junto do seu banco em França para adquirir um apartamento no Reino Unido.

O banco não estava disposto a aceitar como garantia do empréstimo um imóvel situado no estrangeiro.

Depende inteiramente do banco aceitar ou não um empréstimo com uma garantia localizada noutro país. Muitos bancos encaram este facto como um risco inaceitável em caso de incumprimento do reembolso do empréstimo.

Crédito ao consumo

Tal como com as hipotecas, os bancos poder ter relutância em conceder crédito a residentes em países diferentes daquele onde o banco está estabelecido ou mesmo a residentes no mesmo país que trabalhem noutro país da UE.

Os bancos são livres de impor este tipo de limites à concessão de crédito. Contudo, não podem discriminar um cidadão da UE com base na sua nacionalidade.

Ajuda e aconselhamento

Ajuda e aconselhamento

Contacte um serviço de apoio especializado

Footnote

Neste caso, os 27 Estados-Membros da UE + a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega.

Retour au texte en cours.