Percurso de navegação

Actualização 11/07/2017

Comunicação de irregularidades

Se participou num concurso organizado por uma entidade pública e considerar que foi objeto de discriminação ou tiver constatado irregularidades no processo, tem várias possibilidades de recurso.

Meios de recurso

Qualquer pessoa que tenha apresentado uma proposta no âmbito de um concurso público tem o direito de solicitar a reapreciação de todo o processo. Os países da UE podem exigir que a reapreciação seja solicitada, em primeiro lugar, à entidade pública que organizou o concurso, sendo o processo de adjudicação, nesse caso, imediatamente suspenso.

A entidade pública em causa não pode celebrar o contrato enquanto estiver em curso a reapreciação do processo por parte de uma instância de recurso independente.

Os candidatos devem dispor de, pelo menos, 10 dias para interpor recurso, a contar da data de receção da decisão de exclusão enviada por fax ou por correio eletrónico (15 dias, se a decisão tiver sido enviada por via postal). Durante esse prazo suspensivo, a entidade adjudicante não pode celebrar o contrato.

O prazo suspensivo não é aplicável se:

  • a publicação prévia do anúncio de concurso não for obrigatória
  • o adjudicatário do contrato for o único proponente
  • o contrato se basear num acordo-quadro

Contratos desprovidos de efeitos

Um contrato já adjudicado será considerado desprovido de efeitos pela instância de recurso independente se:

  • a entidade pública em causa tiver adjudicado o contrato sem publicação prévia de um anúncio de concurso, caso essa publicação seja obrigatória
  • os proponentes preteridos não tiverem tido qualquer possibilidade de interpor recurso (por exemplo, em caso de incumprimento do prazo suspensivo)
  • existirem provas de que os proponentes excluídos foram objeto de discriminação

Os proponentes que pretendam interpor recurso e, eventualmente, obter a privação de efeitos do contrato, dispõem de um prazo mínimo de 30 dias consecutivos (que poderá ser alargado até 6 meses) a contar da data de publicação do anúncio de adjudicação do contrato, para informar a instância de recurso da sua decisão.

Em alguns países da UE, um contrato poderá continuar a produzir efeitos mesmo que a instância de recurso tenha constatado irregularidades que a levariam, normalmente, a declarar o contrato desprovido de efeitos (por exemplo, quando a instância de recurso considera ser do interesse público geral manter os efeitos do contrato). Nesse caso, devem ser aplicadas sanções alternativas (tais como  sanções pecuniárias) à entidade adjudicante ou a duração do contrato deve ser reduzida.

Contacte um parceiro local de apoio às empresas

Tem dúvidas sobre como fazer negócios além-fronteiras, nomeadamente sobre como expandir as suas atividades ou passar a exportar para outro país da UE? A rede europeia de empresas Enterprise Europe Network pode aconselhá-lo gratuitamente.

Apoio local às empresas

Ajuda e aconselhamento

Contacte um serviço de apoio especializado

Ajuda e aconselhamento

Contacte um parceiro local de apoio às empresas

Tem dúvidas sobre como fazer negócios além-fronteiras, nomeadamente sobre como expandir as suas atividades ou passar a exportar para outro país da UE? A rede europeia de empresas Enterprise Europe Network pode aconselhá-lo gratuitamente. Para que o assessor mais próximo de si possa responder de forma rápida e adequada às suas perguntas, dê o maior número de informações possível.

EEN-logo

Formulário de contacto

(Todos os campos são obrigatórios)
Obrigado, a sua mensagem foi enviada.
Devido a problemas técnicos, não foi possível enviar a sua mensagem. Volte a tentar mais tarde.
Indique um endereço eletrónico válido

Dados pessoais

Dados da empresa

SimNão

Alemanha

Berlin

Bremen

Erfurt

Hannover

Kiel

Leipzig

Magdeburg

Mainz

Mülheim an der Ruhr

München

Rostock

Stuttgart

Wiesbaden

Áustria

Wien

Bélgica

Brussel

Bruxelles

Namur

Bulgária

Sofia

Chipre

Nicosia

Croácia

Zagreb

Dinamarca

Copenhagen

Eslováquia

Bratislava

Eslovénia

Ljubljana

Espanha

Barcelona

Madrid

Oviedo

Palma

Santa Cruz de Tenerife

Sevilla

Valencia

Vitoria- Gazteiz

Zaragoza

Estónia

Tallinn

Finlândia

Helsinki

França

Blagnac Cedex

Caen

Dijon

Guadeloupe, Martinique

Lille

Lyon

Paca

Paris, Ile-de-France, Centre, Nouvelle-Calédonie, Polynésie

Rennes

Saint-Denis

Grécia

Athens

Hungria

Budapest

Irlanda

Dublin

Islândia

Reykjavík

Itália

Firenze (Toscana, Umbria, Marche)

Milano (Lombardia, Emilia Romagna)

Napoli (Abruzzo, Calabria, Campania, Basilicata, Molise, Puglia, Sicilia)

Roma (Lazio, Sardegna)

Torino (Piemonte, Liguria, Valle d’Aosta)

Venezia (Veneto, Trentino Alto Adige, Friuli Venezia Giulia)

Letónia

Riga

Lituânia

Vilnius

Luxemburgo

Luxembourg

Malta

Pieta`

Noruega

Oslo

Países Baixos

Den Haag

Polónia

Kielce

Lublin

Warsaw

Wroclaw

Portugal

Lisboa

Reino Unido

Belfast (Northern Ireland)

Cardiff (Wales)

Edinburgh (Scotland)

London (England)

República Checa

Praha

Roménia

Baciu Cluj

Bucuresti

Constanta

Timișoara

Suécia

Stockholm

3000/3000

As informações que constam deste formulário são enviadas diretamente a um parceiro da Enterprise Europe Network. Os dados pessoais indicados no formulário serão utilizados exclusivamente para ajudar os consultores a responder ao seu pedido e não serão guardados.