Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

[Faz fé o texto proferido]

Jean-Claude Juncker

Candidato à função de Presidente da Comissão Europeia

Um novo começo para a Europa: o meu Programa para o emprego, o crescimento, a equidade e a mudança democrática

Sessão plenária do Parlamento Europeu

Estrasburgo, 15 de julho de 2014

Jean-Claude Juncker foi hoje eleito Presidente da Comissão Europeia na sessão plenária do Parlamento Europeu com uma maioria significativa de 422 votos. Depois de ter sido proposto como candidato à função de Presidente da Comissão Europeia em 27 de junho de 2014, Jean-Claude Juncker precisava de obter uma maioria de 376 votos no Parlamento Europeu. Pronunciando-se antes da votação, apresentou as suas orientações políticas para a próxima Comissão Europeia tal como definidas num documento intitulado «Um novo começo para a Europa: o meu Programa para o emprego, o crescimento, a equidade e a mudança democrática». Esta apresentação foi o fio condutor subjacente à eleição hoje de Jean-Claude Juncker. São as seguintes as principais declarações da intervenção do candidato à função de Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude JUNCKER:

«Tenciono trabalhar para uma União que esteja empenhada na via da democracia e das reformas; que não interfira, mas que trabalhe para os seus cidadãos e não contra eles. Quero trabalhar para uma União que apresente resultados

«A minha primeira prioridade e o fio condutor subjacente a todas e a cada uma das minhas propostas será conseguir que a Europa cresça de novo e que os cidadãos voltem a trabalhar. Para o efeito, durante os três primeiros meses do meu mandato, apresentarei um pacote de emprego, crescimento e investimento para gerar um montante adicional de 300 mil milhões de euros em investimentos nos próximos três anos.»

«As PME são a espinha dorsal da nossa economia, responsáveis pela criação de mais de 85 % dos novos postos de trabalho na Europa e não podemos enterrá-las em burocracia. Temos de libertá-las de uma regulamentação pesada

«É do interesse de todos que a energia não seja utilizada como um instrumento político. Chegou a altura de a Europa mostrar a sua força, agrupando os nossos recursos, combinando as infraestruturas e unindo o nosso poder de negociação.»

«O resgate do euro foi necessário, mas teve repercussões negativas do ponto de vista social. Para mim, é inaceitável que os trabalhadores e os reformados tenham tido que suportar a carga dos programas de reforma estrutural, ao passo que os armadores e os especuladores financeiros se tornaram ainda mais ricos. No futuro, precisamos de uma substituição mais democraticamente legítima da tróica e avaliações de impacto social exaustivas para os novos programas de apoio.»

«Quero um Acordo de Comércio Livre razoável e equilibrado com os EUA. No entanto, não sacrificarei as normas europeias de segurança, de saúde, as normas sociais, as normas de proteção de dados ou a nossa diversidade cultural no altar do comércio livre.»

«Precisamos de mais solidariedade na nossa política de imigração. Vamos intensificar a cooperação com países terceiros para resolver de forma mais resoluta a questão da migração irregular e irei promover uma nova política europeia em matéria de migração legal para colocar a Europa no mapa como destino preferido de talentos

«Estou firmemente convencido de que temos de avançar enquanto União, mas não necessariamente todos à mesma velocidade. Para alguns, o seu destino final pode já ter sido alcançado. Sempre estive e continuo a estar disponível para ouvir as preocupações de cada Estado-Membro e para ajudar a encontrar soluções.»

«O equilíbrio entre homens e mulheres não é um luxo, mas sim um dever político para todos — particularmente para os líderes nacionais quando se trata de propor um candidato para o posto de comissário. Tal constitui por si só um teste ao empenhamento dos governos nacionais a favor de uma abordagem nova e mais democrática, na era da mudança.

«O lema da campanha do Parlamento Europeu foi «Desta vez é diferente»; ajudem‑me a cumprir essa promessa hoje. Ajudem-me a mostrar ao mundo que juntos poderemos proporcionar à Europa um novo arranque.»


Side Bar