Navigation path

Left navigation

Additional tools

Presidente Barroso congratula-se com a aprovação pelo Parlamento Europeu do futuro orçamento 2014-2020 — Texto da mensagem vídeo de 19 de novembro de 2013

European Commission - MEMO/13/1006   19/11/2013

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO HR

Comissão Europeia

MEMO

Bruxelas, 19 de novembro de 2013

Presidente Barroso congratula-se com a aprovação pelo Parlamento Europeu do futuro orçamento 2014-2020 — Texto da mensagem vídeo de 19 de novembro de 2013

«Hoje é um grande dia para a Europa. O Parlamento Europeu deu o seu aval definitivo ao orçamento europeu de 2014 a 2020, encerrando-se assim com êxito um longo processo de negociações. O Conselho poderá, agora, selar o acordo rapidamente.

A Europa faz parte da solução. A União Europeia investirá quase 1 bilião de euros no crescimento e no emprego entre 2014 e 2020. O nosso orçamento, moderno e virado para o futuro, pode fazer uma verdadeira diferença na vida das pessoas. Contribuirá para reforçar e sustentar a retoma económica que já está em curso em toda a União Europeia. O novo orçamento prevê financiamentos que nos permitirão sair da crise, apoio financeiro para as pessoas que vivem abaixo do limiar de pobreza ou estão à procura de emprego, oportunidades de investimento para as pequenas empresas, e assistência para as comunidades locais, os agricultores, os investigadores e os estudantes. Este é um acordo que ajudará todas as famílias europeias.

A forma, a dimensão e as prioridades deste novo orçamento são claras. As empresas, as regiões, as cidades e os agricultores poderão planificar os seus investimentos; os investigadores poderão dar vida aos seus projetos e os estudantes poderão começar a preparar a sua estada no estrangeiro.

Apelo ao Parlamento para que adote rapidamente também os restantes programas e instrumentos de financiamento, de modo a que os projetos possam arrancar em 1 de janeiro de 2014, os fundos possam ser desembolsados a tempo e os resultados possam começar a fazer-se sentir no terreno.

O orçamento da UE tem uma dimensão modesta quando comparado com a riqueza nacional. No entanto, um só orçamento anual da UE representa mais dinheiro – aos preços atuais – do que a totalidade do plano Marshall na altura! Trata-se, portanto, do instrumento mais importante de que dispomos para investir no crescimento sustentável, no emprego e na competitividade, na segurança dos nossos cidadãos e na solidariedade para com os mais pobres.

O futuro orçamento desempenhará este papel ainda melhor do que no passado porque o direcionámos mais para os setores em que a Europa dispõe de um valor acrescentado. Modernizámos as nossas políticas, simplificámos os nossos programas e insistimos mais na qualidade das despesas. Além disso, criámos novos instrumentos, tais como a Iniciativa para o Emprego dos Jovens, que se destina a ajudar os jovens no seu percurso para encontrar um emprego. Criámos o Mecanismo Interligar a Europa para financiar as ligações que faltam para interligar as infraestruturas energéticas, de transportes e digitais no mercado único da UE. Por último, desenvolvemos as obrigações para financiamento de projetos, graças às quais o orçamento da UE poderá mobilizar fundos junto do setor privado e obter um maior retorno dos montantes investidos.

Congratulo-me com o facto de hoje podermos demonstrar, uma vez mais, que a Europa faz parte da solução.»


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website