Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia - Comunicado de imprensa

A união faz a força: os dirigentes da UE antecipam um futuro comum na Cimeira de Sibiu

Bruxelas, 7 de majo de 2019

Em 9 de maio de 2019, os dirigentes da UE reunir-se-ão em Sibiu, tal como sugerido pelo presidente Juncker no seu discurso sobre o estado da União de 2017, a fim de debater a próxima agenda estratégica da UE para o período 2019-2024. Trocarão pontos de vista sobre os desafios e as prioridades da UE para os próximos anos. A agenda atual foi acordada em junho de 2014 pelo Conselho Europeu e definida nas 10 prioridades políticas da Comissão Juncker. Cinco anos depois, os esforços para concretizar essas prioridades produziram resultados concretos para os cidadãos, apesar das dificuldades imprevistas encontradas ao longo do percurso, que continuam a colocar sérios desafios à nossa União. Com base nas recomendações políticas sobre a forma como a Europa pode moldar o seu futuro, apresentadas na semana passada, a Comissão está hoje a analisar o que foi feito nos últimos cinco anos.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, declarou: «Quando assumi funções, disse que era a nossa última oportunidade para mostrar aos europeus que a sua União trabalha para eles. Passei os últimos cinco anos a trabalhar incansavelmente para cumprir as promessas que fizemos. Nalguns domínios, creio ter ultrapassado as expectativas, noutros podemos ter ficado aquém do esperado. Mas creio que sempre atuámos aonde é mais necessário. Agora, a UE tem de encarar o futuro, aprender com as nossas experiências e tirar partido dos seus êxitos. Temos de ser ainda mais ambiciosos e focados do que nunca.»

Um historial forte

As 10 prioridades da Comissão Juncker centraram-se nos aspetos mais importantes para os europeus: relançar o emprego, o crescimento e o investimento, reforçar a justiça social, gerir a migração, atenuar as ameaças à segurança, libertar o potencial das transições digitais e energéticas, tornar a UE mais forte enquanto interveniente na cena mundial e reforçar a transparência e a legitimidade democrática.

No verão de 2018, a Comissão Juncker tinha apresentado todas as propostas legislativas que se tinha comprometido a elaborar no início do seu mandato. No total, a Comissão apresentou 471 novas propostas legislativas e transitou mais de 44 propostas apresentadas por Comissões anteriores. Destas, 348 propostas foram adotadas ou acordadas pelo Parlamento Europeu e pelo Conselho durante o atual mandato.

A Comissão publicou hoje uma série de 20 fichas informativas que demonstram a forma como a UE conseguiu cumprir os compromissos assumidos em 2014 na agenda estratégica do Conselho Europeu e nas 10 prioridades políticas da Comissão Juncker.

Perspetivas

Na semana passada, a Comissão Europeia formulou uma série de recomendações políticas sobre a forma como a Europa pode moldar o seu futuro num mundo cada vez mais multipolar e incerto. A Comissão recomendou que a agenda estratégica da UE para 2019-2024 se centre em cinco dimensões fundamentais:

  • uma Europa protetora, pois a paz é poder no mundo de hoje;
  • uma Europa competitiva que investe nas tecnologias do futuro e apoia os nossos maiores trunfos: o mercado único, a nossa indústria e a nossa moeda comum;
  • uma Europa justa que respeite os princípios fundamentais da igualdade, do Estado de direito e da justiça social no mundo moderno;
  • uma Europa sustentável que assuma a liderança em matéria de desenvolvimento sustentável e de luta contra as alterações climáticas;
  • e uma Europa influente, que procure manter e atualizar o sistema assente em regras que nos serviu tão bem durante muito tempo.

 Os líderes da UE27, reunidos em Sibiu, podem agora aproveitar esta oportunidade para definir novas orientações políticas e novas prioridades para a UE antes das eleições para o Parlamento Europeu em 23 e 26 de maio de 2019, bem como a mudança de liderança política das instituições da UE que se seguirão.

O Presidente Juncker irá representar a Comissão Europeia na reunião informal dos chefes de Estado ou de Governo da UE27, em Sibiu, em 9 de maio de 2019. Antes disso, participará num diálogo com os cidadãos, juntamente com o presidente da Roménia, Klaus Iohannis, às 18h00 CET, em 8 de maio de 2019.

Os comissários Marianne Thyssen e Tibor Navracsics estarão também em Sibiu, na Roménia, para abrir o Evento Jovens «Let's shape the future of Europe together» e assistir à cerimónia de entrega dos prémios do concurso de fotografia «# MySocialEurope». O comissário Navracsics irá também entregar os prémios aos vencedores mensais do concurso de fotografia «My magical European Solidarity Corps moment».

Contexto

Há cinco anos, o Conselho Europeu definiu uma agenda estratégica alargada para a União em tempos de mudança. Essa agenda concretizou-se nas dez prioridades políticas do presidente Jean-Claude Juncker, desenvolvidas durante a sua campanha eleitoral e em diálogo com os Estados-Membros e o Parlamento Europeu. Desde então, a Comissão Juncker tem obtido bons resultados no cumprimento da sua agenda estratégica.

A UE necessita agora de objetivos novos, ambiciosos, realistas e específicos para o próximo ciclo político.

Em março de 2017, antecedendo o 60.º aniversário dos Tratados de Roma, a Comissão publicou o seu Livro Branco sobre o Futuro da Europa. Apresentou cinco cenários possíveis para o futuro da UE a 27. Este foi o ponto de partida para um amplo debate sobre o futuro da Europa, que pode agora inspirar as principais prioridades políticas da próxima agenda estratégica. Participou em quase 1 600 diálogos com os cidadãos e consultas aos cidadãos.

No seu discurso de 2017 sobre o estado da União, o presidente Juncker apresentou um roteiro que descreve pormenorizadamente as principais etapas para uma União mais unida, mais forte e mais democrática. Nessa base, os chefes de Estado e de Governo reuniram-se em Taline, na Estónia, onde adotaram uma «Agenda dos Dirigentes» que enumera as questões e desafios mais prementes, para os quais é preciso encontrar soluções antes das eleições para o Parlamento Europeu de 2019.

Na cimeira dos líderes da UE, que terá lugar em 9 de maio de 2019 em Sibiu, na Roménia, este processo deverá culminar num empenhamento renovado em favor de uma União capaz de dar resposta às questões que são verdadeiramente importantes para os cidadãos. Os líderes irão refletir sobre as aspirações políticas da União e preparar a agenda estratégica para os próximos cinco anos.

Mais informações

Fichas informativas sobre as 10 prioridades da Comissão:

Contributo da Comissão para a agenda estratégica 2019-2024

Convocatória de imprensa sobre a Cimeira de Sibiu

 

 

IP/19/2392

Contactos para a imprensa:

Perguntas do público em geral: Europe Direct pelo telefone 00 800 67 89 10 11 ou por e-mail


Side Bar