Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia - Comunicado de imprensa

Comissão investe 30 mil milhões de EUR em novas soluções para dar resposta aos desafios societais e à inovação de ponta

Bruxelas, 27 de outubro de 2017

A Comissão Europeia anunciou hoje o modo como irá investir 30 mil milhões de EUR do programa de financiamento da investigação e inovação Horizonte 2020 da UE durante o período de 2018-2020, incluindo 2,7 mil milhões de EUR para o arranque de um Conselho Europeu de Inovação.

O Horizonte 2020, programa de financiamento da investigação e da inovação da UE com uma dotação de 77 mil milhões de EUR, apoia a excelência científica na Europa e tem contribuído para descobertas científicas de alto nível, como a descoberta de exoplanetas e ondas gravitacionais. Nos próximos três anos, a Comissão procurará obter um maior impacto do seu financiamento da investigação, centrando-se num menor número de temas, mas em temas sensíveis, como a migração, a segurança, as alterações climáticas, a energia limpa e a economia digital. O Horizonte 2020 será também mais orientado para novos mercados decorrentes de inovações de ponta.

Nas palavras de Carlos Moedas, Comissário responsável pela Investigação, Ciência e Inovação: «Inteligência artificial, genética, blockchain: a ciência está no cerne das mais promissoras inovações dos nossos dias. A Europa é líder mundial em matéria de ciência e tecnologia e desempenhará um importante papel na promoção da inovação. A Comissão está a fazer um esforço concertado — incluindo com o Conselho Europeu da Inovação, o qual dá os seus primeiros passos hoje — para que os muitos inovadores da Europa tenham um trampolim para se tornarem empresas líderes a nível mundial.»

Apoio aos mercados decorrentes de inovação de ponta

Desde o início do seu mandato, a Comissão Juncker tem estado a trabalhar arduamente para dar aos muitos empresários inovadores da Europa todas as oportunidades para prosperar. Atualmente, a Comissão está a lançar a primeira fase do Conselho Europeu de Inovação. Entre 2018 e 2020, a Comissão irá mobilizar 2,7 mil milhões de EUR do Horizonte 2020 para apoiar a inovação de alto risco e elevados ganhos destinada a criar os mercados do futuro. Além disso, o Horizonte 2020 irá fazer melhor uso dos seus prémios «vencer o desafio», com vista a fornecer soluções tecnológicas de ponta para os problemas prementes enfrentados pelos nossos cidadãos.

Concentrar esforços nas prioridades políticas

O programa de trabalho para 2018-2020 irá concentrar esforços num menor número de temas com maiores orçamentos, apoiando diretamente as prioridades políticas da Comissão:

  • Uma economia com baixas emissões de carbono, resiliente às alterações climáticas futuras: 3,3 mil milhões de EUR
  • Economia circular: mil milhões de EUR
  • Digitalizar e transformar a indústria e os serviços europeus: 1,7 mil milhões de EUR
  • União da Segurança: mil milhões de EUR
  • Migração: 200 milhões de EUR

2,2 mil milhões de EUR serão canalizados para projetos de energia limpa em quatro domínios inter-relacionados: energias renováveis, eficiência energética dos edifícios, mobilidade elétrica e soluções de armazenamento, incluindo 200 milhões de EUR para apoiar o desenvolvimento e a produção na Europa da próxima geração de baterias elétricas.

Estimular a investigação fundamental

Ao mesmo tempo, o Horizonte 2020 continuará a financiar a «ciência estimulada pela curiosidade» (muitas vezes referida como «ciência fundamental» ou «investigação de fronteira»). O programa de trabalho anual do Conselho Europeu de Investigação para 2018, adotado em agosto, permitirá apoiar investigadores de nível excelente com cerca de 1,86 mil milhões de EUR. As ações Marie Skłodowska-Curie, que financiam bolsas para investigadores em todas as fases das suas carreiras, recebem um apoio total de 2,9 mil milhões de EUR ao longo de três anos.

Reforçar a cooperação internacional

O novo programa de trabalho reforça igualmente a cooperação internacional no domínio da investigação e da inovação. Irá investir mais de mil milhões de EUR em 30 iniciativas emblemáticas em domínios de interesse mútuo. A título de exemplo, refira-se o trabalho com o Canadá sobre medicina personalizada, com os EUA, o Japão, Coreia do Sul, Singapura e a Austrália em matéria de automatização do transporte rodoviário, com a Índia sobre os desafios relacionados com a água e com os países africanos sobre segurança alimentar e energias renováveis.

Disseminar a excelência

Entre 2018 e 2 020, serão afetados 460 milhões de EUR no quadro do Horizonte 2020, especificamente para a apoiar os Estados-Membros e os países associados que ainda não participam plenamente no programa. O objetivo é aproveitar as bolsas de excelência inexploradas na Europa e fora dela. Além disso, o programa continua também a promover sinergias mais estreitas com os Fundos Europeus Estruturais e de Investimento.

Simplificar ainda mais as regras de participação

Outra novidade é a introdução de projetos-piloto de montante fixo, uma nova abordagem mais simples para fornecer apoio financeiro aos participantes. Os controlos ex antedeixarão de incidir nos controlos financeiros para se centrar no conteúdo técnico e científico dos projetos.

Ciência aberta

O programa constitui um mudança acentuada no que respeita à promoção da ciência aberta, passando da publicação de resultados de investigação em publicações científicas para uma partilha de conhecimentos numa fase mais precoce do processo de investigação. Serão canalizados 2 mil milhões de EUR para apoiar a ciência aberta, e serão consagrados 600 milhões de EUR à Nuvem Europeia para a Ciência Aberta, bem como à Infraestrutura de Dados Europeia e à computação de alto desempenho.

 

Antecedentes

O Horizonte 2020 é o maior programa-quadro da UE de sempre em matéria de investigação e inovação, com um orçamento de 77 mil milhões de EUR ao longo de sete anos (2014-2020). Apesar de, na sua maioria, as atividades de investigação e inovação ainda estarem em curso ou ainda por iniciar, o programa está a produzir resultados concretos.

Os investigadores do Horizonte 2020 contribuíram para importantes descobertas como os exoplanetas, o bosão de Higgs e as ondas gravitacionais, e pelo menos 19 laureados com o Prémio Nobel obtiveram apoio do Horizonte 2020, antes ou depois da sua consagração.

Em outubro de 2017, o programa Horizonte 2020 terá financiado, no total, mais de 15 000 subvenções no montante de 26,65 mil milhões de EUR, dos quais cerca de 3,79 mil milhões foram atribuídos a PME. O programa permite também às empresas, em especial às PME, um acesso ao financiamento de risco no valor de 17 milhões de EUR ao abrigo do regime de financiamento da UE para inovadores (InnovFin). Acresce que 3 143 investigadores principais do CEI em organizações de acolhimento e 10 176 bolseiros no âmbito das ações Marie Skłodowska-Curie receberam quase 4,87 mil milhões de EUR e 2,89 mil milhões de EUR, respetivamente.

O programa de trabalho Euratom 2018 foi adotado em simultâneo com a adoção do programa de trabalho do Horizonte 2020 para 2018-2020, investindo 32 milhões de EUR em investigação em matéria de gestão e eliminação dos resíduos radioativos. Também irá desenvolver um roteiro de investigação sobre o desmantelamento seguro das centrais nucleares, a fim de reduzir o impacto ambiental e os custos.

 

Mais informações

MEMO: Programa de trabalho do Horizonte 2020 para 2018-2020

Ficha informativa: Conselho Europeu de Inovação

Ficha informativa: investigação em matéria de migração

Ficha informativa: projeto-piloto de montante fixo

Fichas de informação por país:

Sítio web do Horizonte 2020 e propostas

Portal dos participantes

 https://ec.europa.eu/programmes/horizon2020/sites/horizon2020/files/eic_pilot_factsheet_2018-2020_0.pdf

IP/17/4122

Contactos para a imprensa:

Perguntas do público em geral: Europe Direct pelo telefone 00 800 67 89 10 11 ou por e-mail


Side Bar