Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia - Comunicado de imprensa

A Comissão investe 16 mil milhões de EUR em financiamento à investigação e inovação ao longo dos próximos dois anos

Bruxelas, 13 de outubro de 2015

EUR em investigação e inovação nos próximos dois anos, no âmbito do Programa-Quadro Horizonte 2020, o programa da UE para o financiamento da investigação e inovação

A Comissão Europeia investirá quase 16 mil milhões de EUR em investigação e inovação nos próximos dois anos, no âmbito do Programa-Quadro Horizonte 2020, o programa da UE para o financiamento da investigação e da inovação, de acordo com o novo Programa de Trabalho para o período 2016-17, hoje adotado.

As novas oportunidades de financiamento oferecidas pelo Programa de Trabalho estão em sintonia com as prioridades políticas da Comissão do presidente Jean-Claude Juncker e prestarão um contributo significativo para o Pacote para o Emprego, o Crescimento e o Investimento, para o Mercado Único Digital, para a União da Energia e política de alterações climáticas, para o reforço do setor industrial no Mercado Interno e para converter a Europa num interveniente mais forte na cena mundial.

Carlos Moedas, Comissário da Investigação, Ciência e Inovação, afirmou: «A investigação e a inovação constituem os motores do progresso da Europa e são essenciais para fazermos face aos novos desafios prementes com que nos confrontamos hoje, como é o caso da imigração, das alterações climáticas, da energia não poluente e da promoção de sociedades saudáveis. Ao longo dos próximos dois anos, 16 mil milhões de EUR, provenientes do Programa-Quadro Horizonte 2020, darão apoio aos esforços científicos de topo na Europa, fazendo a diferença para a vida dos cidadãos.»

Em sintonia com as prioridades estratégicas do Comissário Carlos Moedas, o Programa-Quadro Horizonte 2020 será aberto à inovação, à ciência e ao mundo. O novo Programa de Trabalho para 2016-17 oferece oportunidades de financiamento através de uma série de convites à apresentação de propostas, contratos públicos e outras medidas, como os prémios Horizonte, que, em conjunto, abrangem cerca de 600 tópicos. A estrutura do programa traduz a flexibilidade global do Programa-Quadro Horizonte 2020, que se centra nas prioridades da UE a longo prazo e nos desafios societais mais prementes, permitindo-lhe simultaneamente fazer face, prontamente, aos problemas que surjam entretanto, por exemplo surtos de doenças.

O programa apoiará uma série de iniciativas transversais: a modernização da indústria transformadora europeia (mil milhões de EUR); as tecnologias e normas para a condução automática (mais de 100 milhões de EUR); a Internet das coisas (139 milhões de EUR) que diz respeito à digitalização das indústrias da UE; a Indústria 2020 na Economia Circular (670 milhões de EUR) para o desenvolvimento de economias fortes e sustentáveis; e as Cidades Inteligentes e Sustentáveis (232 milhões de EUR) para a melhor integração dos aspetos relacionados com a proteção do ambiente, os transportes, a energia e as redes digitais nos ambientes urbanos da UE.

Além disso, serão disponibilizados pelo menos 8 milhões de EUR para financiamento à investigação no domínio da segurança das fronteiras externas, para ajudar a identificar e prevenir o tráfico de seres humanos e a introdução clandestina de migrantes; 27 milhões de EUR para as novas tecnologias endereçadas à prevenção do crime e do terrorismo, bem como 15 milhões de EUR para a investigação sobre a origem e o impacto dos fluxos migratórios na Europa. O novo Programa de Trabalho permitirá também aproveitar os êxitos da investigação na área da saúde, como as descobertas inovadoras relacionadas com o Ébola, já apoiadas pelo Programa-Quadro Horizonte 2020, através do investimento de 5 milhões de EUR para fazer face ao grave surto da praga que atinge as oliveiras, a Xylella fastidiosa.

O novo Programa de Trabalho tem igualmente como objetivo melhorar o impacto do financiamento do Horizonte 2020. Em primeiro lugar, irá assegurar a disponibilização de um maior volume de fundos para as empresas inovadoras, graças às novas possibilidades de alavancagem apoiadas pelo Fundo Europeu para Investimentos Estratégicos (FEIE), para além um montante superior a 740 milhões de EUR destinado a apoiar atividades de investigação e inovação em cerca de 2000 pequenas e médias empresas (PME). Mais será também feito para melhorar as sinergias com outros programas de financiamento da UE, como sublinhado pelo Presidente Juncker no seu discurso sobre o estado da União, assim como para apoiar os investigadores nos seus pedidos de financiamento, com orientações e critérios de impacto mais claros.

 

Contexto

O programa da União Europeia para o financiamento da investigação e da inovação, o chamado Horizonte 2020, foi lançado em 1 de janeiro de 2014. Ao longo de sete anos, são investidos 77 mil milhões de EUR em projetos de investigação e inovação destinados a apoiar a competitividade económica da Europa e a alargar as fronteiras do conhecimento humano. O orçamento da UE para a investigação visa sobretudo melhorar as condições de vida dos cidadãos em domínios como a saúde, o ambiente, os transportes, a alimentação e a energia. As parcerias de investigação com os setores farmacêutico, aeroespacial, automóvel e da eletrónica também encorajam o investimento do setor privado em prol do crescimento e da criação de empregos altamente qualificados no futuro.

 

Mais informações:

MEMO/15/5832

Portal do Participante Horizonte 2020

Horizonte 2020: Perfis nacionais dos Estados-Membros da UE e projetos

 

IP/15/5831

Contactos para a imprensa:

Perguntas do público em geral: Europe Direct pelo telefone 00 800 67 89 10 11 ou por e-mail


Side Bar