Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 2 de julho de 2014.

Comissão insta os governos a aderir ao potencial dos grandes volumes de dados

A recolha e a exploração de dados é um fenómeno crescente; em resposta aos pedidos dos cidadãos e da indústria, a Comissão Europeia apela hoje aos governos nacionais para despertarem para esta revolução dos «grandes volumes de dados».

A Vice-Presidente @NeelieKroesEU declarou: «É altura de nos concentrarmos nos aspetos positivos dos grandes volumes de dados. Os grandes volumes de dados parecem ser algo de negativo e assustador, mas no essencial não o são. Os dirigentes políticos devem aderir aos grandes volumes de dados.»

Os principais problemas identificados nas consultas públicas sobre grandes volumes de dados são os seguintes:

Falta de coordenação transnacional

Infraestruturas e oportunidades de financiamento insuficientes

Carência de peritos em dados e competências afins

Quadro jurídico fragmentado e demasiado complexo

Principais ações concretas propostas hoje para resolver estes problemas:

Instituir uma parceria público-privada no domínio dos grandes volumes de dados que financie «ideias inovadoras» a nível dos grandes volumes de dados, em domínios como a medicina personalizada e a logística alimentar.

Criar um viveiro de dados abertos (no contexto do Programa-Quadro Horizonte 2020), para ajudar as PME a estabelecer cadeias de abastecimento com base em dados e a utilizar mais os serviços de computação em nuvem.

Propor novas regras em matéria de «propriedade dos dados» e responsabilidade pelo fornecimento de dados para os dados recolhidos através da Internet das coisas (comunicação máquina a máquina)

Efetuar um levantamento das normas de dados, identificando potenciais lacunas

Estabelecer uma série de centros de excelência de supercomputação para aumentar o número de trabalhadores qualificados no domínio dos dados na Europa

Criar uma rede de instalações de tratamento de dados nos diferentes Estados‑Membros

Ações que a Comissão irá intensificar ou manter

Expansão do investimento em tecnologia 5G (700 milhões de euros já afetados a uma parceria público-privada) através de acordos internacionais como o acordo celebrado em junho entre a Comissão Europeia e a Coreia do Sul

Grande coligação para a criação de emprego na área digital, e a iniciativa Abrir a educação destinada a colmatar lacunas em matéria de qualificações

Orientações sobre as melhores práticas para as autoridades públicas e dados abertos

Contexto

A cada minuto, o mundo gera 1 700 biliões de dados, equivalentes a 360 000 DVD: mais de 6 megabytes de dados por pessoa diariamente. Consequentemente, o setor dos dados está a crescer 40 % ao ano, ou seja, 7 vezes mais rapidamente do que o mercado global da informação e das comunicações, e os grandes volumes de dados estão já está a contribuir para acelerar o diagnóstico de danos cerebrais, encontrar o local ideal para a instalação de parques eólicos, evitar o congestionamento do tráfego, ou prever os rendimentos das culturas nos países em desenvolvimento. Os serviços e as tecnologias dos grandes volumes de dados a nível mundial atingirão 16,9 mil milhões de dólares americanos em 2015 e os dados permitirão criar centenas de milhares de novos postos de trabalho na Europa. As empresas que desenvolvem os seus processos de tomada de decisões com base em conhecimentos gerados a partir de dados registam um aumento de 5‑6 % da sua produtividade.

A fim de ajudar os cidadãos e as empresas da UE com mais rapidez para poderem aproveitar plenamente o potencial dos dados, a Comissão irá trabalhar com o Parlamento e o Conselho com vista à conclusão bem sucedida da reforma das normas de proteção de dados da UE e da adoção final da Diretiva sobre a segurança das redes e da informação para assegurar o elevado nível de confiança indispensável para uma economia próspera baseada em dados.

Ligações úteis

Comunicação «Para uma economia próspera baseada em dados»

What big data can do for you – here are some examples

Agenda Digital

NeelieKroes

@NeelieKroesEU

@EUDataEcosystem

MEMO/14/455.

Contactos:

Ryan Heath (+32 2 296 17 16)

Siobhan Bright (32 2 295 73 61)

Para o público: Europe Direct por telefone 00 800 6 7 8 9 10 11 ou por correio eletrónico


Side Bar