Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 14 de abril de 2014

A Comissão considera necessário melhorar as regras do transporte rodoviário de mercadorias para a indústria, os motoristas e o ambiente

O Vice-Presidente da Comissão Europeia Siim Kallas, responsável pelos transportes, apelou para a simplificação e a clarificação das regras da UE no domínio do transporte rodoviário de mercadorias. Siim Kallas fez este apelo no contexto do relatório hoje publicado sobre a integração do mercado interno do transporte rodoviário. O relatório conclui que, embora se tenham registado alguns progressos, a eliminação dos obstáculos que subsistem contribuiria para melhorar a economia europeia e o ambiente.

Diariamente, praticamente um quarto dos camiões que circulam nas estradas da Europa estão vazios, quer de regresso ao seu país de origem quer entre operações de transporte. De acordo com o relatório, a abertura dos mercados nacionais do transporte rodoviário a uma maior concorrência ajudaria a reduzir o número de trajetos em vazio e a aumentar a eficiência do setor.

«As regras atuais não são rentáveis para as empresas europeias, têm impacto em todos os utentes da estrada e são nefastas para o ambiente», declarou o Vice-Presidente Siim Kallas. «Precisamos de normas claras para o setor e também de boas condições de trabalho para os motoristas. Espero que a próxima Comissão prossiga nesta via.»

Principais conclusões do relatório:

As autoridades dos Estados-Membros devem intensificar os seus esforços no sentido de aplicarem a legislação existente de forma mais eficaz e coerente.

A Comissão e a UE podem ajudar a clarificar as regras, que são entendidas, interpretadas e aplicadas de forma diferente nos diversos Estados-Membros.

É necessário aplicar melhor as regras sociais no setor dos transportes rodoviários, para que este atraia novos motoristas, esteja preparado para gerir as necessidades futuras no domínio do transporte de mercadorias.

A UE tem a oportunidade de melhorar a eficiência da sua economia e reduzir as emissões de gases com efeito de estufa provenientes dos transportes.

Factos e números:

O transporte rodoviário representa quase três quartos (72 %) do transporte terrestre de mercadorias na UE, tem um volume de negócios anual de 300 mil milhões de euros e representa cerca de 2 % do PIB da UE.

O transporte terrestre, do qual o transporte rodoviário faz parte, é o único modo de transporte em que a produtividade do trabalho tem vindo a baixar desde 2001 (- 0,2 %).

O transporte nacional representa 67 % do transporte rodoviário de mercadorias na UE. No entanto, o acesso de transportadores estrangeiros aos mercados nacionais continua a ser muito limitado.

Os veículos pesados de mercadorias circulam frequentemente vazios: é o caso de 20 % dos camiões que circulam na UE. No transporte nacional, esta taxa eleva-se a 25 %.

No setor dos transportes rodoviários existem cerca de 600 000 empresas, grande parte delas PME, que empregam cerca de 3 milhões de pessoas.

O setor dos transportes rodoviários confronta-se com a escassez de motoristas no futuro próximo. Os motoristas estão a envelhecer e a profissão não é atrativa. As condições de trabalho são consideradas difíceis e os Estados-Membros não aplicam as disposições sociais de forma coerente.

De acordo com um estudo recente do Parlamento Europeu1, o custo das restrições à cabotagem2 ainda existentes é de cerca de 50 milhões de euros por ano.

A supressão das restrições à cabotagem ajudaria a reduzir a circulação de camiões vazios, tornando mais fácil aos transportadores combinarem os carregamentos e utilizarem viagens de ida e volta.

A supressão das restrições permitiria também otimizar a gestão da frota, aumentando a eficiência da logística global da economia da UE. Contribuir-se-ia, assim, para manter o interesse da UE enquanto local de produção e comércio.

Próximas etapas

O relatório será apresentado ao Parlamento Europeu e ao Conselho para debate posterior.

Mais informações:

http://ec.europa.eu/transport/modes/road/haulage/index_en.htm

MEMO/14/286

Siga o Vice-Presidente Siim Kallas no Twitter

Contactos:

Helen Kearns (+32 2 298 76 38)

Dale Kidd (+32 2 295 74 61)

Para o público: Europe Direct pelo telefone 00 800 6 7 8 9 10 11 ou por e­mail

2 :

Operações nacionais efetuadas por empresas de transporte num Estado-Membro que não é o seu.


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website