Navigation path

Left navigation

Additional tools

Fórum do desporto da UE: campeão olímpico chama a atenção para as «carreiras duplas»

European Commission - IP/13/888   30/09/2013

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO HR

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas/Vilnius, 30 de setembro de 2013

Fórum do desporto da UE: campeão olímpico chama a atenção para as «carreiras duplas»

É fácil imaginar que o sucesso no desporto é um passaporte para ganhos milionários e uma vida de luxo. Poderá sê-lo para uma pequena elite, mas para a maior parte dos desportistas a realidade é bem diferente. Uma vez terminada a sua carreira desportiva, têm de encontrar um emprego «normal». Ora, isto não é fácil para aqueles que concentraram todas as suas energias no desporto, deixando para trás os seus estudos. As «carreiras duplas» para desportistas, que visam conciliar a prática de desporto com a educação, serão um dos principais temas do Fórum do desporto da UE, que se realizará em Vilnius, de 30 de setembro a 1 de outubro. O campeão olímpico e lendário jogador de basquetebol Šarūnas Marčiulioniss participará juntamente com Androulla Vassiliou, Comissária europeia responsável pelo Desporto, num painel de alto nível que debaterá a questão das carreiras duplas no segundo dia do Fórum.

Entre outros assuntos, serão igualmente debatidos o Erasmus+, o novo programa da UE no domínio da educação, da formação, da juventude e do desporto, os custos das transferências no futebol e a nova iniciativa HEPA da Comissão, que tem por objetivo fazer com que as pessoas pratiquem mais exercício e usufruam das vantagens de uma atividade física benéfica para a saúde. Pela primeira vez, o Fórum poderá ser seguido no Twitter (hashtag: #EUsportforum), pelo que os participantes no Fórum e os adeptos do desporto poderão dar informações e tecer comentários imediatos.

O Fórum coincide com uma reunião informal dos Ministros do Desporto, que contará também com a presença da Comissária Vassiliou. Esta reunião incidirá sobretudo na organização e no legado dos principais eventos desportivos, bem como no contributo do desporto para a economia.

A Comissária Androulla Vassiliou declarou a este propósito: «Congratulo-me pelo facto de o Fórum do Desporto da UE pretender sensibilizar o público para a importância das «carreiras duplas» para os desportistas. Por cada «deus» do desporto como Cristiano Ronaldo, Rafael Nadal ou Usain Bolt, há milhares de atletas que, a não ser que se tenham também formado para a vida fora dos estádios, se deparam com grandes dificuldades de adaptação quando a sua carreira desportiva chega ao fim. Estou igualmente entusiasmada com a perspetiva de dar o devido destaque ao nosso novo programa Erasmus+, que, pela primeira vez, contará com um orçamento específico para o desporto de base e financiará também campanhas transnacionais destinadas a combater a violência, a intolerância e a desigualdade entre homens e mulheres no domínio do desporto.»

Prevê-se que o programa Erasmus+ venha a afetar mais de 33 milhões de euros por ano para o desporto de base entre 2014 e 2020. Apoiará projetos transnacionais que visem intensificar o intercâmbio de know-how e de boas práticas, eventos desportivos europeus não-comerciais especiais e o reforço da base factual subjacente à elaboração das políticas em matéria de desporto. Os principais beneficiários serão os organismos públicos e as organizações da sociedade civil que exercem as suas atividades ao nível do desporto de base. Desde 2007, a Comissão já concedeu mais de 22 milhões de euros para apoiar projetos desportivos.

Próximas etapas

Prevê-se que o Parlamento Europeu e o Conselho adotem o programa Erasmus+ nas próximas semanas. A recomendação da Comissão relativa à promoção das atividades físicas benéficas para a saúde (HEPA) poderá ser adotada pelo Conselho antes do final do ano.

Antecedentes

Os representantes do desporto da Europa e os Estados-Membros reúnem-se no Fórum do Desporto da UE. O Fórum, que é organizado todos os anos, constitui uma oportunidade para a Comissão informar as partes interessadas do setor do desporto sobre as suas iniciativas políticas e ouvir os seus pontos de vista. Reúne 250 delegados, incluindo os principais representantes do Comité Olímpico Internacional e dos comités olímpicos europeus, das federações europeias, das organizações de desporto para todos e das organizações de ligas, clubes e atletas.

O Fórum do Desporto destaca também projetos financiados pela UE que tenham sido implementados nos últimos dois anos, com o objetivo de apoiar a luta contra a violência e a intolerância no desporto, a inclusão social dos imigrantes, a promoção da boa governação no desporto, o combate contra a viciação de resultados, a promoção da atividade física, o envelhecimento ativo, a divulgação de formas eficazes de promover o desporto a nível municipal e a organização conjunta de competições transfronteiriças de desporto de base em regiões e Estados-Membros vizinhos.

O desporto é uma componente essencial das vidas de milhões de cidadãos europeus. Com a entrada em vigor do Tratado de Lisboa em dezembro de 2009, a UE passou a exercer competências em matéria de desporto. O artigo 165.º do TFUE estabelece que a UE deve apoiar, coordenar e completar as ações dos Estados-Membros da UE em matéria de desporto. Insta ainda a UE a contribuir para a promoção dos aspetos europeus do desporto, tendo simultaneamente em conta as suas especificidades, as suas estruturas baseadas no voluntariado e a sua função social e educativa, e a desenvolver a dimensão europeia no desporto.

Informações complementares

Fórum do desporto da UE 2013

Comissão Europeia: página do desporto

Sítio web de Androulla Vassiliou

Presidência lituana da UE

Acompanhe Androulla Vassiliou no Twitter @VassiliouEU

Contactos:

Dennis Abbott (+32 2 295 92 58); Twitter: @DennisAbbott

Dina Avraam (+32 2 295 96 67)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website