Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 30 de janeiro de 2013

Lançada em Dublim nova classificação internacional das universidades

É lançada hoje (30 de janeiro) em Dublim, sob a Presidência irlandesa da UE, uma nova classificação das universidades, criada com financiamento da União Europeia. A nova classificação multidimensional constitui uma inovação face às abordagens tradicionais aplicadas à classificação do desempenho das universidades que, na sua maioria, dão um ênfase desproporcionado à excelência em investigação. Em vez disso, classifica as universidades segundo uma gama mais alargada de fatores, em cinco domínios distintos: a reputação em matéria de investigação, a qualidade do ensino e da aprendizagem, a orientação internacional, o êxito na transferência de conhecimento (por exemplo, parcerias com o setor empresarial e as novas empresas), assim como a contribuição para o crescimento a nível regional. Espera-se que cerca de 500 universidades da Europa e de todo o mundo adiram à classificação; os primeiros resultados serão publicados no início de 2014.

Em declarações antes do lançamento, Androulla Vassiliou, Comissária Europeia responsável pela Educação, a Cultura, o Multilinguismo e a Juventude, afirmou: «As universidades são uma das invenções europeias mais bem-sucedidas, mas não podemos descansar sobre os louros conquistados. Temos de pensar e agir de uma forma mais estratégica para realizar plenamente o potencial das nossas universidades. Para esse efeito, precisamos de melhor informação sobre a oferta e sobre o nível de desempenho destas universidades. Ao passo que os sistemas de classificação existentes tendem a realçar sobretudo os resultados da investigação, o «U-Multirank» dará aos estudantes e às instituições uma visão clara do seu desempenho numa série de domínios importantes. Graças a este conhecimento, os estudantes poderão escolher o estabelecimento de ensino que mais lhes interessa. A nova classificação contribuirá igualmente para a modernização e a qualidade do ensino superior, permitindo às universidades identificar os seus pontos fortes ou fragilidades e partilhar experiências; por último, proporcionará aos decisores políticos uma visão mais completa dos respetivos sistemas de ensino superior, por forma a poderem reforçar o desempenho do seu país no seu conjunto.»

A conferência de lançamento da classificação será aberta pelo Ministro irlandês da Educação e das Qualificações, Ruairi Quinn. Nas palavras de Ruairi Quinn: «À medida que o ensino superior assume uma importância cada vez maior para o bem-estar social, cultural e económico da Europa, cresce a necessidade de qualidade e de diversidade dos nossos sistemas de ensino superior. A Presidência irlandesa está fortemente empenhada em apoiar a implantação desta nova fase do «U-Multirank». Convido as instituições de ensino superior a aproveitar esta oportunidade de participar na criação de um sistema de classificação que irá dar relevo aos muitos aspetos positivos do ensino superior em toda a Europa, em proveito dos estudantes, dos dirigentes institucionais, dos decisores políticos e de outras partes interessadas

Além de oferecer uma classificação de referência que permite a comparação entre instituições, o «U-Multirank» irá também classificar as universidades em quatro domínios específicos: gestão de empresas, engenharia mecânica, engenharia eletrotécnica e física. A lista de disciplinas específicas será gradualmente alargada nos anos seguintes.

Contexto

A classificação será elaborada por um consórcio independente, liderado pelo Centre for Higher Education (CHE), na Alemanha, e pelo Center for Higher Education Policy Studies (CHEPS), nos Países Baixos. Estas instituições trabalharão em parceria com o Centre for Science and Technology Studies da Universidade de Leiden (CWTS), o grupo editorial Elsevier, a Fundação Bertelsmann e a empresa de software Folge 3. O consórcio irá igualmente trabalhar com parceiros nacionais em matéria de classificação e com organizações representativas de estudantes, de universidades e de empresas, a fim de assegurar a exaustividade e a exatidão.

A nova classificação será imparcial e assentará em dados e critérios mensuráveis. A sua abordagem multidimensional permitirá a qualquer universidade ou estabelecimento de ensino superior obter informação de retorno sobre o seu desempenho. Cada utilizador poderá também obter uma classificação «personalizada», em função das suas necessidades específicas, o que lhe permitirá obter informação sobre as instituições ou disciplinas que mais lhe interessam e ponderar os critérios de acordo com as suas próprias preferências.

A «U-Multirank» é o culminar de uma iniciativa com origem numa conferência organizada em 2008 sob a presidência francesa da União Europeia, que se pronunciou a favor de uma nova classificação das universidades baseada numa metodologia que refletisse uma maior variedade de dimensões de excelência num contexto internacional.

Posteriormente, a Comissão Europeia encomendou um estudo de viabilidade, que foi realizado por um consórcio de organizações do ensino superior e da investigação, conhecido sob a designação de CHERPA, e que foi concluído em 2011. O estudo, baseado num trabalho com 150 instituições de ensino superior da Europa e de todo o mundo, veio confirmar que tanto o conceito como a execução de uma classificação multidimensional eram realistas. Foram desenvolvidos instrumentos de inquérito em linha para recolher os dados necessários. O consórcio irá igualmente cooperar com as classificações nacionais existentes, a fim de obviar à necessidade de fazer as mesmas perguntas às universidades mais do que uma vez.

A «U-Multirank» receberá, no biénio de 2013-2014, um financiamento da UE num montante de 2 milhões de euros provenientes do Programa Aprendizagem ao Longo da Vida, com a possibilidade de novo financiamento no biénio de 2015-2016. A partir desse ano, pretende-se que a classificação seja gerida por uma organização independente.

Para mais informações:

Comissão Europeia: Educação e Formação

Sítio web de Androulla Vassiliou

Siga Androulla Vassiliou no Twitter @VassiliouEU

Contactos :

Dennis Abbott (+32 2 295 92 58); Twitter: @DennisAbbott

Dina Avraam (+32 2 295 96 67)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website