Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia investe 600 milhões de euros em nova investigação com vista ao descongestionamento do espaço aéreo europeu

European Commission - IP/13/664   10/07/2013

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO HR

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 10 de julho de 2013

Comissão Europeia investe 600 milhões de euros em nova investigação com vista ao descongestionamento do espaço aéreo europeu

A Comissão Europeia anunciou hoje um novo financiamento de 600 milhões de euros com vista ao descongestionamento do espaço aéreo europeu. A Comissão procura evitar uma crise de capacidade, na medida em que se encontra previsto um aumento de 50% do número de voos nos próximos 10 a 20 anos. O objetivo é desenvolver a nova tecnologia necessária para a realização do Céu Único Europeu – o projeto ambicioso de reforma do espaço aéreo europeu, que duplicará a capacidade e reduzirá para metade os custos da gestão do tráfego aéreo.

Siim Kallas, Comissário da UE responsável pelos transportes, declarou: «O céu e os aeroportos europeus correm riscos de saturação. Caso a situação se mantenha, seremos confrontados com um nível elevado de congestionamento e o caos no espaço aéreo europeu. No solo, os aeroportos estarão de tal modo superlotados que haverá 2 milhões de voos que não poderão descolar nem aterrar. O aumento do congestionamento está associado a um aumento do risco de segurança, bem como a atrasos e custos económicos efetivos. Este financiamento vital da investigação permitirá desenvolver a tecnologia necessária para garantir um espaço aéreo europeu mais limpo, mais eficiente e adaptado às exigências do século XXI.»

As ineficiências decorrentes da fragmentação do espaço aéreo europeu acarretam para as companhias aéreas e os seus clientes custos suplementares de cerca de 5 000 milhões de euros por ano. Acrescentam 42 quilómetros à distância percorrida por um voo médio, o que leva as aeronaves a gastarem mais combustível, a produzirem mais emissões, a pagarem taxas de utilização ainda mais onerosas e a sofrerem atrasos mais significativos. Os Estados Unidos controlam um espaço aéreo da mesma dimensão e com maior densidade de tráfego a quase metade do custo.

Esta investigação é crucial para a realização do Céu Único Europeu, projeto emblemático destinado a criar um espaço aéreo europeu único, que triplicará a capacidade e reduzirá para metade os custos do tráfego aéreo. Continuará a ser gerida pela Empresa Comum (EC) de Investigação sobre a Gestão do Tráfego Aéreo no Céu Único Europeu (SESAR), cujo mandato será prorrogado por um prazo adicional de oito anos, até 2024.

A investigação tem por objetivo tornar os transportes aéreos mais ecológicos, mais acessíveis e mais seguros. O novo financiamento incidirá nos seguintes aspetos:

  1. Desenvolvimento de meios que permitam às companhias aéreas voar nas suas rotas preferidas (e mais diretas), utilizando novas tecnologias de intercâmbio de dados entre o ar e o solo;

  2. Integração de novos tipos de aeronaves, nomeadamente aeronaves com controlo remoto (drones), no sistema de gestão do tráfego aéreo;

  3. Otimização da gestão do tráfego, designadamente no solo, por exemplo para tornar mais eficiente e seguro o acesso e a saída das pistas em todas as condições meteorológicas.

O projeto envolve mais de 2 500 peritos, abarcando toda a gama de competências em matéria de gestão do tráfego aéreo (ATM). O trabalho destes peritos a nível da investigação coordenada no domínio da ATM prosseguirá, bem como as atividades de desenvolvimento e validação, nomeadamente demonstrações em grande escala.

A prorrogação do mandato da EC SESAR demonstra o forte empenho da Comissão no projeto de Céu Único Europeu (ver IP 13/523) e reconhece a importância dos resultados alcançados até à data pela EC SESAR.

A EC SESAR continuará a ser cofinanciada pelo Eurocontrol e pelo setor da aviação. A parte da UE no financiamento do mandato alargado da EC, que ascende a um montante máximo de 600 milhões de euros, provirá do programa Horizonte 2020, fazendo parte do novo quadro financeiro plurianual da UE. Este montante contribui para um orçamento total estimado em 1 600 milhões de euros destinado ao novo programa de trabalho da EC SESAR, cujo mandato será prorrogado. A título indicativo, este orçamento apoiará a investigação exploratória em matéria de ATM (6%), a investigação aplicada (47%), o desenvolvimento pré-industrial (28%) e projetos de demonstração em grande escala (9%).

Contexto

A EC SESAR é uma parceria público-privada única, que visa desenvolver um sistema de gestão do tráfego aéreo (ATM) de nova geração capaz de fazer face ao aumento do tráfego aéreo, nas condições mais seguras, economicamente eficientes e respeitadoras do ambiente. É igualmente a «guardiã» do Plano Diretor Europeu de ATM, o roteiro para todas as atividades da EC SESAR e a sua futura implantação.

A EC SESAR foi criada em 2007 para coordenar todas as atividades de investigação e desenvolvimento relacionadas com a ATM na UE, no âmbito das perspetivas financeiras para 2007-2013, que limitavam a duração do mandato da Empresa Comum até 31 de dezembro de 2016.

Os dois membros fundadores da EC SESAR (UE e Eurocontrol) e os seus 15 outros membros, que incluem entidades públicas e privadas, designadamente o fabricante de aeronaves Airbus, os principais prestadores de serviços de navegação aérea nacionais, os aeroportos e os fabricantes de equipamentos, nomeadamente Thales, Indra, Alenia Aermacchi, Frequentis, Selex SI e Honeywell, já confirmaram o seu compromisso de prosseguirem o seu trabalho no âmbito do SESAR.

A EC SESAR tem um papel crucial a desempenhar no desenvolvimento da tecnologia necessária para a realização do Céu Único Europeu, projeto emblemático destinado a criar um espaço aéreo europeu único:

  1. Reduzindo para metade as despesas dos utilizadores do espaço aéreo relacionadas com a ATM;

  2. Reduzindo em 10 % o impacto ambiental dos voos;

  3. Triplicando a capacidade, o que reduzirá igualmente os atrasos no solo e no ar;

  4. Decuplicando a segurança.

Para mais informações:

IP/13/523

http://www.sesarju.eu/

http://ec.europa.eu/transport/modes/air/sesar/

Siga o Vice-Presidente Kallas no Twitter.

MEMO/13/666

Contactos:

Helen Kearns (+32 2 298 76 38)

Dale Kidd (+32 2 295 74 61)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website