Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 6 de junho de 2013

Comissão Europeia abre caminho para projeto de língua gestual

A Comissão Europeia abriu hoje o caminho para um novo projeto-piloto que melhora a comunicação entre as instituições europeias e os cidadãos surdos ou com deficiência auditiva. A decisão de financiamento hoje adotada significa que o projeto-piloto, ao qual o Parlamento Europeu atribuiu um orçamento de 750 000 EUR, pode ser implementado.

«Todos os cidadãos da União têm o mesmo direito de participar na vida democrática da União. Para tal, no entanto, alguns têm de enfrentar obstáculos, situação que urge resolver» declarou a Vice-Presidente Viviane Reding, Comissária europeia responsável pela justiça. «A língua é um poderoso instrumento de comunicação e transmissão de ideias e sentimentos. A linguagem gestual é a primeira forma de expressão, a «língua materna», de muitas pessoas surdas, e a segunda ou terceira língua para as suas famílias e amigos. As instituições e os políticos devem, pois, fazer todo o possível para promover o uso da linguagem gestual e oferecer soluções simples aos deficientes auditivos. É esse o objetivo deste projeto-piloto. Gostaria de agradecer ao Parlamento Europeu e, em especial, a Ádám Kósa e a Werner Kuhn o seu apoio incondicional à concretização deste importante projeto-piloto.»

O recurso a um intérprete de língua gestual pode ser muitas vezes moroso, caro e difícil. Os serviços destes profissionais altamente qualificados devem ser reservados com antecedência e são remunerados, assim como as suas despesas de viagem e de estadia. Por conseguinte, é fácil perceber que as pessoas obrigadas a depender desses serviços ficam numa situação de desvantagem. Não podem dirigir-se aos funcionários nacionais ou europeus tão fácil e espontaneamente como os seus concidadãos que utilizam a língua falada.

O projeto-piloto, que se destina a melhorar a comunicação entre as instituições europeias e os cidadãos surdos ou com deficiência auditiva, procurará resolver esta situação, por exemplo, com a instalação de tecnologias áudio e vídeo nas instituições da UE, para que os funcionários possam comunicar mais facilmente com os utilizadores da linguagem gestual. O projeto-piloto abrange ambas as componentes desta iniciativa: a solução tecnológica e a interpretação da linguagem gestual.

A mais longo prazo, o projeto-piloto visa ajudar a desenvolver soluções destinadas a quase um milhão de cidadãos surdos ou com dificuldades auditivas em todos os Estados‑Membros, que utilizam diferentes linguagens gestuais, para que possam aceder a todas as instituições da União Europeia através de comunicação direta.

A Comissão Europeia trabalhou em estreita colaboração com o Parlamento Europeu para concretizar este projeto-piloto.

Para mais informações

Comissão Europeia – Pessoas com deficiência:

http://ec.europa.eu/justice/discrimination/disabilities/index_en.htm

Página Web da Vice-Presidente da Comissão Europeia, Viviane Reding, responsável pela Justiça:

http://ec.europa.eu/reding

Siga a Vice-Presidente no Twitter: @VivianeRedingEU

Contacts :

Mina Andreeva (+32 2 299 13 82)

Natasha Bertaud (+32 2 296 74 56)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website