Navigation path

Left navigation

Additional tools

Prémio da UE para 9 iniciativas públicas inovadoras na Europa

European Commission - IP/13/505   06/06/2013

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 6 de junho de 2013

Prémio da UE para 9 iniciativas públicas inovadoras na Europa

A Comissão Europeia anunciou hoje os vencedores do Prémio Europeu para a Inovação na Administração Pública, que distingue as iniciativas públicas mais inovadoras e viradas para o futuro, que beneficiam os cidadãos, as empresas ou os setores da educação e da investigação. Nove iniciativas da Croácia, Finlândia, Países Baixos, Portugal, Eslováquia, Espanha (dois premiados), Suécia e Reino Unido receberam 100 000 EUR cada (MEMO/13/503). As iniciativas premiadas incluem: informação integrada sobre cuidados de saúde acessível por telefone, uma plataforma em linha com informações sobre oportunidades de financiamento para as empresas e um sistema de deteção do plagiato para os estabelecimentos de ensino superior. Os prémios foram entregues pela Comissária para a Investigação, Inovação e Ciência Máire Geoghegan-Quinn durante a Conferência da Semana de Regiões Inovadoras da Europa IV (WIRE IV), realizada em Cork, na Irlanda.

A Comissária Máire Geoghegan-Quinn declarou: «Não são apenas as empresas a ter de apostar na inovação. Também o setor público, que representa metade do produto interno bruto da UE, deve empenhar-se na mudança. Os premiados de hoje mostram que, se tirarmos partido de novas ideias e tecnologias, podemos melhorar a qualidade de vida das pessoas e ajudar a modernizar as nossas economias. São necessárias mais iniciativas como estas.»

Foram recebidas 203 candidaturas vindas de todas as regiões da União Europeia. Os nove vencedores foram selecionados por um júri independente, com base em quatro critérios: o impacto económico da sua iniciativa; a sua relevância para os desafios que se colocam à sociedade; a originalidade e a facilidade de reprodução da ideia; e a forma como planeiam utilizar o dinheiro do prémio.

O júri de peritos era constituído por Ann Mettler, do Conselho de Lisboa; Carlos Brazão, da Cisco; Margot Pröhl, do Instituto Europeu de Administração Pública; Sasha Bezuhanova, da HP, e Andreas Schleicher, da OCDE.

O dinheiro do prémio servirá para a expansão das iniciativas. Na próxima Convenção sobre a Inovação, a realizar em 2014 em Bruxelas, os vencedores apresentarão as suas ações para a reprodução das iniciativas e o seu incremento.

Os vencedores de 2013

Categoria «cidadãos»:

  1. Área metropolitana de Helsínquia, Finlândia — disponibilidade de dados abertos para que os cidadãos possam participar no processo de tomada de decisões

  2. Iniciativa nacional sueca de saúde em linha — possibilidade para os doentes e os prestadores de cuidados de saúde de acompanhar em linha a sua informação sobre cuidados de saúde

  3. Bairro de Islington (Londres), Reino Unido — pacote integrado de intervenções destinadas a reduzir a precariedade energética, o excesso de óbitos no inverno e os internamentos hospitalares

Categoria «empresas»:

  1. Centro espanhol de gestão de dados abertos: uma iniciativa nacional ambiciosa para a reutilização da informação do setor público, que abre novas oportunidades económicas

  2. Administração regional das províncias setentrionais dos Países Baixos — plataforma em linha de acesso rápido a oportunidades de financiamento para as empresas

  3. Agência portuguesa para a modernização administrativa — simplificação da criação de empresas, com pouco ou nenhum tempo de espera

Categoria «educação e investigação»:

  1. Região espanhola de Múrcia — estudantes tornam-se empresários e formam equipas que concorrem entre si numa corrida de veículos eficientes do ponto de vista energético

  2. Rede académica e de investigação croata — promoção da igualdade de acesso a ensino de alta qualidade equipando com TIC as escolas primárias de áreas remotas

  3. Iniciativa nacional eslovaca — sistema de deteção do plagiato agrupando teses e dissertações de todas as instituições do ensino superior

Para mais informações

O concurso foi lançado em setembro de 2012 e esteve aberto às autoridades públicas estabelecidas em qualquer Estado-Membro da UE ou de um país associado ao programa‑quadro de investigação da União. As iniciativas apresentadas deviam estar em curso durante um período de um a quatro anos. Para mais informações, consultar: www.ec.europa.eu/admin-innovators

A Conferência WIRE IV reúne partes interessadas regionais, nacionais e europeias para tratar, desenvolver e aprofundar as questões essenciais da inovação regional de interesse para o Horizonte 2020, o programa de financiamento da investigação e inovação, com a duração de sete anos, que deverá ter início em 2014.

http://wire2013.eu/

Contactos :

Michael Jennings (+32 2 296 33 88) Twitter: @ECSpokesScience

Monika Wcislo (+32 2 298 65 95)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website