Chemin de navigation

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 25 de março de 2013

Declaração conjunta do Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, do Presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, e do Primeiro-Ministro do Japão, Shinzo Abe

O Presidente da Comissão Europeia, José Manuel Durão Barroso, o Presidente do Conselho Europeu, Herman van Rompuy, e o Primeiro-Ministro do Japão, Shinzo Abe, falaram hoje por telefone na sequência do adiamento da 21.ª Cimeira entre o Japão e a União Europeia (UE).

Recordando a intensificação das relações Japão-UE desde a declaração conjunta de 1991 e a profunda transformação que o mundo tem vindo a atravessar nos últimos anos, os líderes estão de acordo em afirmar que o Japão e a UE, parceiros globais que partilham valores comuns, deveriam passar para um plano superior nas suas relações, de caráter mais estratégico, assegurando a sua perenidade. Comprometeram-se a intensificar os esforços comuns para a realização desse objetivo.

Os líderes decidiram lançar negociações com vista a um acordo que abranja a cooperação política, mundial e setorial e a um Acordo de Parceria Económica (APE) / Acordo de Comércio Livre (ACL), com base nas perspetivas partilhadas sobre o âmbito e o nível de ambição da cooperação identificadas durante o exercício de delimitação desse mesmo âmbito. Os líderes exprimiram-se no sentido do lançamento das negociações em abril e manifestaram empenhamento na celebração tão rápida quanto possível dos dois acordos em causa. O APE/ACL deverão ser completos e abrangentes, abordando todas as questões de interesse comum de modo a incentivar o crescimento económico, tanto no Japão como na UE, e contribuindo assim para o desenvolvimento da economia mundial. O acordo relativo à cooperação política, mundial e setorial proporcionará uma base jurídica para promover uma parceria mais forte na resolução de uma grande variedade de questões bilaterais e mundiais, no quadro de uma contribuição partilhada para a estabilidade, segurança e o crescimento sustentável a nível mundial.

Os líderes reafirmaram o seu empenhamento continuado em causas internacionais como o reforço de um crescimento forte, sustentável e equilibrado e a garantia da estabilidade financeira da economia mundial. Neste contexto, os líderes trocaram impressões sobre a situação em Chipre, bem como sobre as medidas mais alargadas para o reforço da arquitetura da União Económica e Monetária. O Primeiro-Ministro Abe sublinhou o seu entendimento da importância da continuação dos esforços da UE no sentido de garantir a estabilidade da economia europeia e confirmou que o Japão continuará a apoiar esses esforços. Destacou também as medidas políticas adotadas pelo seu Governo para revitalizar a economia japonesa. Reconhecendo a importância da ação política de ambas as partes no esforço para a recuperação da economia mundial, os líderes reafirmaram a necessidade de dar cumprimento a todos os compromissos assumidos no âmbito do G20, reafirmando a sua intenção de trabalhar em conjunto nesse contexto para atingir o objetivo pretendido.

Os líderes trocaram ainda impressões sobre a cooperação bilateral e as questões regionais, incluindo a situação da segurança na Ásia Oriental, no Médio Oriente e na região do Sahel.

Os líderes decidiram marcar uma nova data para a cimeira, tão rapidamente quanto possível, e exprimiram o desejo de que a mesma permita dar um novo impulso político à cooperação recíproca.

Mais informações:

MEMO/13/282 Os Acordos de Comércio Livre da UE — em que ponto estamos?

MEMO/13/283 Um Acordo de Comércio Livre entre a UE e o Japão

Contactos :

Pia Ahrenkilde Hansen (+32 2 295 30 70)

Leonor Ribeiro Da Silva (+32 2 298 81 55)

Raquel Maria Patricio Gomes (+32 2 297 48 14)

John Clancy (+32 2 295 37 73)


Side Bar

Mon compte

Gérez vos recherches et notifications par email


Aidez-nous à améliorer ce site