Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 4 de março de 2013

Lançamento da rede de aulas virtuais para escolas «eTwinning Plus»

A rede «eTwinning» da Comissão Europeia, que já incentivou 100 000 escolas em 33 países europeus a estabelecerem contacto através da Internet, será alargada a partir de hoje a escolas na Arménia, no Azerbaijão, na Geórgia, Moldávia e Ucrânia. O lançamento do projeto «eTwinning Plus» dará a estes países a oportunidade de aderirem a uma gigantesca aula virtual em que alunos e professores podem aprender mais sobre os seus congéneres e participar em projetos interativos centrados, por exemplo, na aprendizagem de línguas ou na matemática. Constituirá também uma oportunidade para que os jovens descubram diferentes culturas e tradições, bem como pontos em comum.

«O eTwinning é um projeto educativo fantástico, com um enorme potencial para derrubar obstáculos. Os contactos que permitiu estabelecer entre escolas trazem grandes vantagens a todos os participantes; o eTwinning dá-lhes a liberdade de conceber projetos criativos e interculturais; além disso, incentiva as crianças a desenvolverem as suas competências em TIC. Através do eTwinning Plus, vamos levar a rede a um novo patamar,» declarou Androulla Vassiliou, a Comissária Europeia responsável pela Educação, Cultura, Multilinguismo e Juventude

O eTwinning Plus é um projeto-piloto lançado no quadro da política de vizinhança da UE, no âmbito da plataforma «contactos entre as populações» da Parceria Oriental, que visa aumentar o diálogo com os parceiros de Leste. A Comissão tenciona alargar progressivamente o projeto aos países vizinhos do sul, a começar pela Tunísia. Para já, a plataforma eTwinning Plus terá como línguas principais o inglês e o russo, às quais se seguirão o francês e o árabe numa fase posterior. Para além de constituir um ponto de encontro de professores e alunos para o intercâmbio de ideias, permitirá também que as escolas encontrem parceiros para a realização de projetos conjuntos.

Nas palavras de Štefan Füle, Comissário responsável pelo Alargamento e pela Política Europeia de Vizinhança, «Reforçar a participação da UE na educação, no ensino superior e na formação profissional contribuirá para dotar os países parceiros e, em especial, as gerações mais novas, de melhores condições para dar resposta aos desafios económicos e sociais nos países nossos vizinhos.»

Para ajudar a implantar a rede, foram instituídas agências de apoio em cada um dos países vizinhos participantes. Estas organizações promoverão o eTwinning Plus a nível nacional, assegurarão que vá ao encontro das necessidades das escolas e organizarão ações de formação para professores. Selecionarão as escolas participantes com base no seu equipamento informático e conhecimento de línguas. Garantirão a participação de escolas de meios rurais e urbanos, bem como de crianças oriundas de diferentes contextos socioeconómicos.

O projeto eTwinning Plus tem um orçamento de 834 000 euros: cerca de metade deste montante será investido no desenvolvimento de uma nova plataforma em linha; o montante restante servirá para financiar as agências de apoio parceiras. A afetação por país é a seguinte: Arménia 64 000 euros, Azerbaijão 80 000 euros, Geórgia 64 000 euros, Moldávia 80 000 euros e Ucrânia 96 000 euros.

Contexto

Criada em 2005, a eTwinning é uma comunidade de escolas da Europa em expansão. Perto de 200 000 professores e mais de 100 000 escolas de 33 países europeus (os 27 Estados-Membros da UE, Islândia, Suíça, Noruega, Turquia, Croácia e a antiga República jugoslava da Macedónia) aderiram, podendo assim utilizar o seu espaço digital gratuito e seguro para a formação de professores e a realização de projetos educativos conjuntos. O portal eTwinning pode ser consultado em 25 línguas.

O eTwinning faz parte do programa Comenius da UE e recebe um financiamento anual de cerca de 10 milhões de euros. Não financia projetos individuais, mas oferece instrumentos e apoio a professores e alunos, como é o caso do portal eTwinning, bem como seminários para professores.

De acordo com um estudo recente, o eTwinning é uma forma acessível e económica de as escolas realizarem atividades de cooperação internacional. O mesmo estudo apurou que os professores que participaram no eTwinning aperfeiçoaram as suas competências, melhoraram a sua relação com os alunos e ampliaram as suas redes profissionais. Por seu turno, os alunos ganharam motivação e tornaram-se mais aptos a trabalhar em equipa.

No quadro do novo programa Erasmus para todos, que terá início em 2014, a Comissão propôs o desenvolvimento do eTwinning como plataforma para todas as escolas que pretendam colaborar a nível transfronteiras com o apoio da UE.

O projeto eTwinning contribui para os objetivos da UE de melhorar a competência digital e a aprendizagem mútua colaborativa. No final do ano, a Comissão publicará uma estratégia sobre a promoção do ensino, para melhorar o ensino e o desenvolvimento de competências através das novas tecnologias e de recursos educativos abertos.

Para mais informações

eTwinning Plus

Portal eTwinning

Comissão Europeia: Programa Comenius

Sítio Web de Androulla Vassiliou

Acompanhe Androulla Vassiliou no Twitter @VassiliouEU

Contactos :

Dennis Abbott (+32 2 295 92 58); Twitter: @DennisAbbott

Dina Avraam (+32 2 295 96 67)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website