Navigation path

Left navigation

Additional tools

A VW lidera a classificação das empresas que mais investem em I&D a nível mundial, mas o desempenho das empresas da UE é heterogéneo

European Commission - IP/13/1090   18/11/2013

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO GA HR

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 18 de novembro de 2013

A VW lidera a classificação das empresas que mais investem em I&D a nível mundial, mas o desempenho das empresas da UE é heterogéneo

Pela primeira vez desde 2004, uma empresa da UE – o fabricante alemão de automóveis Volkswagen – é o maior investidor em I&D do setor privado a nível mundial. A Volkswagen encontra-se no topo da classificação no Painel Europeu sobre o Investimento na I&D Industrial de 2013 da Comissão Europeia, com um investimento de 9,5 mil milhões de euros realizado em 2012. De um modo geral, as empresas com sede na UE (527 empresas) reforçaram o investimento em I&D em 6,3 %, ligeiramente acima da média das 2000 empresas incluídas no Painel (+6,2 %). No entanto, tal como no ano passado, não acompanharam as suas congéneres dos EUA (+8,2 %). As empresas da UE também apresentaram um desempenho heterogéneo em função do setor, com um forte crescimento da I&D em alguns domínios mas uma estagnação ou declínio noutros. As empresas do Painel Europeu inquiridas preveem aumentar o respetivo investimento em I&D em 2,6 % por ano, em média, no período de 2013-2015, o que reflete uma diminuição das expectativas em relação ao ano anterior.

Máire Geoghegan-Quinn, Comissária para a Investigação, a Inovação e a Ciência, afirmou: «A UE está ainda atrás dos seus principais concorrentes no investimento das empresas em I&D e há alguns sinais preocupantes nestes últimos relatórios. Não obstante os resultados positivos das principais empresas da UE em setores industriais importantes, como a indústria automóvel, estamos ainda demasiado fracos nos setores de alta tecnologia, como a biotecnologia e o software».

O aumento médio de 6,2 % do crescimento da I&D nas empresas abrangidas pelo Painel foi conseguido apesar de um abrandamento do crescimento das vendas líquidas (+4,2 % contra +9,9 % em 2011) e de uma redução de 10,1 % dos lucros de exploração em 2012. Os resultados globais positivos da UE resultam, em grande parte, das taxas de crescimento da I&D nas empresas alemãs, nomeadamente no setor automóvel.

A Samsung Electronics, da Coreia do Sul, ocupa o segundo lugar na classificação, com um investimento de 8,3 mil milhões de euros. As outras empresas no grupo das dez mais bem classificadas incluem cinco sediadas nos EUA (Microsoft, Intel, Merck, Johnson & Johnson e Pfizer), duas na Suíça (Roche e Novartis) e uma no Japão (Toyota).

Nas empresas sediadas na UE pertencentes ao setor da indústria automóvel e de peças verificou-se um forte crescimento da I&D (+14,4 % contra -2,6 % para as suas congéneres dos EUA). As empresas da UE também tiveram um desempenho superior ao das norte-americanas no setor da engenharia industrial (+12,3 % contra +9,4 %) e no setor aeroespacial e da defesa (+9,5 % contra -1,3 %). No setor das TIC as empresas da UE apresentaram resultados heterogéneos, com bons desempenhos no domínio do software e serviços informáticos (+14,2 %), mas um declínio no domínio do equipamento informático (-2,3 %). Em contrapartida, as empresas sediadas nos Estados Unidos tiveram um bom desempenho em ambos os domínios (+12,6 % e +14,8 %, respetivamente).

Uma análise de tendências ao longo dos últimos dez anos mostra que os EUA continuam a aumentar a sua especialização em setores com utilização intensiva de I&D, como as TIC e a saúde (70 % do total de investimentos em I&D efetuados em 2012 por empresas dos EUA abrangidas pelo Painel, contra 64 % em 2004).

Apesar da forte liderança dos EUA nesses setores de alta intensidade de I&D, uma análise mais atenta das empresas da UE com uma classificação inferior revela um número significativo de empresas com bom desempenho em setores como o software e a biotecnologia, empresas essas que poderão tonar-se líderes no futuro.

Contexto

O Painel Europeu sobre o Investimento na I&D Industrial é publicado anualmente pela Comissão Europeia (DG Investigação e Inovação e Centro Comum de Investigação). O Painel de Avaliação de 2013 baseia-se numa amostra de 2 000 empresas, grandes investidoras em I&D que, no seu conjunto, representam um valor de investimento equivalente a mais de 90 % das despesas totais em I&D das empresas em todo o mundo. O Painel mede o valor total do seu investimento global em I&D financiado por fundos próprios, independentemente do local em que a I&D tem lugar. A amostra compreende empresas que investiram mais de 22,6 milhões de euros em I&D em 2012 e se encontram sediadas na UE (527), nos EUA (658), no Japão (353) e noutros países (462), incluindo a China, a Coreia do Sul, a Suíça, a Índia, o Canadá, a Austrália, Israel, a Noruega e o Brasil.

O inquérito europeu sobre as tendências do investimento na I&D industrial (EU Survey on Industrial R&D Investment Trends) complementa o Painel Europeu sobre o Investimento na I&D Industrial mediante a recolha de informações qualitativas sobre os fatores e problemas que influenciam as estratégias atuais e projetadas das empresas em matéria de investimento em I&D. Os resultados do inquérito de 2013 baseiam-se em 172 respostas vindas sobretudo de grandes empresas, de entre as 1 000 empresas sediadas na UE abrangidas pelo Painel Europeu sobre o Investimento na I&D Industrial de 2012. Estas respostas foram recolhidas entre abril e junho de 2012.

MEMO/13/1000

Os relatórios completos podem ser consultados em:

http://iri.jrc.ec.europa.eu/reports.htm

Para mais informações sobre o Programa-Quadro Horizonte 2020:

http://ec.europa.eu/research/horizon2020/

Para mais informações sobre a União da Inovação:

http://ec.europa.eu/research/innovation-union/index_en.cfm

Contactos:

Michael Jennings (+32 2 296 33 88) Twitter: @ECSpokesScience

Inma Martinez Garcia (+32 2 298 73 03)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website