Navigation path

Left navigation

Additional tools

Ambiente: doze cidades candidatam-se ao prémio «Capital Verde da Europa» de 2016

European Commission - IP/13/1027   06/11/2013

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO HR

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 6 de novembro de 2013

Ambiente: doze cidades candidatam-se ao prémio «Capital Verde da Europa» de 2016

Terminou já o prazo do concurso Capital Verde da Europa de 2016, tendo-se candidatado as seguintes doze cidades de onze países:

Dąbrowa Górnicza (Polónia)

Essen (Alemanha)

Lárissa (Grécia)

Liubliana (Eslovénia)

Nimega (Países Baixos)

Oslo (Noruega)

Reggio Emilia (Itália)

Santander (Espanha)

Tours (França)

Umeå (Suécia)

Saragoça (Espanha)

Pitesti (Roménia)

Janez Potočnik, Comissário Europeu responsável pelo Ambiente, declarou: «Testemunho, com prazer, o grande número de candidaturas ao prémio Capital Verde da Europa, que demonstra o empenho das cidades europeias em melhorarem a qualidade de vida dos seus cidadãos e o ambiente. Esta iniciativa cria uma plataforma para a partilha das melhores práticas e ideias e aponta o caminho a outras cidades. Desejo a todas as cidades candidatas o maior êxito no concurso de 2016!»

O prémio Capital Verde da Europa é atribuído a cidades pioneiras de uma gestão urbana respeitadora do ambiente. São cidades que pretendem estabelecer padrões mais elevados para um desenvolvimento urbano sustentável, escutando as aspirações dos cidadãos e liderando soluções inovadoras para os problemas ambientais.

Este ano, pela primeira vez, puderam candidatar-se ao título de 2016 cidades de toda a Europa com pelo menos 100.000 habitantes. Anteriormente, só eram elegíveis cidades com uma população mínima de 200.000 habitantes. A abertura do concurso a aglomerações de menor dimensão logrou que mais de metade das candidaturas proviessem de cidades com menos de 200.000 habitantes.

Um painel internacional de peritos procederá à avaliação técnica de cada candidatura, com base em doze indicadores: atenuação das alterações climáticas e adaptação aos seus efeitos; transportes locais; zonas verdes urbanas que integram uma utilização sustentável do solo; natureza e biodiversidade; qualidade do ar ambiente; qualidade do ambiente acústico; produção e gestão de resíduos; gestão da água; tratamento de águas residuais; ecoinovação e emprego sustentável; eficiência energética; gestão ambiental integrada.

Em 2014, as cidades pré-selecionadas serão convidadas a apresentar as respetivas propostas a um júri internacional, que avaliará o seu empenho num melhoramento ambiental contínuo e os seus objetivos futuros. O júri apreciará também a sua capacidade de comunicação com os cidadãos, bem como o seu potencial para agirem como modelos e promoverem as melhores práticas noutras cidades europeias. Além de inspirar outras cidades, a experiência mostra que a cidade vencedora beneficia de maior visibilidade, o que pode realçar a sua reputação e atração como local de visita, de trabalho ou de residência.

A vencedora será anunciada em junho de 2014 em Copenhaga, na Dinamarca, que conquistou o título de Capital Verde da Europa de 2014.

Contexto

Desde o início do concurso, em 2010, foram já contempladas com o prémio Capital Verde da Europa seis cidades. Estocolmo ganhou o título inaugural, seguindo-se Hamburgo em 2011 e Vitória-Gasteiz em 2012. A vencedora de 2013 é Nantes. Copenhaga recebeu o galardão relativo a 2014 e Brístol o de 2015.

O júri do concurso compreende representantes da Comissão Europeia, do Parlamento Europeu, do Comité das Regiões, da Agência Europeia do Ambiente, do ICLEI (Conselho Internacional de Iniciativas Ambientais Locais), do gabinete do Pacto de Autarcas e do Secretariado Europeu do Ambiente.

As sociedades europeias são hoje essencialmente urbanas, com mais de dois terços dos europeus a residirem em vilas e cidades. Muitos dos problemas ambientais que a sociedade enfrenta têm origem em zonas urbanas, mas é também nestas zonas que estão a encontrar-se soluções.

Para mais informações:

www.europeangreencapital.eu

Facebook: http://www.facebook.com/EuropeanGreenCapitalAward

Twitter: http://twitter.com/EU_GreenCapital ou mande-nos um tweet para @EU_GreenCapital


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website