Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 13 de setembro de 2012

Crescimento azul: Comissão apresenta as perspetivas para o crescimento sustentável dos setores marinho e marítimo

Para vencer a crise, a Europa necessita da contribuição de todos os setores da sua economia. Na Comunicação «Crescimento Azul», adotada hoje, a Comissão Europeia apresenta indicações promissoras para o crescimento económico e perspetivas de emprego no setor da economia marinha e marítima, de forma a apoiar a recuperação da economia europeia. Estes setores económicos proporcionam emprego a 5,4 milhões de pessoas e contribuem para um valor acrescentado bruto total da ordem de 500 000 milhões de euros. Até 2020, estes valores deverão aumentar para 7 milhões de empregos e cerca de 600 000 milhões de euros, respetivamente. Para realizar este potencial, a Comissão considera necessário remover os obstáculos ao crescimento e aplicar soluções inteligentes para promover novos setores. Através da promoção da investigação e inovação no setor marinho, do apoio às PME inovadoras, da definição das qualificações necessárias e do incentivo aos produtos e soluções inovadores, a Europa poderá libertar o potencial de crescimento da sua economia azul, protegendo, em simultâneo, a biodiversidade e o ambiente. Tornar‑se-ão mais competitivos setores tradicionais como os transportes marítimos e o turismo marítimo. Alguns setores em crescimento e emergentes, como as energias renováveis oceânicas e a biotecnologia azul, podem tornar‑se cruciais para a criação de novos empregos, o desenvolvimento de energias mais limpas e a oferta de mais produtos e serviços.

A Comunicação hoje apresentada inicia um processo que conferirá à economia azul um lugar de destaque na agenda dos Estados‑Membros, das regiões, das empresas e da sociedade civil. Descreve a forma como as políticas dos Estados‑Membros e da UE apoiam já a economia azul, identificando de seguida os cinco domínios com maior potencial de crescimento, nos quais a realização de ações orientadas poderá proporcionar um incentivo suplementar: i) Turismo marítimo, costeiro e de cruzeiros, ii) Energia azul, iii) Recursos minerais marinhos, iv) Aquicultura e v) Biotecnologia azul.

Num futuro próximo, a Comissão lançará várias iniciativas com vista a explorar e desenvolver o potencial de crescimento nos domínios em causa, nomeadamente Comunicações sobre o turismo costeiro e marítimo, as energias oceânicas, a biotecnologia azul e a mineração marinha, bem como orientações estratégicas sobre a aquicultura. Todas as iniciativas incluirão consultas aos Estados‑Membros e aos principais interessados.

A Comissária com a pasta dos Assuntos Marítimos e da Pesca, Maria Damanaki, declarou: «Todas as componentes da economia europeia são essenciais para ultrapassar o período difícil que atravessamos. A "economia azul" proporciona oportunidades de crescimento económico sustentável tanto nos setores marinho e marítimo já estabelecidos como nos emergentes. Estes setores da economia europeia caracterizam‑se pela inovação, o empreendedorismo e o dinamismo. O crescimento azul implica a colaboração de todas as partes – das instituições e dos Estados‑Membros às regiões e às PME – para responder aos desafios atuais e assegurar a utilização mais produtiva e sustentável dos recursos marítimos e costeiros

Antecedentes

O crescimento azul é a contribuição da política marítima integrada da UE para alcançar os objetivos da estratégia Europa 2020 em matéria de crescimento inteligente, sustentável e inclusivo.

Com base no seu estudo sobre o crescimento azul, a Comissão traçou um panorama geral da dimensão económica dos setores marinho e marítimo na Europa, bem como do emprego nestes setores, tendo também analisado numa perspetiva realista o rumo a imprimir a estes setores nos próximos anos e identificado os domínios com maior potencial de inovação e criação de empregos.

O estudo concluiu que o turismo costeiro e marítimo constitui o principal setor marítimo em termos de valor acrescentado bruto e de emprego, prevendo­‑se que cresça de 2 a 3% até 2020; por seu turno, o turismo de cruzeiros deverá criar 100 000 novos empregos entre 2010 e 2020. No domínio das energias oceânicas, dado prever‑se que a capacidade instalada a nível mundial duplique anualmente no futuro próximo, a comercialização das tecnologias de aproveitamento da energia das ondas e das marés será incrementada devido à redução dos custos que lhes estão associados. De acordo com as estimativas, o volume de negócios anual global da mineração marinha deverá crescer de praticamente zero para 5000 milhões de euros nos próximos 10 anos e para 10 000 milhões de euros em 2030. A aquicultura da UE poderá contribuir para um regime alimentar saudável, se for possível igualar a taxa de crescimento fora da UE. Dentro de aproximadamente dez anos, o setor da biotecnologia azul deverá tornar‑se um fornecedor de produtos para os mercados de massa, nomeadamente cosméticos, produtos alimentares, farmacêuticos e químicos e biocombustíveis.

A Comunicação sobre o Crescimento Azul será um dos principais temas em debate na Conferência Ministerial de Chipre sobre a política marítima integrada, que terá lugar em Limassol em 8 de outubro de 2012.

Relatório sobre os progressos realizados no domínio da política marítima integrada

Num relatório separado que adotou também hoje, a Comissão faz um balanço dos progressos realizados na implementação da política marítima integrada de 2007 e enumera todas as iniciativas que tomou para apoiar o crescimento marítimo sustentável. Desde a sua criação, a política marítima integrada tem por objetivo promover o desenvolvimento sustentável da economia marítima europeia, facilitando a cooperação transetorial e transfronteiras entre os protagonistas do setor. Ver também: http://ec.europa.eu/maritimeaffairs/news/press_releases/items/20120913_en.htm

Para mais informações:

Contactos :

Oliver Drewes (+32 2 299 24 21)

Lone Mikkelsen (+32 2 296 05 67)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website