Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão recupera dos Estados-Membros 215 milhões de EUR de despesas da PAC

European Commission - IP/12/944   07/09/2012

Other available languages: EN FR DE ES IT SV

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 7 de setembro de 2012

Comissão recupera dos Estados-Membros 215 milhões de EUR de despesas da PAC

No âmbito do chamado procedimento de apuramento das contas, a Comissão Europeia reclama hoje um total de 215 milhões de EUR de fundos da política agrícola da União Europeia indevidamente gastos pelos Estados-Membros. No entanto, como uma parte deste montante foi já restituída pelos Estados-Membros e a Comissão tem de reembolsar a Espanha na sequência de um acórdão do Tribunal relativo a uma anterior decisão de indeferimento, o impacto financeiro líquido da decisão de hoje reduzir-se-á a cerca de 94 milhões de EUR. Este valor reintegra o orçamento da União em consequência do incumprimento de regras da UE ou da aplicação de procedimentos inadequados de controlo das despesas agrícolas. Nos termos da política agrícola comum (PAC), os Estados-Membros são responsáveis pelos pagamentos e pela verificação das despesas, devendo a Comissão assegurar a correta utilização dos fundos pelos Estados-Membros.

Principais correções financeiras

Ao abrigo desta última decisão, serão recuperados fundos junto dos seguintes países: Alemanha, Irlanda, Grécia, França, Itália, Letónia, Luxemburgo, Hungria, Áustria, Portugal, Roménia, Suécia e Reino Unido. As correções mais significativas são:

  • 89,4 milhões de EUR (impacto financeiro1: 88,9 milhões de EUR) cobrados a Portugal, devido a fragilidades no SIP-SIG e a atrasos nos controlos in loco;

  • 34,5 milhões de EUR (impacto financeiro1: 32,2 milhões de EUR) cobrados ao Reino Unido, devido a fragilidades no SIP-SIG e nos controlos in loco;

  • 28,0 milhões de EUR (impacto financeiro1: 27,9 milhões de EUR) cobrados à Itália, devido a deficiências no cálculo dos direitos e na integração do setor do azeite no RPU;

  • 20,4 milhões de EUR cobrados à Suécia, devido a deficiências no SIP associadas à despesa das ajudas «superfície», incluindo medidas de desenvolvimento rural relacionadas com superfície, no exercício financeiro de 2009.

Na sequência do acórdão emitido no ano passado pelo Tribunal Europeu contra uma anterior decisão da Comissão de recuperar fundos relativos ao azeite (C-24/11P), a Espanha será reembolsada em 110,7 milhões de EUR.

Contexto

Os Estados-Membros são responsáveis pela gestão da maior parte dos pagamentos da PAC, principalmente através dos seus organismos pagadores. Têm também a seu cargo controlar, por exemplo, os pedidos de pagamentos diretos apresentados pelos agricultores. A Comissão realiza mais de 100 auditorias por ano, verificando se são suficientes os controlos dos Estados-Membros e as suas respostas a deficiências, e tem poderes para recuperar fundos em atraso se as auditorias demonstrarem que as respostas dos Estados-Membros não garantem suficientemente um emprego adequado dos fundos da União Europeia.

Para informações circunstanciadas sobre o funcionamento do sistema de apuramento das contas anuais, consultar MEMO/12/109 e a ficha «Managing the agriculture budget wisely», disponível na Internet em:
http://ec.europa.eu/agriculture/fin/clearance/factsheet_en.pdf.

Os dados relativos às correções, por Estado-Membro e por setor, figuram nos quadros dos anexos I e II.

Contactos:

Fanny Dabertrand (+32 2 299 06 25)

Roger Waite (+32 2 296 14 04)

Anexo I: Apuramento das contas do FEAGA e do FEADER

Decisão n.º 39: Correções por Estado-Membro (Milhões de EUR)

Setor e motivo da correção

Montante da correção

Montante de impacto financeiro da correção2

Áustria

 

Ajudas «superfície» – correção proposta devido a deficiências na atribuição dos direitos

1,304

1,304

Outras correções – correção proposta devido a erros detetados no âmbito do apuramento de contas do exercício de 2010

0,144

0,144

França

 

Intervenções sob a forma de armazenagem e outras medidas de mercado – correção proposta devido a despesas inelegíveis e a juros devidos não reclamados

0,024

0,024

Alemanha

Outras correções – correção proposta devido a erros na população do FEAGA, detetados no âmbito do apuramento das contas do exercício de 2007

0,204

0,204

Outras correções – correção proposta devido a erros na população do FEAGA e do FEADER, detetados no âmbito do apuramento das contas do exercício de 2008

2,647

2,647

Outras correções – correção proposta devido a erros detetados no âmbito do apuramento de contas do exercício de 2008

0,027

0,027

Grécia

 

Produtos lácteos – correção proposta devido a despesas inelegíveis e superiores ao limite máximo

0,016

0,016

Hungria

 

Outras correções – correção proposta devido a superação do limite máximo financeiro, detetada no âmbito do apuramento de contas do exercício de 2010

1,515

1,515

Desenvolvimento rural – correção proposta devido a deficiência no sistema de sanções

0,196

0,196

Irlanda 

Desenvolvimento rural – correção proposta devido a falta de critérios de risco agroambiental na seleção de amostras e a falta de verificação in loco do encabeçamento

2,766

2,766

Desenvolvimento rural – correção proposta devido a fragilidades na rastreabilidade dos controlos in loco realizados, falta de registo das explorações a nível das parcelas e falta de medição das parcelas durante os controlos in loco

7,622

7,622

Itália

 

Ajudas «superfície» – correção proposta devido a deficiências no cálculo dos direitos e na integração do setor do azeite no RPU

28,020

27,927

Intervenções sob a forma de armazenagem e outras medidas de mercado – correção proposta devido a pagamentos tardios e a fragilidades nos controlos das medidas de promoção

2,830

2,830

Luxemburgo

Outras correções – correção proposta devido a superação do limite máximo financeiro

0,002

0

Letónia

Restituições à exportação – correção proposta devido a insuficiência dos controlos in loco

0,017

0,017

Portugal

 

Ajudas «superfície» – correção proposta devido a atrasos nos controlos in loco e a fragilidades no SIP-SIG

89,382

88,902

Pagamentos tardios – correção proposta devido a incumprimento dos prazos de pagamento e a superação dos limites máximos

3,223

0

Desenvolvimento rural – correção proposta devido a atrasos na realização dos controlos in loco e a pagamentos antes dos controlos in loco

4,627

4,627

Roménia

Pagamentos em atraso – correção proposta devido a incumprimento dos prazos de pagamento

3,840

0,000

Espanha

Intervenções sob a forma de armazenagem e outras medidas de mercado – correção proposta devido a deficiências nas medidas de promoção

2,234

2,234

Condicionalidade – correção proposta devido a falta de controlo efetivo dos requisitos legais de gestão

0,178

0,178

Azeite e outras matérias gordas – reembolso na sequência de acórdão do Tribunal Europeu de Justiça no Processo C-24/11P

Reembolso de 110,755

Reembolso de 110,755

Desenvolvimento rural – correção proposta devido a deficiências na realização dos controlos in loco

2,244

2,244

Outras correções – correção proposta devido aos erros conhecidos na população do FEADER

0,003

0,003

Outras correções – correção proposta devido a superação dos limites máximos financeiros

0,093

0,093

Suécia

Ajuda «superfície» – correção proposta devido às deficiências no SIP em relação à despesa das ajudas «superfície» no exercício de 2009, incluindo medidas de desenvolvimento rural relacionadas com superfície

20,356

20,356

Ajuda «superfície» – correção proposta devido a atribuição incorreta de direitos a pagamento

1,955

1,955

Reino Unido

Ajuda «superfície» – correção proposta devido a fragilidades no SIP-SIG, a deficiências nos controlos in loco e à aplicação errónea das disposições relativas a sanções

34,522

32,153

Ajudas «superfície» – correção proposta devido a fragilidades no cálculo dos direitos

5,658

4,690

TOTAL

104,896

93,920

Anexo II: Apuramento das contas do FEAGA e do FEADER

Decisão n.º 39: Correções por sector (Milhões de EUR)

Setor

Montante da correção

Montante de impacto financeiro da correção3

 

 

 

Restituições à exportação

0,017

0,017

 

 

 

Produtos lácteos

0,016

0,016

 

 

 

Intervenções sob a forma de armazenagem e outras medidas de mercado

5,088

5,088

Ajuda «superfície»

181,199

177,288

Condicionalidade

0,178

0,178

Azeite e outras matérias gordas

Reembolso de 110,755

Reembolso de 110,755

Desenvolvimento rural

17,455

17,455

Pagamentos tardios

7,063

0,00

 

 

 

Outras correções

4,635

4,633

 

 

 

TOTAL

104,896

93,920

1 :

 O impacto financeiro é menor, devido aos montantes já retidos.

2 :

 O impacto financeiro da correção tem em conta as anteriores correções que se sobrepõem e os montantes já recuperados pela Comissão Europeia.

3 :

 O impacto financeiro da correção tem em conta as anteriores correções que se sobrepõem e os montantes já recuperados pela Comissão Europeia.


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website