Navigation path

Left navigation

Additional tools

O Mecanismo de Proteção Civil da UE ajuda Portugal a combater os incêndios florestais

European Commission - IP/12/934   03/09/2012

Other available languages: EN FR DE BG

Comissão Europeia

Comunicados de imprensa

Bruxelas, 3 de setembro de 2012

O Mecanismo de Proteção Civil da UE ajuda Portugal a combater os incêndios florestais

A Comissão Europeia apoia os esforços envidados para fazer face aos graves incêndios florestais ocorridos em Portugal. As autoridades de Lisboa solicitaram assistência e a Espanha ofereceu dois aviões Canadair de combate aos incêndios através do mecanismo de proteção civil da União Europeia. A Comissão acordou igualmente no envio imediato pela França de mais dois aviões de combate aos incêndios, financiados pela UE.

Kristalina Georgieva, Comissária Europeia responsável pela Cooperação Internacional, Ajuda Humanitária e Resposta a Situações de Crise, sublinhou a importância da solidariedade europeia nestas situações. «Quando os recursos locais se esgotam devido à dimensão dos incêndios, é positivo saber que se pode contar com a ajuda de outros países. A cooperação prática e eficaz estabelecida a nível europeu permite-nos limitar os prejuízos e o sofrimento humano em caso de incêndios florestais».

Portugal confronta-se com o risco de incêndios florestais cada verão, mas a atual situação é particularmente grave na sequência de um longo período de seca. Os ventos, de moderados a fortes, ateiam as chamas. Prevê-se a persistência do tempo seco, pelo menos, nos próximos quatro dias e, em grande parte do país, o risco de incêndios florestais varia de muito elevado a extremo.

O Centro de Informação e Vigilância da Comissão Europeia está a acompanhar de perto esta situação e está em contacto regular com as autoridades de Lisboa. O Centro mantém igualmente os outros países que participam no mecanismo europeu de proteção civil informados sobre a evolução da situação.

Os peritos da proteção civil da Comissão vigiam permanentemente o risco de incêndios e a evolução dos incêndios florestais na Europa. Mantêm contactos regulares com os seus homólogos nacionais, com vista a estabelecer uma reação rápida e coordenada em caso de novas situações de emergência. Um helicóptero esloveno, oferecido através do mecanismo de proteção civil, está atualmente a ajudar a combater incêndios florestais graves na Albânia, tendo a Itália também oferecido um avião Canadair de combate a incêndios.

Contexto

Devido ao longo período de seca e às temperaturas elevadas deste verão, vários países do Sul da Europa têm sido confrontados com incêndios florestais. Grécia, Itália, Espanha, França, Portugal, Montenegro, Sérvia, Croácia e Bulgária foram os países afetados até este momento.

A situação dos incêndios florestais na Europa é permanentemente vigiada pelo Centro de Informação e Vigilância com base nas previsões fornecidas pelo Sistema Europeu de Informação sobre Fogos Florestais (EFFIS). Nos verões de 2011 e 2010, o mecanismo de proteção civil da UE foi ativado 20 vezes para fazer face a incêndios florestais, tanto dentro como fora da Europa.

O mecanismo europeu de proteção civil, em que participam 32 Estados europeus (UE-27, mais a Croácia, a Islândia, o Liechtenstein, a Noruega e a Antiga República Jugoslava da Macedónia), facilita a cooperação no domínio da reação às catástrofes. Os países participantes partilham os seus recursos, que podem ser colocados à disposição dos países afetados por catástrofes em qualquer parte do mundo. Quando é ativado, o mecanismo assegura a coordenação da prestação de assistência dentro e fora da União Europeia. A Comissão Europeia gere o mecanismo através do Centro de Informação e Vigilância (CIV).

A propósito dos aviões de combate a incêndios (projeto ACR5)

O projeto ACR5, cofinanciado pela Comissão Europeia, visa completar os recursos dos Estados-Membros, quando um país está a ser submergido por uma situação de emergência.

Cinco Estados-Membros da UE participam no projeto: a França, como beneficiário responsável pela coordenação, juntamente com a Espanha, Bélgica, Grécia e Portugal.

O projeto permite a mobilização de uma vasta gama de módulos de proteção civil, incluindo meios aéreos para o combate a incêndios florestais. A Comissão pode pedir a mobilização destes meios de proteção civil (por exemplo, aviões de combate a incêndios), na sequência de um pedido de assistência de um Estado‑Membro ou de um país terceiro. Alguns módulos no âmbito deste projeto foram já implantados com sucesso em 2011 para fazer face a incêndios florestais na Grécia. Os resultados positivos deste projeto foram tidos em conta na proposta legislativa da Comissão que institui um mecanismo de proteção civil europeia reforçada.

Para mais informações

Sítio Web da Comissária Kristalina Georgieva:

http://ec.europa.eu/commission_2010-2014/georgieva/index_en.htm

A Ajuda Humanitária e Proteção Civil da Comissão Europeia:

http://ec.europa.eu/echo/index_en.htm

Contactos :

Irina Novakova(+32 2 295 75 17)

David Sharrock(+32 2 296 89 09)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website