Navigation path

Left navigation

Additional tools

Other available languages: EN FR DE IT HU

{0>European Commission<}100{>Comissão Europeia<0}

{0>Press release<}84{>Comunicado de imprensa<0}

{0><}100{>Bruxelas, 20 de março de 2013<0}

{0>EU cooperation positively perceived by its neighbours<}0{>Cooperação da UE avaliada positivamente pelos seus vizinhos

{0>Citizens in the European Neighbourhood area are generally positive about the relations their country has with the European Union, shows the findings of the EU Neighbourhood Barometer, released today.<}0{>Os cidadãos da região da Vizinhança Europeia fazem uma avaliação geralmente positiva das relações entre os seus países e a União Europeia, como mostram as conclusões do Barómetro sobre a Vizinhança da UE, publicadas hoje. <0} {0>This opinion is strong in the Southern Neighbourhood, where more than half of those surveyed describe them as good.<}0{>Esta opinião é forte nos países vizinhos meridionais, onde mais da metade das pessoas inquiridas consideram essas relações positivas.<0}

{0>In fact, the EU has a positive image for citizens from 16 partner countries in the European Neighbourhood area, with people citing ‘human rights’ and ‘solidarity’ as the characteristic which best represents the EU in the Eastern and Southern partner countries.<}0{>Com efeito, a UE tem uma imagem positiva na opinião dos cidadãos de 16 países parceiros da região da Vizinhança Europeia, que consideram os «direitos humanos» e a «solidariedade» as características que melhor representam a UE nos países parceiros orientais e meridionais.<0}

{0>In terms of cooperation between countries people felt that the most important areas were ‘peace and security’, followed by ‘trade’ and ‘human rights’ in the South; and by ‘tackling poverty’ and 'human rights’ among citizens in the East.<}0{>Em termos de cooperação entre países, as pessoas consideram que os domínios mais importantes são a «paz e segurança», seguidos do «comércio» e dos «direitos humanos» nos países da vizinhança meridional; nos países da vizinhança oriental, os domínios considerados mais importantes são o «combate à pobreza» e os «direitos humanos».<0}

{0>“The results announced today help us better understand the democratic process in our partner countries. Assessing public opinion in the EU Neighbourhood is vital in helping us to better respond to the concerns of the citizens living there and to make sure that our support lives up to their expectations” said European Commissioner for Enlargement and European Neighbourhood Policy, Štefan Füle.<}0{>«Os resultados hoje anunciados ajudam-nos a perceber melhor o processo democrático nos países nossos parceiros. A avaliação da opinião pública nos países da Vizinhança da UE é fundamental para nos ajudar a dar uma resposta às preocupações dos cidadãos desses países e para garantir que o nosso apoio está à altura das suas expectativas», afirmou o Comissário responsável pelo Alargamento e a Política Europeia de Vizinhança, Štefan Füle.<0}

{0>A majority of citizens in the South (64%) generally remain satisfied with the life they lead, which contrasts with those in the East (47%). Citizens from the Southern neighbourhood are also more positive than their Eastern partnership counterparts when judging of the economic situation in their country, with 39% qualifying it as being either very or rather good (compared to 25% in the East) and saying that they expect this situation to become better in the next 12 months.<}0{>A maioria dos cidadãos da vizinhança meridional (64 %) parece em geral satisfeita com a vida que tem, o que contrasta com os valores obtidos na vizinhança oriental (47 %). Os cidadãos da vizinhança meridional são também mais positivos que os da parceria oriental em termos de avaliação da situação económica nos respetivos países: 39 % consideram essa situação boa ou bastante boa (comparado com 25 % na vizinhança oriental) e dizem esperar que esta situação melhore nos próximos 12 meses.<0}

{0>Southern neighbours are also more optimistic when it comes to the impact of the crisis on jobs: half of citizens think the impact on the job market has already reached its peak (against one out of three in East). In both areas, the EU is seen as the best donor to take effective action against the impact of the crisis in their country, after their national government (19% say this in the Eastern partnership countries compared with 9% in the Southern countries).<}0{>Os nossos vizinhos meridionais também são mais otimistas em relação ao impacto da crise no emprego: metade destes cidadãos considera que o impacto no mercado de trabalho já atingiu o ponto máximo (contra um em cada três cidadãos da vizinhança oriental). Em ambas as regiões, a UE é vista como o melhor doador para dar uma resposta eficaz ao impacto da crise nos países respetivos, depois dos Governos nacionais (19 % são desta opinião na parceria oriental comparado com 9 % nos países da vizinhança meridional).<0}

{0>The same survey reveals however that many people do not feel they are well informed about what the EU does in their countries. This underlines the need to better inform citizens in partner countries about the European Neighbourhood Partnership (ENP); its objectives, instruments and its achievements.<}0{>O mesmo inquérito revela no entanto que muitas pessoas consideram que não estão bem informadas sobre as atividades da UE no seu país. Este facto sublinha a necessidade de melhor informar os cidadãos dos países parceiros sobre a Parceria Europeia de Vizinhança (PEV), os seus objetivos, instrumentos e resultados.<0}

{0>Background information<}100{>Informações de base<0}

{0>On the EU Neighbourhood Barometer<}0{>O Barómetro sobre a Vizinhança da UE <0}

{0>The EU Neighbourhood Barometer conducts opinion polls in the 16 partner countries and territories participating in the European Neighbourhood policy, plus Russia, through bi-annual standard barometers (spring and autumn) and one special barometer per year. The biannual surveys aim to assess the population’s knowledge and perception of the EU, EU Neighbourhood Policy and cooperation activities and programs.<}0{>O Barómetro sobre a Vizinhança da UE efetua sondagens de opinião em 16 países e territórios parceiros que participam na Política Europeia de Vizinhança, juntamente com a Rússia, sob a forma de inquéritos regulares duas vezes por ano (na primavera e no outono), além de um inquérito especial por ano. Os inquéritos bienais pretendem avaliar o conhecimento e a perceção que a população tem da UE, bem como da Política de Vizinhança e das atividades e programas de cooperação da União.

{0>On EU Neighbourhood Policy<}75{>Sobre a Política de Vizinhança da UE

{0>The European Neighbourhood Policy (ENP) offers 16 of the EU’s southern and eastern neighbours the possibility for closer political association, enhanced trade and economic integration, greater mobility, and assistance with sectoral reforms. The aim of the ENP is to build, together with partner countries, a prosperous, secure and stable neighbourhood on the basis of shared values and common interests, promoting greater prosperity, stability and security for all parties.<}0{>A Política Europeia de Vizinhança (PEV) oferece a 16 vizinhos meridionais e orientais da UE a possibilidade de maior associação política, integração comercial e económica reforçada, uma mobilidade acrescida e assistência em matéria de reformas setoriais. O objetivo da PEV consiste em criar, juntamente com os países parceiros, uma vizinhança próspera, segura e estável com base em valores partilhados e interesses comuns, em promover uma maior prosperidade, estabilidade e segurança para todas as partes.<0}

{0>The main financial instrument for assistance to the Neighbourhood partner countries is the European Neighbourhood and Partnership Instrument (ENPI). It will receive €12 billion for the financial period 2007-2013.<}0{>O principal instrumento financeiro de assistências aos países parceiros da política de vizinhança é o Instrumento Europeu de Vizinhança e Parceria (IEVP) que receberá 12 mil milhões de euros para o exercício financeiro de 2007-2013.<0}

{0>Annual European Neighbourhood Policy package along with country progress reports is being announced today.<}0{>O pacote anual sobre a Política Europeia de Vizinhança com os relatórios sobre os progressos realizados por cada país é anunciado hoje.<0} mais informações, consultar – IP/13/245<0}

{0>For more information<}100{>Para mais informações<0}

{0>Website of the EU Neighbourhood Barometer - http://euneighbourhood.eu<}0{>Sítio Web do Barómetro da Vizinhança da UE («EU Neighbourhood Barometer») - http://euneighbourhood.eu<0}

{0>Website of the DG Development and Cooperation - EuropeAid:<}89{>Sítio Web da DG Desenvolvimento e Cooperação – EuropeAid:<0}

{0>http://ec.europa.eu/europeaid/index_en.htm<}92{>http://ec.europa.eu/europeaid/index_pt.htm <0}

{0>Website of EU Commissioner for Enlargement and European Neighbourhood Policy Štefan Füle:<}94{>Sítio Web de Comissário para o Alargamento e a Política Europeia de Vizinhança, Štefan Füle:<0}

{0>http://ec.europa.eu/commission_2010-2014/fule/index_en.htm<}0{>http://ec.europa.eu/commission_2010-2014/fule/index_en.htm<0}

{0>On the European Neighbourhood and Partnership Instrument (ENPI):<}86{>Sobre o Instrumento Europeu de Vizinhança e Parceria (IEVP):<0}

www.ec.europa.eu/europeaid/where/neighbourhood/

{0>EU Neighbourhood Info Centre:<}0{>Centro de Informação da Vizinhança da UE:<0}

http://www.enpi-info.eu

Memo/13/241 Algeria

Memo/13/242 Armenia

Memo/13/243 Azerbaijan

Memo/13/244 Belarus

Memo/13/245 Egypt

Memo/13/246 Georgia

Memo/13/247 Israel

Memo/13/248 Jordan

Memo/13/249 Lebanon

Memo/13/250 Libya

Memo/13/252 Moldova

Memo/13/253 Morocco

Memo/13/254 OPT

Memo/13/255 Syria

Memo/13/256 Tunisia

Memo/13/257 Ukraine

Contactos:

Peter Stano (+32 2 295 74 84)

Anca Paduraru (+32 2 296 64 30)

{0>Image of the EU<}0{>Imagem da UE<0}

{0>Relations with the European Union.<}97{>Relações com a União Europeia<0}

Domínios mais importantes da cooperação

{0>Impact of the crisis on jobs<}0{>Impacto da crise no emprego<0}


Side Bar