Chemin de navigation

Left navigation

Additional tools

Novo ranking das universidades passa a abranger 500 universidades

Commission Européenne - IP/12/1373   17/12/2012

Autres langues disponibles: FR EN DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 17 de dezembro de 2012

Novo ranking das universidades passa a abranger 500 universidades

Quinhentas universidades da Europa e de todo o mundo vão passar a fazer parte de uma nova classificação internacional das universidades, lançada pela Comissão Europeia, foi anunciado hoje. A nova tabela, designada «U-Multirank», será diferente dos rankings existentes, na medida em que classifica as universidades segundo uma gama mais alargada de fatores de desempenho e pretende ser um guia mais realista e convivial da oferta das universidades. Este novo ranking «multidimensional» classificará as universidades em cinco domínios distintos: a reputação em matéria de investigação, a qualidade do ensino e da aprendizagem, a orientação internacional, o êxito na transferência de conhecimento (por exemplo, parcerias com o setor empresarial e novas empresas), assim como a participação a nível regional. As universidades são convidadas a aderir à nova classificação no primeiro semestre de 2013, prevendo-se os primeiros resultados para o início de 2014. A tabela «U-Multirank» será oficialmente lançada numa conferência de alto nível a realizar a 30 e 31 de janeiro, em Dublim, sob a presidência irlandesa da União Europeia.

Androulla Vassiliou, Comissária Europeia responsável pela Educação, a Cultura, o Multilinguismo e a Juventude, declarou: «Esta será uma classificação moderna e sofisticada, que contemplará toda a diversidade do ensino superior. As classificações internacionais existentes ainda tendem a atribuir demasiado peso à reputação da investigação. A nossa classificação multidimensional constituirá um guia mais preciso e que permitirá uma melhor comparabilidade sobre a qualidade das universidades. A «U-Multirank» irá ajudar os jovens a fazer as opções de estudo mais corretas e incentivará as instituições a melhorarem o seu desempenho numa multiplicidade de atividades. Constituirá igualmente um instrumento útil para os responsáveis pela tomada de decisões, porquanto ficarão mais bem colocados para desenvolver estratégias eficazes em matéria de ensino superior para o futuro.»

A «U-Multirank» irá basear-se em dados e critérios objetivos. A Comissão pretende atrair um grande número de universidades a participar na primeira fase. Outras poderão aderir mais tarde. A «U-Multirank» irá igualmente ajudar as pessoas a selecionar e a ponderar as suas prioridades e, deste modo, elaborar a sua própria classificação individualizada.

A fim de garantir a imparcialidade, a qualidade e o controlo, a Comissão selecionou um consórcio independente para realizar a classificação. A iniciativa será liderada pelo Centre for Higher Education (CHE), na Alemanha, e pelo Center for Higher Education Policy Studies (CHEPS), nos Países Baixos. Trabalharão em parceria nomeadamente com o Centre for Science and Technology Studies da Universidade de Leiden (CWTS), a editora universitária Elsevier, a Fundação Bertelsmann e a empresa de software Folge 3. O consórcio irá igualmente trabalhar com os parceiros nacionais em matéria de classificação e outras partes interessadas, a fim de compilar dados exatos.

Contexto

A «U-Multirank» é o resultado de uma iniciativa que teve origem numa conferência organizada em 2008 sob a presidência francesa da União Europeia, que se pronunciou a favor de uma nova classificação das universidades baseada numa metodologia que refletisse uma maior variedade de dimensões de excelência num contexto internacional.

Posteriormente, a Comissão Europeia encomendou um estudo de viabilidade, que foi realizado por um consórcio de organizações do ensino superior e da investigação, conhecido sob a designação de CHERPA, e que foi concluído em 2011. O estudo, que teve por base um trabalho com 150 instituições de ensino superior da Europa e de todo o mundo, veio confirmar que tanto o conceito como a execução de uma classificação multidimensional eram realistas.

A «U-Multirank» será desenvolvida ao longo do biénio 2013-2014 e beneficiará de um financiamento da UE num montante de 2 milhões de euros no âmbito do programa Aprendizagem ao Longo da Vida, com a possibilidade de novo financiamento no biénio de 2015-2016. A partir desse ano, pretende-se que a classificação seja gerida por uma organização independente.

Mais informações

U-Multirank

Comissão Europeia: Educação e Formação

Sítio web de Androulla Vassiliou

Acompanhe Androulla Vassiliou no Twitter @VassiliouEU

Contactos :

Dennis Abbott (+32 2 295 92 58); Twitter: @DennisAbbott

Dina Avraam (+32 2 295 96 67)

Responsável pelo projeto: Professor Frank Ziegele (+49 5241 97 61 24)


Side Bar

Mon compte

Gérez vos recherches et notifications par email


Aidez-nous à améliorer ce site