Chemin de navigation

Left navigation

Additional tools

Ambiente: Comissão reconhece soluções inovadoras de gestão dos recursos hídricos

Commission Européenne - IP/12/1294   30/11/2012

Autres langues disponibles: FR EN DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO

Comissão Europeia

Comunicado de imprensa

Bruxelas, 30 de novembro de 2012

Ambiente: Comissão reconhece soluções inovadoras de gestão dos recursos hídricos

A Comissão Europeia anunciou os vencedores deste ano dos prémios EMAS (Sistema Europeu de Ecogestão e Auditoria). As seis organizações vencedoras mostraram excelência não só em matéria de respeito e proteção do ambiente, mas também na aplicação de soluções inovadoras para melhorar a gestão dos recursos hídricos. Os prémios foram entregues na noite passada, em Bruxelas.

O Comissário Janez Potočnik, responsável pelo ambiente, declarou: «A água é um bem precioso que exige mais cuidado. Congratulo‑me por dar os parabéns a todos os vencedores do prémio EMAS, pela forma como gerem as questões hídricas nas suas organizações, com resultados tão impressionantes. Com estes prémios, a Comissão Europeia reconhece o seu desempenho ambiental excecional neste domínio. Continuem o bom trabalho!»

Os vencedores deste ano, escolhidos de entre 27 candidatos, são: Abwasserverband Anzbach Laabental (Áustria), Riechey Freizeitanlagen GmbH & Co. KG (Alemanha), Neumarkter Lammsbräu Gebr. Ehrnsperger e. K. (Alemanha), Lafarge Cement (Reino Unido), Comune di Tavarnelle Val di Pesa (Itália), Bristol City Council (Reino Unido).

Vencedores do setor privado – êxitos notáveis

Micro-organizações: A Abwasserverband Anzbach Laabental (Áustria) é uma associação de obras inovadoras no domínio das águas residuais, fundada em 1972. Os associados procedem à limpeza das águas residuais de forma ecológica e promovem junto do público a eliminação de resíduos de formas que respeitem o ambiente. Registam todos os poluidores não domésticos, para evitar a poluição perigosa das águas, e os associados cooperam apenas com fornecedores homologados, controlados anualmente.

Pequenas organizações: A Riechey Freizeitanlagen GmbH & Co. KG (Alemanha) gere o parque de campismo e lazer de Wulfenerhals da ilha Fehmarn, no mar Báltico. A organização criou um sistema integrado para o ciclo da água e uma estação biológica de tratamento de águas que permite a reutilização das águas residuais recicladas para rega dos relvados. Instalou ainda mecanismos de poupança de água nos chuveiros e utiliza exclusivamente produtos de limpeza e líquidos de lavagem biológicos.

Organizações de média dimensão: A Neumarkter Lammsbräu Gebr. Ehrnsperger e. K. (Alemanha) é uma fábrica de cerveja que fabrica cerveja biológica e refrigerantes. A empresa economiza água utilizando água da chuva e água reciclada. A Neumarkter Lammsbräu forma o seu pessoal sobre poupança de água e garante a utilização responsável da água dos furos da própria empresa. Dado utilizarem apenas matérias‑primas biológicas, as suas águas residuais estão isentas de pesticidas.

Grandes organizações: A Lafarge Cement (RU), a maior cimenteira do Reino Unido, encomendou um estudo independente sobre a pegada hídrica dos seus produtos através dos impactos de todo o ciclo da água. Foi assim possível melhorar a eficiência hídrica no processo de fabrico do cimento: 1,22m3 de água por tonelada de PCE (Portland Cement Equivalent – equivalente cimento portland), em 2010, contra 0,142m3 de água por tonelada de PCE, em 2011. Quando concebem novos tipos de cimento, têm em consideração a água necessária ao utilizador final.

Vencedores do setor público – êxitos notáveis

Pequenas organizações: A Comune di Tavarnelle Val di Pesa (Toscana, Itália) exige a instalação de tecnologias de poupança de água em todos os edifícios novos. Instaurou também planos de melhoramento agrícola para reduzir a erosão e o escoamento. A Câmara passou a ter em conta os aspetos de gestão hídrica nas decisões de investimento de capital, obras públicas e outras atividades e organiza formação ambiental no setor hospitalar.

Grandes organizações: O Bristol City Council (RU) incentiva regimes de eficiência hídrica, incluindo a recolha de água da chuva, sistemas sustentáveis de esgotos urbanos e a redução do consumo de água no programa de jardins municipais, reduzindo assim o consumo de água em Bristol em 11 % desde 2009/10. A estratégia de desenvolvimento futuro da cidade inclui políticas fundamentais para a conservação da água. A qualidade das águas de superfície nos rios da cidade está igualmente a ser melhorada por iniciativas locais.

Contexto

O sistema europeu de ecogestão e auditoria (EMAS) é uma ferramenta de gestão para as organizações que pretendem melhorar o seu desempenho ambiental e financeiro e comunicar as suas realizações a nível ambiental. O EMAS permite melhorar o desempenho, a credibilidade e a transparência das organizações registadas.

Em 2005, a Comissão Europeia decidiu premiar o excelente trabalho das organizações que aderiram ao sistema instituindo os prémios EMAS. Os prémios EMAS distinguem todos os anos os feitos merecedores de destaque num aspeto particular da gestão ambiental.

O tema dos prémios de 2012 é: «Gestão dos recursos hídricos, eficiência hídrica e qualidade da água». Este ano, foram nomeadas 27 entidades de 14 países europeus. Os seis vencedores foram selecionados por um júri de especialistas presidido por Jacqueline McGlade, diretora da Agência Europeia do Ambiente. A cerimónia de entrega dos prémios teve lugar nos «Ateliers des Tanneurs», em Bruxelas, Bélgica.

Para mais informações:

http://ec.europa.eu/environment/emas/emasawards/index.htm

Regulamento EMAS:

http://eur-lex.europa.eu/LexUriServ/LexUriServ.do?uri=CELEX:32009R1221:EN:NOT

Contactos:

Joe Hennon (+32 2 295 35 93)

Monica Westeren (+32 2 299 18 30)


Side Bar

Mon compte

Gérez vos recherches et notifications par email


Aidez-nous à améliorer ce site