Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia - Comunicado de Imprensa

Dia do 112: 74% dos europeus não sabem que número marcar para pedir ajuda de emergência quando viajam na UE. Nova campanha

Bruxelas, 10 de fevereiro de 2012 – Seja para passarem férias na neve, para saídas em família, viagens de negócios ou para assistirem aos eventos desportivos deste verão, nomeadamente os Jogos Olímpicos de Londres ou o campeonato de futebol da UEFA, o Euro 2012, que terá lugar na Polónia e na Ucrânia, milhões de europeus e de visitantes precisam de ter acesso aos serviços de emergência no seu próprio país e noutros países europeus. No entanto, apenas 34% dos viajantes regulares e 26% de todos os europeus sabem que o 112 é o número único de emergência europeu para o qual podem telefonar quer no seu país quer em qualquer dos outros quando se encontram em apuros.

Muitas grandes companhias ferroviárias e de aviação e outras empresas de transportes juntaram-se aos Vice-Presidentes Neelie Kroes e Siim Kallas numa campanha destinada a dar a conhecer a um maior número de europeus a disponibilidade do 112. O número de emergência será publicitado sem custos para os contribuintes nos bilhetes eletrónicos, nas revistas de bordo, nos sítios Web das empresas e através do seu pessoal. A lista das empresas participantes pode ser consultada em www.112.eu.

Os Vice-Presidentes Neelie Kroes e Siim Kallas decidiram garantir que todos os europeus possam aceder a uma aplicação 112 para telemóvel na sua própria língua. Nos últimos anos, foram desenvolvidas muitas aplicações móveis para o 112, mas é possível ir ainda mais longe neste domínio.

Nas palavras da Vice-Presidente Neelie Kroes: «O conhecimento do 112 e a sua marcação podem salvar vidas. Mas o 112 só é útil se as pessoas souberem da sua existência. Assim sendo, estamos a trabalhar com as companhias de transportes para que as pessoas sejam informadas quando se dirigem para o seu destino».

O Vice-Presidente Siim Kallas, por sua vez, declarou: «Saúdo o empenho do setor dos transportes da Europa para dar a conhecer a todas as pessoas que viajam o número de emergência 112. O 112 é uma ferramenta de segurança essencial nos transportes. A lista das empresas participantes irá estar aberta ao longo de todo o ano e, a avaliar pelo interesse demonstrado, é provável que muitas mais lhes sigam o exemplo.»

Contextualização

O 112 é o número de emergência europeu, para o qual se pode telefonar gratuitamente a partir de telefones fixos e móveis, em qualquer ponto da União Europeia. O 112 liga o autor da chamada ao serviço de emergência pertinente (polícia local, bombeiros ou serviços médicos) e está disponível 24 horas por dia. O número encontra-se agora operacional em todos os Estados-Membros da União Europeia, coexistindo com os números nacionais de emergência (como o 999 ou o 110). A Dinamarca, a Finlândia, Malta, os Países Baixos, Portugal, a Roménia e a Suécia decidiram fazer do número 112 o seu único ou principal número nacional de emergência. Este número foi também escolhido por alguns países de fora da UE, como a Croácia, o Montenegro e a Turquia. A Ucrânia também se comprometeu a ter este número operacional nas cidades onde se realizarão os jogos de futebol do Euro 2012 (Donetsk, Kharkiv, Kiev e Lviv) aquando do arranque o campeonato.

O inquérito Eurobarómetro hoje publicado mostra que o conhecimento que os europeus têm da disponibilidade do 112 no seu país e noutros Estados-Membros está a estagnar. Para resolver este problema, os Vice-Presidentes Kallas e Kroes escreveram às principais companhias de transportes em 27 de janeiro de 2012, pedindo-lhes que informassem os seus passageiros do número de emergência 112. Esta iniciativa baseia-se numa campanha análoga lançada com sucesso pela antiga deputada ao Parlamento Europeu Diana Wallis no ano passado. É também apoiada pela Fundação Europeia do 112.

As aplicações – “apps” – para telemóveis são software informático desenvolvido para telemóveis que ajuda os utilizadores a executarem uma tarefa. Podem ser previamente instaladas nos telemóveis pelos fabricantes e encontram-se à venda ou disponíveis para descarregamento através das «lojas de aplicações» («app stores”).

Um relatório sobre o modo como cada Estado-Membro está a implantar o 112 (também publicado hoje) fornece uma perspetiva das diferentes línguas a que os centros de atendimento de chamadas para o 112 conseguem responder:

  • O inglês pode ser utilizado em 25 países (para além do Reino Unido, da Irlanda e de Malta): Alemanha, Áustria, Bélgica, Bulgária, Dinamarca, Eslováquia, Eslovénia, Espanha, Estónia, Finlândia, Grécia, Hungria, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Países Baixos, Polónia, Portugal, Roménia, República Checa, Suécia e ainda na Croácia, na Islândia e na Noruega.

  • Em 14 países (para além da França, do Luxemburgo e da Bélgica), as chamadas podem ser atendidas em francês: Alemanha, Bulgária, Eslováquia, Espanha, Finlândia, Grécia, Irlanda, Itália, Lituânia, Países Baixos, Polónia, República Checa, Roménia e Noruega.

  • O alemão pode ser utilizado nas chamadas para o 112 em 12 países: Bulgária, Eslováquia, Espanha, Finlândia, Hungria, Itália, Lituânia, Países Baixos, Polónia, República Checa, Roménia e Noruega (para além da Alemanha, da Áustria, da Bélgica e do Luxemburgo).

  • Os italianos também podem fazer chamadas para o 112 na sua língua nativa na Croácia, na Eslovénia, na Espanha, na República Checa e na Roménia.

  • Os falantes de russo podem pedir ajuda para o 112 na Eslováquia, na Estónia, na Finlândia, na Letónia, na Lituânia, na Polónia, na República Checa e na Roménia.

  • No Reino Unido, os centros de atendimento de chamadas de emergência dispõem de serviços de interpretação que cobrem 170 línguas, ao passo que em França um serviço semelhante pode responder em 40 línguas.

Hiperligações úteis

Página Web do 112 (disponível em alemão, espanhol, francês, inglês, italiano e polaco www.112.eu

Empresas e organizações de transportes que participam na campanha de promoção do 112

Como funciona o 112 no meu país:

Espaço educativo (disponível nas 23 línguas oficiais da UE):

Relatório completo e resumo do inquérito Eurobarómetro "The European Emergency Number 112" e

Relatório do COCOM e anexo sobre a implementação do 112:

Sítio Web da Agenda Digital

Sítio Web de Neelie Kroes

Acompanhe Neelie Kroes no Twitter

Contactos :

Ryan Heath (+32 2 296 17 16), Twitter: @ECspokesRyan

Linda Cain (+32 2 299 90 19)

Helen Kearns (+32 2 298 76 38)

Dale Kidd (+32 2 295 74 61)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website