Navigation path

Left navigation

Additional tools

Comissão Europeia - Comunicado de Imprensa

A LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton subscreve o objectivo do equilíbrio de género da UE

Bruxelas, 12 de Julho de 2011 - A LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton assinou hoje o «Compromisso europeu pelas mulheres na administração das empresas», comprometendo-se voluntariamente a aumentar a percentagem de mulheres nos conselhos de administração para 30 % até 2015 e para 40 % até 2020. Simultaneamente, três empresas gregas (G. Kallimanis SA, G. Leoussis SA e Trofodotiki Aigaiou SA) e uma empresa belga (Schellter Strategy Consulting) também deram o exemplo, assinando o Compromisso europeu pelas mulheres.

Ao comentar a decisão da LVMH de assinar o Compromisso, a Comissária responsável pela Justiça, Viviane Reding, declarou: «Congratulo-me pelo facto de a LVMH ter dado o exemplo ao subscrever os objectivos da UE para um maior equilíbrio de género nos conselhos de administração. A LVMH tem normas elevadas e demonstra o seu forte empenhamento em alcançar o equilíbrio de género. Encorajo vivamente outras empresas cotadas na bolsa a seguirem esse exemplo. Um maior número de mulheres nos conselhos de administração é fundamental para as empresas e vantajoso para a economia. É tempo de todas as empresas o assumirem e agirem em conformidade. Em Março de 2012, procederei à avaliação da situação e se não observar medidas credíveis de auto‑regulação, estou disposta a tomar as medidas legislativas necessárias a nível da UE.»

Chantal Gaemperle, a Vice-Presidente executiva da LVMH, responsável pelos recursos humanos, declarou: «A diversidade faz parte do ADN da LVMH e as mulheres estão presentes a todos os níveis da sociedade. O Compromisso reflecte o empenhamento da LVMH em visar normas mais elevadas em todas as suas actividades. Motor essencial do crescimento e da inovação no âmbito das indústrias culturais e criativas na Europa, a assinatura do presente compromisso da União Europeia constitui um marco natural para este grupo. Apoiamos plenamente a abordagem da Comissária Reding de auto-regulação para a igualdade entre homens e mulheres e é com grande satisfação que o demonstramos hoje assinando este compromisso.»

Antecedentes

Com o envelhecimento da população europeia, as mulheres desempenham um papel essencial para cumprir o objectivo da estratégia Europa 2020 de 75 % de emprego (ver IP/10/225). São necessários esforços conjuntos dos governos, dos parceiros sociais e das empresas para melhorar a situação actual.

Apenas 12 % dos membros dos conselhos de administração em grandes empresas europeias são mulheres e em 97 % dos casos é um homem que preside o conselho de administração. Nos últimos anos, os progressos têm sido muito lentos: ao longo dos últimos sete anos, a proporção de mulheres nos conselhos de administração na UE aumentou pouco mais de meio ponto percentual por ano. A este ritmo, se não forem tomadas medidas, serão necessários mais de 50 anos para se atingir um equilíbrio de género razoável (pelo menos, 40 % de pessoas de cada sexo) nos conselhos de administração. Entretanto, as empresas europeias cotadas na bolsa estão a desperdiçar os talentos femininos.

Em 1 de Março, a Comissária responsável pela Justiça, Viviane Reding, reuniu-se com directores executivos e presidentes de conselhos de administração de empresas cotadas na bolsa para discutir o problema da sub-representação das mulheres nos conselhos de administração. Desafiou todas as empresas cotadas na bolsa na Europa a subscrever o «Compromisso europeu pelas mulheres na administração das empresas» e a comprometer-se voluntariamente a aumentar a participação das mulheres nos conselhos de administração para 30 % até 2015 e para 40 % até 2020 (ver IP/11/242 e MEMO/11/124).

O «Compromisso europeu pelas mulheres na administração das empresas», que está disponível no sítio Web da Vice-Presidente Reding, irá ajudar a acompanhar a forma como as empresas desenvolvem esforços para aumentar o número de mulheres nos postos de direcção. Qualquer empresa cotada na bolsa pode assinar a declaração de compromisso, dando o exemplo. Em Março de 2012, a Comissão Europeia reavaliará a situação e decidirá sobre as próximas etapas.

Os países e as empresas da UE adoptaram diversas medidas para melhorar a situação, desde «medidas suaves» como os códigos e cartas de governo das sociedades até medidas legislativas, como quotas de homens e mulheres (Noruega, Islândia, Espanha, França e, recentemente, Países Baixos, Itália e Bélgica).

Os novos signatários do Compromisso europeu pelas mulheres

A LVMH Moët Hennessy Louis Vuitton, conhecida por LVMH, é uma sociedade gestora de participações sociais com sede em França, criada em 1987, que controla um grupo internacional de empresas que opera essencialmente na produção e venda de vinho e bebidas espirituosas, produtos cosméticos, relógios, perfumaria, bijutaria e artigos de moda de marcas de luxo. A LVMH também opera no domínio das finanças, música, arte, edição e comércio.

Números-chave da igualdade de género na LVMH:

  • 61 % dos executivos do grupo e das suas sucursais são mulheres

  • 73 % dos empregados promovidos em 2010 foram mulheres

  • 30 % dos membros de comités executivos das empresas são mulheres (Comités de Direction des Maisons)

  • 8 empresas do grupo são presididas por mulheres (Krug, Loewe, Dior Watches, Kenzo Perfumes, Acqua di Parma, Pucci, Givenchy Couture, Fendi & Pucci Perfumes)

O Grupo de empresas Kallimanis é uma marca grega activa no mercado dos produtos do mar há 50 anos. A G. Leoussis SA, fundada em 1978, é uma empresa de exportação, bem como a representante exclusiva de dispositivos médicos e produtos farmacêuticos na Grécia e em Chipre. A Trofodotiki Aigaiou SA (região de Ática) é um representante local e grossista de produtos para supermercados. A Schellter Strategy Consulting é uma empresa de consultoria com sede na Bélgica.

Para mais informações:

Compromisso europeu pelas mulheres na administração das empresas:

http://ec.europa.eu/commission_2010-2014/reding/womenpledge/index_en.htm

Página Web da Vice-Presidente Viviane Reding, Comissária da UE responsável pela Justiça:

http://ec.europa.eu/reding

Comissão Europeia, Base de dados sobre mulheres e homens na tomada de decisão:

http://ec.europa.eu/justice/gender-equality/gender-decision-making/database/index_en.htm

LVMH:

http://www.lvmh.fr/lvmhetvous/pg_lvmhetvous.asp?contentid=EllesVMH&rub=15&srub=5

ANEXO

Contactos:

Matthew Newman (+32 2 296 24 06)

Mina Andreeva (+32 2 299 13 82)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website