Navigation path

Left navigation

Additional tools

IP/11/479

Bruxelas, 18 de Abril de 2011

Agenda Digital: crianças com idades cada vez mais baixas utilizam redes sociais e muitas não estão conscientes dos principais riscos para a privacidade, revela inquérito

Na UE, 77% dos jovens dos 13 aos 16 anos e 38% das crianças dos 9 aos 12 anos têm perfil registado num sítio de rede social (SRS), de acordo com um inquérito pan-europeu realizado para a Comissão Europeia. Acresce que um quarto das crianças que utilizam sítios de redes sociais, como Facebook, Hyves, Tuenti, Nasza-Klasa SchuelerVZ, Hi5, Iwiw ou Myvip, afirma que o seu perfil foi definido como «público», o que significa que qualquer pessoa o pode ver; muitos destes perfis indicam o endereço e/ou o número de telefone. Os dados apurados sublinham a importância da próxima avaliação, pela Comissão Europeia, da aplicação dos princípios para tornar as redes sociais mais seguras na UE. Este acordo teve como mediadora a Comissão em 2009 (IP/09/232), altura em que as principais empresas de redes sociais aceitaram aplicar medidas para garantir a segurança em linha dos seus utilizadores menores de 18 anos. A segurança em linha das crianças é um elemento importante da Agenda Digital para a Europa (ver IP/10/581, MEMO/10/199 e MEMO/10/200).

Neelie Kroes, Vice-Presidente da Comissão Europeia e responsável pela Agenda Digital, declarou: «Há cada vez mais crianças nos sítios de redes sociais, mas muitas não tomam todas as precauções necessárias para se protegerem em linha. Estas crianças colocam-se em risco, ficando vulneráveis a práticas de assédio e aliciamento. Consequentemente, todas as empresas de redes sociais devem, de imediato, predefinir os perfis dos menores de modo a que fiquem acessíveis apenas para uma lista aprovada de contactos e fora do alcance dos motores de pesquisa. As empresas que ainda não assinaram os princípios para tornar as redes sociais mais seguras na UE devem fazê-lo sem demora, a fim de garantir a segurança das nossas crianças.».

As crianças são utilizadores activos dos sítios de redes sociais

O inquérito hoje publicado pela rede EUKidsOnline abrangeu 25 000 jovens em 25 países europeus e mostra que 38% das crianças dos 9 aos 12 anos afirmam ter um perfil em sítios de redes sociais, variando esta percentagem de 70% nos Países Baixos a 25% em França. As redes sociais são ainda mais populares entre os adolescentes, já que 77% dos jovens dos 13 aos 16 anos afirmam ter um perfil registado.

15% das crianças dos 9 aos 12 anos afirmam ter mais de 100 contactos no seu perfil, atingindo esta percentagem 47% na Hungria. A percentagem de jovens dos 13 aos 16 anos belgas, dinamarqueses, gregos, húngaros, italianos, neerlandeses, noruegueses, polacos, suecos e britânicos com mais de 100 contactos é superior à dos jovens dos restantes países.

Muitas crianças têm perfis públicos abertos a qualquer pessoa

Um quarto das crianças registadas em sítios de redes sociais afirma que os seus perfis estão publicamente disponíveis. Um quinto das crianças cujo perfil é público afirma que esse perfil indica o seu endereço e/ou número de telefone. Em 15 dos 25 países, a percentagem de crianças dos 9 aos 12 anos com perfis públicos é superior à dos jovens dos 13 aos 16 anos.

Apenas 56% dos jovens dos 11 aos 12 anos declaram saber como mudar os parâmetros de privacidade no seu perfil registado em redes sociais. Os mais velhos têm melhores qualificações, já que 78% dos jovens dos 15 aos 16 anos declaram saber como mudar os parâmetros de privacidade.

A acção da Comissão

A Comissão está a acompanhar a aplicação dos princípios para tornar as redes sociais mais seguras na UE, um acordo de auto-regulação assinado pelas empresas de redes sociais através do qual se comprometem a aplicar uma série de medidas nos seus serviços de modo a garantir a segurança dos menores.

A Comissão publicará em breve o primeiro conjunto de resultados da avaliação da aplicação dos princípios para tornar as redes sociais mais seguras na UE pelos seguintes signatários: Arto, Bebo, Facebook, Giovani, Hyves, IRC Galleria, MySpace, Nasza-Klasa, Netlog, One.lt, Rate, SchuelerVZ, Tuenti e Zap (ver IP/09/232, IP/10/144).

O relatório hoje publicado mostra ainda que algumas das empresas de redes sociais populares entre os jovens na Europa não são signatários daqueles princípios.

Atendendo à idade cada vez mais baixa das crianças que utilizam a Internet e os serviços de redes sociais e ao facto de cada vez mais crianças acederem à Internet através de dispositivos móveis, a Comissão lançou uma avaliação dos actuais acordos de auto-regulação das empresas nesta área. As empresas de redes sociais, os fabricantes de dispositivos móveis e consolas de jogos, os fornecedores de serviços Internet, os fornecedores de aplicações e conteúdos para dispositivos móveis, as organizações de consumidores, os investigadores e as organizações de protecção das crianças serão convidados a aderir à plataforma colaborativa. Este diálogo tomará como base as realizações do acordo sobre os princípios para tornar as redes sociais mais seguras na UE (ver anexo e IP/09/232, IP/10/144) e do acordo-quadro europeu para a utilização mais segura dos dispositivos móveis pelos adolescentes e pelas crianças (ver IP/07/139, IP/09/596, IP/10/704).

Para mais informações:

Programa «Para uma Internet mais segura»:

http://ec.europa.eu/information_society/activities/sip/index_en.htm

Conselhos concretos aos pais para a segurança em linha dos filhos:

http://ec.europa.eu/information_society/activities/sip/projects/centres/practices/index_en.htm

Sítio Web da Agenda Digital:

http://ec.europa.eu/information_society/digital-agenda/index_en.htm

Sítio Web de Neelie Kroes:

http://ec.europa.eu/commission_2010-2014/kroes/

Acompanhe Neelie Kroes no Twitter:

http://twitter.com/neeliekroeseu

Anexo

Figura 1: Utilização de SRS por país e faixa etária

  • % 9-12 anos

  • % 13-16 anos

QC313: Tens o TEU perfil registado num sítio de rede social que utilizes com frequência? (Sim/Não)

Base: Todas as crianças que utilizam a Internet


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website