Chemin de navigation

Left navigation

Additional tools

IP/11/371

Bruxelas, 28 de Março de 2011

Escolha o nome! Está em curso a corrida para designar o novo Programa de Investigação e Inovação da UE

Investigadores, engenheiros, empreendedores, inovadores, estudantes e outras pessoas têm até 10 de Maio para usar a sua criatividade e sugerir um nome adequado, atraente e sugestivo para o novo programa de investigação e inovação da UE que será introduzido após 2013. O concurso hoje lançado pela Comissão Europeia insere-se no contexto da actual consulta às partes interessadas sobre o Livro Verde da Comissão dedicado ao novo programa (ver IP/11/138), MEMO/11/76), que estará no cerne da iniciativa União da Inovação (IP/10/1288, MEMO/10/473) e da estratégia Europa 2020. A Comissão propõe uma forma mais inteligente de apoiar os investigadores e inovadores na Europa – para incentivar ainda mais a excelência e ajudar a assegurar que as boas ideias encontrem expressão no mercado e sejam geradoras de crescimento económico e criadoras de emprego. O novo programa articular-se-á em torno de um «Quadro Estratégico Comum» que reunirá, de forma coerente e flexível, vários tipos de financiamento. Será assim possível adaptar melhor o financiamento da investigação para fazer face aos desafios globais e dar uma contribuição a nível central para a estratégia geral Europa 2020, desenvolvida pela UE. Será reduzida a carga administrativa desnecessária e simplificada a participação. A Comissão está, pois, à procura de um novo nome e conta com a colaboração de um júri constituído por personalidades notáveis que seleccionarão, a partir das sugestões recebidas, uma pequena lista de possibilidades a propor para votação em linha.

Máire Geoghegan-Quinn, Comissária Europeia responsável pela Investigação e Inovação, afirmou: «Os Programas-Quadro de Investigação e Desenvolvimento Tecnológico têm sido úteis à Europa e continuam a ser criadores de crescimento, emprego e melhoria da qualidade de vida. Mas o novo programa de investigação e inovação será um novo ponto de partida e uma nova aventura, pelo que precisamos de um novo nome. É necessário fazer a ligação com as partes interessadas e o público e aumentar a visibilidade política e mediática do nosso trabalho, o que, por sua vez, poderá impulsionar a participação e melhorar os resultados. Queremos dar ao novo programa uma identidade clara, que reflicta o que nele se faz efectivamente e mostre não se tratar apenas de “mais um Programa‑Quadro”. Convido, pois, as pessoas a serem criativas e a sugerir um nome».

O Livro Verde publicado pela Comissão em Fevereiro propõe um Quadro Estratégico Comum para a investigação e inovação que rompe com o passado e encara de um novo ângulo os desafios a enfrentar pela Europa na próxima década e mais tarde. Esta nova abordagem pede uma nova «identidade», pelo que é lançado um concurso para lhe dar um nome que seja facilmente associável à investigação e inovação e ao mesmo tempo original, fácil de reter, pronunciar e escrever, podendo ser utilizado numa ampla gama de línguas ou facilmente traduzido.

As propostas podem ser apresentadas até 10 de Maio de 2011 através da ligação http://ec.europa.eu/research/csfri/index_en.cfm?pg=younameit, na qual podem também ser consultadas as regras e condições.

Um júri internacional seleccionará três propostas que serão submetidas à votação do público na internet. Serão membros do júri, entre outras personalidades:

  • Carmen Vela, directora executiva na INGENASA, uma PME inovadora na área da biotecnologia, com sede em Madrid, Espanha.

  • Frank Gannon, Queensland Institute of Medical Research (QIMR), director e presidente do conselho de administração.

  • Anne L'Huillier, bolseira do Conselho Europeu de Investigação. Professora de Física Atómica na Universidade de Lund, Suécia. Vencedora do prémio L’Oréal‑UNESCO 2011.

  • Eric Hollander, director criativo da AIRONAIR, perito em imagem de marca /comunicação.

  • Anna Innamorati, Presidente da McCann Company (escritório de Roma), perita em imagem de marca /comunicação.

  • Massimo Busuoli, chefe do escritório em Bruxelas da ENEA (agência nacional italiana para as novas tecnologias, a energia o desenvolvimento económico sustentável)

O nome da pessoa seleccionada será anunciado pela Comissária Máire Geoghegan-Quinn na conferência que encerrará a consulta sobre o Quadro Estratégico Comum em 10 de Junho em Bruxelas.

O vencedor terá direito a uma viagem com despesas pagas para participar na Convenção Europeia sobre a Inovação, a realizar em Bruxelas no final do ano, onde encontrará a Comissária e outras personalidades de destaque no domínio político, científico e empresarial.

Antecedentes

O novo regime de financiamento da investigação e inovação apoiar-se-á nos êxitos alcançados pelo actual Programa-Quadro de Investigação (7.º PQ), pelo Programa-Quadro Competitividade e Inovação (PCI) e pelo Instituto Europeu de Inovação e de Tecnologia (IET).

O objectivo final é maximizar a contribuição da investigação e inovação financiadas pela UE para o crescimento sustentável e a criação de emprego e atacar os grandes desafios que se colocam à Europa – como as alterações climáticas, a segurança energética e alimentar, a saúde e o envelhecimento da população.

Para tal, será criado um conjunto coerente de instrumentos ao longo de toda a «cadeia da inovação», começando pela investigação fundamental e culminando na colocação de produtos e serviços inovadores no mercado. Será também apoiada a inovação em domínios não tecnológicos, como o design e o marketing.

O Livro Verde da Comissão fornece também a base para uma ampla simplificação das regras e procedimentos. As partes interessadas têm até 20 de Maio de 2011 para responder à consulta.

Ligações

Consulta sobre o Livro Verde

Página Web dedicada à União da Inovação

Instituto Europeu de Inovação e de Tecnologia (IET)

Sétimo Programa-Quadro

Programa-Quadro Competitividade e Inovação (CIP)


Side Bar

Mon compte

Gérez vos recherches et notifications par email


Aidez-nous à améliorer ce site