Navigation path

Left navigation

Additional tools

Maioria dos europeus pronuncia-se a favor de transportes ecológicos

European Commission - IP/11/360   24/03/2011

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO

IP/11/360

Bruxelas, 24 de Março de 2011

Maioria dos europeus pronuncia-se a favor de transportes ecológicos

Segundo um recente inquérito, a maioria dos europeus mostra-se disposta a fazer concessões sobre o preço e as características das suas viaturas a fim de reduzir emissões poluentes. Um inquérito Eurobarómetro realizado nos 27 Estados-Membros da União Europeia revelou, por exemplo, que cerca de dois terços de utilizadores de automóveis da UE afirmaram que poderiam aceitar um compromisso sobre a velocidade de um automóvel para reduzir as emissões. Além disso, a maioria dos automobilistas (53%) é favorável à substituição dos impostos sobre veículos existentes por novos regimes de tributação baseados na utilização efectiva de um veículo. Se a maioria dos utilizadores optou por conduzir um veículo por ser mais cómodo, quase três quartos dos cidadãos da UE (71%) afirmaram que considerariam utilizar transportes públicos se pudessem adquirir um único título de transporte válido para todos os modos de transporte.

O Vice-Presidente Siim Kallas, membro da Comissão responsável pelos transportes, afirmou: «Estes resultados vêm impulsionar enormemente os esforços da UE tendentes a tornar os transportes mais sustentáveis. Revelam que as pessoas estão conscientes do que está em jogo e estão dispostas a contribuírem para reduzirem o seu impacto no ambiente. Iniciativas inteligentes, tais como regimes de tarifação ao quilómetro percorrido e um título de transporte único válido para todos os modos de transporte, apoiam-se nas tecnologias mais modernas e permitem que as pessoas optem pelo seu modo de transporte com conhecimento de causa.»

Compromissos necessários para que se conduza de forma mais ecológica

A maioria dos automobilistas inquiridos (66%) indicou que estaria disposta a fazer compromissos sobre o tamanho do seu automóvel a fim de reduzir as emissões e 62% afirmaram o mesmo sobre a autonomia do veículo – isto é, a distância que se pode percorrer com um depósito cheio ou uma recarga. Mais de metade dos inquiridos (60%) também estaria disposta a pagar mais pelo seu veículo, se tal contribuísse para reduzir as emissões.

Apoio a regimes de tributação em função da utilização efectiva do veículo

Metade dos cidadãos da UE afirmou que era favorável a que os impostos sobre automóveis existentes fossem substituídos por regimes de tributação que tomassem em consideração a utilização efectiva do automóvel. Estes regimes até eram mais populares entre os automobilistas, visto que 53% eram favoráveis a uma substituição dos actuais impostos.

Motivos para optar pela utilização do automóvel

Uma importante maioria de utilizadores de automóveis (71%) pensa que os transportes públicos não são tão práticos como conduzir. Uma percentagem análoga (72%) de automobilistas indicaou que deixou de utilizar transportes públicos em virtude da insuficiência de conexões (49% salientaram este facto como um factor muito importante). Para 64% dos utilizadores de automóveis a reduzida frequência dos serviços foi considerada importante e 54% puseram a tónica na não fiabilidade dois transportes públicos.

Incentivar os automobilistas a combinar os outros modos de transporte

Foi perguntado às pessoas que utilizam o automóvel diariamente o que os poderia levar a utilizar também outros modos de transporte. Quase dois terços (65%) declararam que o poderiam encarar se fosse mais fácil mudar de um modo de transporte para outro, 52% se dispusessem de melhores informações (em linha) sobre os horários, 47% se as estações e paragens fossem mais atraentes e 38% se fosse possível comprar títulos de transporte em linha.

Um forte interesse num título de transporte único válido para todos os modos de transporte

Cerca de três quartos dos cidadãos da UE (71%) indicaram que passariam a utilizar os transportes públicos mais frequentemente se fosse possível adquirir um título de transporte único válido para todos os modos de transporte; esta eventualidade também encontra um forte apoio entre os automobilistas (66%).

O inquérito foi realizado junto de 25 570 pessoas nos 27 Estados-Membros a pedido da Direcção-Geral da Mobilidade e dos Transportes da Comissão Europeia.


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website