Navigation path

Left navigation

Additional tools

IP/11/136

Bruxelas, 8 Fevereiro 2011

Fabricantes apresentam carregador único para telemóveis

Já alguma vez lhe aconteceu não poder pedir emprestado a um colega um carregador de telemóvel por este não ser compatível com o seu telefone? Em breve deixará de ser assim. Há vários anos que a Comissão tem vindo a defender a ideia simples de um carregador comum compatível com telemóveis de todas as marcas. Graças à cooperação entre 14 empresas e a Comissão Europeia, aí está a solução: onechargerforall.eu. Novas normas técnicas para os telemóveis que permitem a transferência de dados foram publicadas em 29 de Dezembro de 2010. Hoje, o Vice-Presidente da Comissão Europeia, Antonio Tajani, recebe das mãos de Bridget Cosgrave, Directora-Geral da DIGITALEUROPE, a maior associação europeia de tecnologia digital, um exemplar de um carregador universal compatível para telemóveis.

«Congratulo-me com a apresentação do novo carregador de telemóveis com base na norma da UE, pelo que representa em termos de diminuição de custos. São boas notícias para os consumidores europeus que hoje anunciamos. Aguardamos agora que o novo carregador e os telemóveis compatíveis cheguem às lojas. Insto aqui a indústria a acelerar a sua introdução no mercado, de modo a que os cidadãos de toda a UE possam tirar partido do carregador universal o mais rapidamente possível», afirmou Antonio Tajani, Vice-Presidente da Comissão Europeia, Comissário responsável pela Indústria e pelo Empreendedorismo.

O dia de hoje assinala o início de um processo de aplicação impulsionado pela Comissão Europeia. O apoio da Comissão permitiu aos fabricantes disponibilizar esta vantagem aos consumidores europeus num período de tempo relativamente curto. A UE chegou a acordo para uma solução que prevê um carregador universal mercê de uma abordagem de senso comum que apresenta benefícios para todos sem necessidade de nova regulamentação. A Comissão Europeia trabalhará com a indústria de modo a que os consumidores europeus possam tirar proveito desta iniciativa o mais rapidamente possível.

A publicação das normas em Dezembro de 2010 implica que os fabricantes de telemóveis podem agora avançar com o desenho pretendido e testar as alterações aos carregadores, de modo a garantir a segurança e a interoperabilidade dos telefones compatíveis. Telemóveis compatíveis de diferentes marcas podem agora funcionar com o mesmo carregador universal, o que representa uma grande vantagem para os utilizadores. Os 14 fabricantes concordaram em introduzir os novos carregadores comuns no mercado europeu no decurso de 2011

O carregador uiniversal constitui prova tangível de como a normalização pode facilitar a vida dos europeus. A normalização é um dos elementos fundamentais que a Comissão promove para explorar todas as potencialidades do Mercado Único, tal como apresentado na Análise Anual sobre o Crescimento de Janeiro de 2011.

Contexto

A incompatibilidade dos carregadores de telemóveis não apenas provoca inconveniências para os utilizadores, como constitui, na União Europeia, uma importante questão do ponto de vista ambiental. Os utilizadores que pretendem substituir os seus telemóveis vêem-se, muitas vezes, obrigados a comprar novo carregador, independentemente do estado em que se encontra aquele que já têm.

Na sequência de um pedido da Comissão Europeia, 14 dos maiores fabricantes de telefones móveis acordaram a assinatura de um memorando de entendimento para harmonizar os carregadores de telemóveis que permitem transferência de dados vendidos na UE. As empresas signatárias do memorando de entendimento são as seguintes: Apple, Emblaze Mobile, Huawei Technologies, LGE, Motorola Mobility, NEC, Nokia, Qualcomm, Research In Motion (RIM), Samsung, Sony Ericsson, TCT Mobile (ALCATEL mobile phones), Texas Instruments e Atmel.

Investidos de um mandato da Comissão Europeia, os organismos europeus de normalização CEN-CENELEC e ETSI emitiram normas harmonizadas às quais devem aderir, a partir de 2011, os telemóveis com entrada para transferência de dados compatíveis com o novo carregador universal. A solução comum encontrada assenta na tecnologia Micro-USB para conectores. Para os telemóveis que não dispõem de uma interface Micro-USB, o memorando de entendimento prevê um adaptador..

O acordo abrange telemóveis que permitem a transferência de dados, isto é, os que podem ser ligados a um computador para transferir imagens, ficheiros e música, por exemplo. Os telemóveis que permitem a transferência de dados ocupam já uma posição predominante no mercado. Os chamados telemóveis inteligentes são um segmento daquele tipo de telefones.

Para mais informações:

One charger for all

Consultar igualmente:

http://www.youtube.com/watch?v=jIyo29pjgDI&feature=player_profilepage


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website