Navigation path

Left navigation

Additional tools

IP/10/1655

Bruxelas, 3 de Dezembro de 2010

10 milhões de pessoas utilizam o CV Europass para procurarem emprego

Segundo os dados mais recentes recolhidos pela Comissão Europeia, mais de 10 milhões de pessoas utilizam o CV Europass (curriculum vitae em linha) para as ajudar a encontrar um emprego. Ao disponibilizar um template de CV harmonizado em 26 línguas, o Europass ajuda os candidatos a emprego a dar a conhecer, de forma convivial, as suas habilitações e competências aos empregadores de toda a Europa e não só. Quase metade dos utilizadores do Europass tem menos de 25 anos.

Androulla Vassiliou, Comissária responsável pela Educação, Cultura, Multilinguismo e Juventude, declarou: «O CV Europass é uma ferramenta prática, generalizada e eficaz. Constato com especial agrado a adesão dos jovens, na medida em que se trata de um importante instrumento da campanha Juventude em Movimento, que os incentiva a estudar ou trabalhar no estrangeiro. Estou certa de que muito em breve contaremos com 20 milhões de utilizadores do Europass.»

O Europass foi lançado em 2005 e destinava-se originalmente aos jovens à procura de emprego e oportunidades no estrangeiro; os seus principais utilizadores encontram-se ainda nesta categoria. Quase metade dos utilizadores do Europass tem menos de 25 anos; um terço não tem qualquer experiência profissional anterior e apenas uma minoria trabalhou já pelo menos cinco anos.

Não obstante, das informações recolhidas afigura-se evidente que, para além de usarem o Europass para procurarem empregos no estrangeiro, muitas pessoas estão também a utilizá-lo cada vez mais para se candidatarem a postos de trabalho nos seus próprios países.

O Europass tem sido bem acolhido por empresas e agências de emprego. Marc Vandeleene, gestor de RP & Comunicação da Manpower belga, afirmou: «Num mercado de trabalho em constante evolução, e que se está a tornar cada vez mais internacional, o CV Europass facilita os processos de recrutamento para as empresas e favorece a mobilidade dos trabalhadores. A forma como um candidato redige o seu CV é, por vezes, influenciada pela sua cultura nacional. Práticas habituais num país não são, necessariamente, aceites num outro. O CV Europass resolve este problema.»

A ferramenta Europass foi desenvolvida para a Comissão pelo Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional (Cedefop), que a gere em parceria com os centros nacionais Europass. Os centros nacionais desempenham um papel crucial para dar a conhecer o Europass ao público. Fazem também a ligação com serviços de orientação de carreira e emprego, empregadores e sindicatos.

Os centros Europass da Hungria e Finlândia, por exemplo, assinaram acordos com agências de recrutamento no sentido de adoptarem o formato do CV Europass. Espera-se que outros países venham a seguir este exemplo. Na Alemanha, mais de 200 empresas contactaram o centro Europass alemão para recolherem informações sobre o CV. Em 2009, mais de 600 000 templates de CV foram descarregados do sítio Web do centro Europass do Reino Unido e 200 000 do centro da Itália.

Para aproveitar esta dinâmica, a Comissão está a explorar sinergias com o portal de oportunidades de investigação Euraxess e o portal de mobilidade profissional EURES.

Juntamente com os centros nacionais Europass, a Comissão e o Cedefop estão também a considerar opções para actualizar o portal Europass e o próprio CV. A título de exemplo, está a ser considerada uma nova versão do CV destinada a profissionais em meio de carreira.

O CV Europass é o primeiro passo no desenvolvimento do novo «passaporte europeu de competências», que permitirá aos cidadãos registarem mais eficazmente competências adquiridas, no seu país ou no estrangeiro, através de experiências como períodos de estágio ou trabalho voluntário. Tal como o CV Europass, o passaporte de competências ajudará os candidatos a emprego a apresentar mais claramente as suas aptidões e experiências.

O Europass está disponível nas 22 línguas oficiais da UE, em turco, croata, norueguês e islandês.

Informações adicionais:

Portal Europass, incluindo ligações aos Centros Nacionais Europass

Página Europass no sitio EUROPA, incluindo ligação ao relatório de avaliação 2008

Centro Europeu para o Desenvolvimento da Formação Profissional (CEDEFOP)


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website