Navigation path

Left navigation

Additional tools

Prémio de jornalismo da UE no domínio da saúde: vencedores de 2010 anunciados ontem em Bruxelas

European Commission - IP/10/1638   01/12/2010

Other available languages: EN FR DE DA ES NL IT SV FI EL CS ET HU LT LV MT PL SK SL BG RO

IP/10/1638

Bruxelas, 1 de Dezembro de 2010

Prémio de jornalismo da UE no domínio da saúde: vencedores de 2010 anunciados ontem em Bruxelas

Foram ontem anunciados em Bruxelas os três vencedores do segundo prémio de jornalismo da UE no domínio da saúde. Os jornalistas italianos Gianluca Ferraris e Ilaria Molinari venceram o primeiro prémio com um artigo para a revista Panorama intitulado «Roubar a esperança». O artigo vencedor chama a atenção para as «clínicas de cura» que oferecem terapias caras, embora não comprovadas, a pacientes vulneráveis que sofrem de doenças crónicas. A jornalista checa Lucie Hášová Truhelková, autora de um artigo sobre a doação de órgãos, intitulado «O amor vive no rim», ficou em segundo lugar. O terceiro lugar foi para a equipa de jornalistas dinamarqueses constituída por Kasper Krogh, Morten Crone, Line Holm Nielsen e Jesper Woldenhof, com um artigo publicado no Berlingske Tidende, intitulado «O grande fracasso», sobre a luta de um cidadão para mudar o sistema de saúde. O prémio recompensa os jornalistas europeus cujo trabalho contribua para a sensibilização no domínio dos cuidados de saúde e levante questões relacionadas com os direitos dos pacientes.

John Dalli, Comissário europeu responsável pela política da Saúde e dos Consumidores, afirmou: «Com este prémio, a Comissão sublinha o importante papel de sensibilização para as questões de saúde desempenhado pela comunicação social. Os vencedores deste ano, bem como todos os finalistas nacionais, levantaram questões da maior importância para os seus leitores».

Este ano verificou‑se um aumento importante do número de artigos elegíveis e do número de jornalistas participantes. O concurso teve a participação de 438 jornalistas dos 27 Estados‑Membros, o que representa um aumento de 44% relativamente ao ano passado. No total, foram apresentados 745 artigos, mais 60% do que no ano passado. Os 27 artigos seleccionados tratam de um vasto leque de temas que fazem parte da campanha «A Europa dos doentes» e incluem áreas como a doação de órgãos, a segurança dos doentes, a pandemia de gripe H1N1 e os cuidados de saúde transfronteiras, entre outros.

Antecedentes

No Verão, os júris nacionais seleccionaram um finalista de cada Estado‑Membro. O júri da UE avaliou os 27 artigos seleccionados, tendo‑se reunido no final de Outubro para decidir quais os três artigos vencedores. O júri da UE, com nove membros, era composto por funcionários da Comissão Europeia, especialistas em saúde pública e jornalistas. Foi presidido por Andrzej Rys, Director da Saúde Pública e Avaliação de Riscos, da Direcção‑Geral da Saúde e dos Consumidores.

Os 27 finalistas nacionais e os directores das respectivas publicações foram convidados a participar, em Bruxelas, num seminário da comunicação social sobre as iniciativas da campanha «A Europa dos doentes» e a comparecer na cerimónia de entrega dos prémios no edifício Berlaymont.

O Prémio de Jornalismo da UE no domínio da saúde e a campanha «A Europa dos doentes» são financiados pelo Programa de Saúde da UE.

Para mais informações sobre o Prémio de Jornalismo da UE no domínio da saúde e para ler os artigos vencedores e os restantes artigos seleccionados, pode consultar o sítio Web:

http://ec.europa.eu/health‑eu/journalist_prize/2010/index_pt.htm

Campanha «A Europa dos Doentes»:

http://ec.europa.eu/health‑eu/europe_for_patients/index_pt.htm

Segundo Programa de Acção Comunitária do domínio da Saúde (2008‑2013):

http://ec.europa.eu/health/programme/policy/index_pt.htm


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website