Navigation path

Left navigation

Additional tools

IP/10/1595

Bruxelas, 25 de Novembro de 2010

38% dos europeus consideram o combate à pobreza como o principal desafio das relações UE‑África, segundo o Eurobarómetro especial

Um Eurobarómetro especial sobre as relações entre a UE e África publicado antes da Cimeira UE‑África que se realiza na Líbia em 29 e 30 de Novembro mostra que os cidadãos europeus concordam amplamente com a atenção dada à cooperação entre os dois parceiros. Para os europeus, os principais desafios da cooperação são o combate à pobreza (38 %), a paz e a segurança (34%) e os direitos humanos (33%). Esta atenção é coerente com o principal objectivo da política de desenvolvimento da UE de erradicar a pobreza, tal como estabelecido no Tratado de Lisboa e reflectido no recente Livro Verde da Comissão intitulado «A política de desenvolvimento da UE ao serviço do crescimento inclusivo e do desenvolvimento sustentável».

Andris Piebalgs, Comissário Europeu para o Desenvolvimento, declarou a este respeito: «Realizar os Objectivos de Desenvolvimento do Milénio e erradicar a pobreza continua a estar no cerne da parceria da Europa com África. Considero encorajador que tal seja igualmente uma prioridade para os cidadãos da Europa. No princípio deste mês, a Comissão Europeia apresentou propostas sobre a forma de consolidar as nossas relações, acrescentando‑lhes força e centrando‑se no crescimento inclusivo e sustentável a longo prazo. A Cimeira de Trípoli constituirá uma excelente ocasião para debater formas de melhorar a nossa cooperação relativamente a este aspecto.»

Este Eurobarómetro «UE‑África - Trabalhar para uma parceria mais estreita» analisa a forma como os europeus apreendem as relações entre os dois continentes. 34% dos europeus pensa que África se tornará um parceiro mais importante para a Europa na próxima década, enquanto 42% considera que a relação permanecerá a mesma. Os resultados variam de forma significativa entre os países da UE: na Suécia, Áustria, Luxemburgo, Alemanha, Eslovénia e Portugal a maior parte dos inquiridos considerou que a importância de África como parceiro aumentaria. A falta de informação continua a constituir um desafio em toda a Europa, uma vez que quase 15% do público não tem uma opinião exacta sobre as relações UE‑África. Desde a Cimeira UE‑África de 2007, a tónica das relações passou de uma simples abordagem do tipo doador‑beneficiário para uma verdadeira parceria em que os problemas são resolvidos em conjunto, reflectindo os interesses de ambas as partes.

Podem observar‑se diferentes tendências na UE 15 e na UE 12. Nesta última verificou-se uma tendência para mencionar a pobreza e a fome primeiro, enquanto na UE 15 foi atribuída maior importância à democracia e à boa governação na cooperação entre a UE e África.

Além disso, os europeus não consideram as migrações como um domínio de importância fundamental, apesar da cobertura relativamente elevada por parte dos meios de comunicação social das questões de imigração ilegal, particularmente na Europa do Sul. Apesar de os inquiridos em Espanha (11%) e em Malta (18%) atribuírem de forma significativa a esta questão níveis superiores de importância do que o europeu médio (6%), as migrações continuam, em média, a ser consideradas como menos importantes do que a pobreza e os direitos humanos.

As imagens positivas de África para os europeus centram-se em grande medida em torno da beleza natural do continente (28%) e da vida selvagem (24%). 41% dos europeus associam África com outras questões positivas como as artes, os mercados ao ar livre, as inovações tecnológicas e os êxitos desportivos. Entre estas imagens tradicionais de África, um em cada dez europeus citou as imagens positivas do continente relacionadas com a tecnologia e a economia, o que reflecte progressos nos domínios essenciais em que se centra a parceria UE‑África.

A Comissão Europeia promove estas alternativas crescentes em relação às apreciações tradicionais a um nível político na sua comunicação relativa à consolidação das relações África – UE (publicada em 10 de Novembro): apela à cooperação UE‑África que dê prioridade a um ambiente conducente ao investimento, ao comércio e à criação de emprego. Estas questões serão aprofundadas durante a 3.ª Cimeira UE‑África a realizar em Trípoli, sobre o tema transversal «Investimento, Crescimento Económico e Criação de Emprego». A Cimeira terá por objectivo conduzir a cooperação entre os dois continentes para uma plataforma nova e mais ambiciosa e promover o crescimento e o emprego nos dois continentes, em benefício das populações da Europa e da África.

Antecedentes

Em 2007, 80 Chefes de Estado e de Governo da Europa e de África lançaram a parceria estratégica conjunta África-UE para prosseguir em conjunto interesses comuns e objectivos estratégicos, além da ênfase na tradicional política de desenvolvimento. A Parceria UE-África é a única parceria estratégica a nível de continentes da UE. Oito parcerias temáticas asseguram o acompanhamento operacional: paz e segurança, governação democrática e direitos humanos, comércio, integração regional e infra-estruturas, Objectivos de Desenvolvimento do Milénio (ODM), energia, alterações climáticas, migração, mobilidade e emprego, ciência, sociedade da informação e espaço.

Para mais informações consultar:

O texto integral do Eurobarómetro especial pode ser consultado em:

http://ec.europa.eu/public_opinion/archives/eb_special_en.htm#353

Para antecedentes sobre o Eurobarómetro Especial, consultar MEMO/10/609

IP/10/1495 e MEMO/10/566 sobre a comunicação relativa à consolidação das relações UE‑África

IP/10/1494 e MEMO/10/565 sobre o Livro Verde: «A política de desenvolvimento da UE ao serviço do crescimento inclusivo e do desenvolvimento sustentável melhoria do impacto da cooperação para o desenvolvimento da UE»

Sítio Web do Comissário Europeu para o Desenvolvimento, Andris Piebalgs:

http://ec.europa.eu/commission_2010-2014/piebalgs/index_en.htm

Sítio Web da DG Desenvolvimento: http://ec.europa.eu/development/index_en.cfm

Sítio Web da Europaid (AisCo): http://ec.europa.eu/europeaid/index_pt.htm

Sítio Web da Parceria África‑UE: http://www.africa-eu-partnership.org/


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website