Navigation path

Left navigation

Additional tools

IP/10/1157

Bruxelas, 22 de Setembro de 2010

Ambiente: retalhistas cumprem as suas promessas ecológicas

Graças às promessas feitas pelos retalhistas europeus de promoverem modelos de consumo mais sustentáveis do ponto de vista do ambiente, os consumidores europeus beneficiam de uma maior oferta de produtos ecológicos. Um relatório que avalia a consecução dos objectivos voluntários definidos pelos membros do Fórum de Retalhistas Europeu – uma iniciativa da Comissão Europeia e do sector retalhista – mostra que os retalhistas estão a cumprir os seus compromissos. Para além de proporem um maior número de produtos sustentáveis nas prateleiras dos supermercados, os retalhistas registaram igualmente progressos na redução da sua pegada ambiental, prestando especial atenção a medidas relacionadas com a utilização eficiente dos recursos. Porém, considera-se que a comunicação com os consumidores sobre questões de sustentabilidade é uma área que pode ser melhorada. O relatório recomenda a criação de um regime de prémios que recompense as melhores práticas.

O Membro da Comissão responsável pelo Ambiente, Janez Potočnik, declarou: «O presente relatório mostra que os retalhistas encaram com uma seriedade crescente as suas responsabilidades ambientais. Os retalhistas estão em condições únicas de influenciar as opções dos clientes e observo com satisfação que a oferta de produtos ecológicos aumenta. Congratulo-me com os retalhistas pelos seus esforços de eficiência na utilização dos recursos e de redução do seu impacto ambiental, mas este processo está apenas no seu início.»

Compromissos ecológicos

Desde o lançamento do Fórum de Retalhistas em 2009 que o sector se propôs adoptar uma série de medidas ambientais individuais e específicas que contribuam para o consumo e a produção sustentáveis. A eficiência energética dos edifícios e o aumento das vendas de produtos mais sustentáveis são as áreas de actividade prioritárias para os retalhistas.

Foram assumidos cerca de 280 compromissos ambientais em três categorias: o que vendemos, como vendemos e comunicação.

A avaliação da primeira série de compromissos para 2009 revelou muitos exemplos de boas práticas. As visitas feitas a estabelecimentos comerciais nos diversos Estados-Membros mostraram que os retalhistas oferecem mais produtos ecológicos aos seus clientes. Esta oferta inclui gamas alargadas de produtos com o rótulo ecológico e biológicos.

Sustentabilidade na prática

A cadeia de supermercados Carrefour aumentou 83%, em relação a 2006, o número de produtos biológicos com a sua marca, ao passo que a Mercadona alcançou uma taxa de recuperação de 100% para os resíduos de embalagens em estabelecimentos comerciais e centros de distribuição. A Asda Wal*Mart reduziu 40%, em relação aos níveis de 2005, as emissões de CO2 provenientes da frota de transporte e a Lidl obteve uma redução de 10 000 toneladas de CO2 em 2009, simplesmente utilizando sacos de compras feitos a partir de materiais reciclados. O relatório cita outros exemplos.

Embora tivessem sido destacados alguns exemplos de boas práticas de comunicação com os consumidores, o relatório considerou que os retalhistas poderiam ir mais longe neste domínio. O relatório recomenda igualmente a criação de um regime de prémios que recompense as boas práticas.

Fórum de Retalhistas

O Fórum de Retalhistas foi lançado em 2009 com o objectivo de facilitar uma melhor compreensão das medidas práticas necessárias para promover o consumo sustentável. A adesão está aberta a todos os retalhistas que se associem ao Programa de Acção em matéria de Ambiente para o Sector Retalhista (REAP) e a organizações da sociedade civil que desejem contribuir para os seus objectivos.

Em Junho, os retalhistas apresentaram um código de conduta ambiental voluntário para o sector. O Código de Sustentabilidade Ambiental para o Sector Retalhista trata do aprovisionamento sustentável de produtos específicos como a madeira ou o peixe, do aumento da eficiência na utilização de recursos nos estabelecimentos comerciais, da optimização do transporte e da distribuição, bem como da melhoria das práticas de gestão dos resíduos e da comunicação com os consumidores. Os signatários comprometem-se a comunicar os progressos alcançados, por exemplo através de um relatório anual sobre as práticas de sustentabilidade das suas empresas. Dezanove grandes retalhistas e 7 associações de retalhistas já assinaram o código de conduta.

Para ler o relatório e obter mais informações sobre o Fórum de Retalhistas, consultar: http://ec.europa.eu/environment/industry/retail/index_en.htm.


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website