Navigation path

Left navigation

Additional tools

IP/10/1131

Bruxelas, 15 de Setembro de 2010

Semana Europeia da Mobilidade 2010: «Viaje bem, viva melhor»

De 16 a 22 de Setembro de 2010, centenas de cidades por toda a Europa e no resto do mundo irão participar na Semana Europeia da Mobilidade, o evento de maior projecção mundial dedicado à mobilidade urbana sustentável. O tema da campanha de 2010 – «Viaje bem, viva melhor» – reconhece os efeitos negativos que as actuais tendências de mobilidade urbana produzem na saúde dos cidadãos. O objectivo desta iniciativa consiste em incentivar as autoridades locais a promoverem meios de transporte alternativos ao automóvel e a sublinharem o seu impacto positivo na saúde pública e no ambiente.

Nas palavras de Siim Kallas, Vice-Presidente da Comissão Europeia, responsável pelos Transportes: «A maioria da população mundial vive em áreas urbanas. A maior parte das nossas viagens diárias começa e termina em zonas citadinas, pelo que dependemos, efectivamente, dos sistemas de transportes urbanos. Todos sofremos com os efeitos negativos deste tipo de transporte, nomeadamente os engarrafamentos, os acidentes, a fraca qualidade do ar ou o ruído, que diminuem claramente a nossa qualidade de vida. Estes problemas não são de âmbito local, mas dizem respeito a toda a União Europeia. Se conjugarmos esforços, estou certo de que encontraremos soluções inovadoras e sustentáveis para combater os problemas de mobilidade urbana e fornecer às populações mais alternativas que se adeqúem às suas necessidades."

O Comissário Europeu para o Ambiente, Janez Potočnik, declarou: «Demasiados europeus dependem dos seus automóveis para viagens curtas. Trata‑se de uma questão preocupante, já que quanto mais utilizarmos o automóvel, mais acidentes de viação e mais poluição atmosférica haverá. O tema da Semana Europeia da Mobilidade 2010 – «Viaje bem, viva melhor» – deveria levar as autoridades locais a prestar mais atenção ao impacto das políticas de transporte no ambiente urbano e na qualidade de vida e a ajudar a população a fazer escolhas mais inteligentes e saudáveis.»

Viaje bem, viva melhor

A utilização excessiva de veículos nas cidades, sobretudo automóveis particulares, expõe a saúde dos cidadãos a vários riscos. Referimo-nos, nomeadamente, a ferimentos e fatalidades causados por acidentes de viação, a infecções e doenças respiratórias derivadas da poluição atmosférica e a doenças crónicas tais como a obesidade e as doenças cardiovasculares provocadas por um estilo de vida cada vez mais sedentário. Outros factores de risco para a saúde física e mental são o isolamento social e a destruição dos laços sociais engendrados pelo congestionamento do tráfego e pela diminuição dos espaços públicos bem como a poluição sonora que acarreta perturbações do sono e stress.

A Semana da Mobilidade destina-se a alterar os hábitos de transporte dos cidadãos, fornecendo alternativas ecológicas à utilização do automóvel. Os cidadãos terão a oportunidade de experimentar meios de transporte alternativos e as autoridades locais poderão testar novos serviços e infra-estruturas. A iniciativa garante resultados a longo prazo, já que as cidades envolvidas são incentivadas a adoptar de forma permanente, pelo menos, uma medida prática. A semana termina com o Dia Europeu sem Carros, oficialmente assinalado a 22 de Setembro, em que as cidades irão reservar zonas exclusivas para a circulação de peões, ciclistas e transportes públicos.

Principais iniciativas da Semana Europeia da Mobilidade 2010

Dos vários eventos organizados na cidade de Bolonha, em Itália, destaca-se um leilão de bicicletas em segunda mão, encontradas ao abandono nos arredores da cidade. A gestão deste evento está a cargo de uma associação de estudantes universitários em colaboração com o município de Bolonha. Os proponentes mais afortunados irão receber artigos de segurança, brochuras sobre prevenção rodoviária, além de outro material e gadgets promocionais.

Smithfield Market, em Londres, é o local onde, a 17 de Setembro, terá lugar a primeira edição do City Cycle Style, um evento que pretende celebrizar a bicicleta como um meio de transporte moderno. Os participantes são convidados a equipar‑se a rigor e terão a oportunidade de conhecer criadores de roupas de ciclismo, de experimentar algumas das suas criações e de se sentar nos selins de alguns dos últimos modelos destes veículos de duas rodas. Uma parte do dinheiro angariado pelo evento irá reverter a favor de uma instituição de beneficência que recolhe bicicletas usadas com destino ao continente africano.

A cidade de Brno na República Checa programou uma série de actividades que visam a promover a marcha nórdica, o ciclismo e a utilização de patins em linha. O programa inclui visitas guiadas à cidade, bem como treinos e exercícios direccionados para o público em geral, acompanhados de espectáculos musicais ao ar livre.

Participação crescente

Desde o seu lançamento em 2002, tem-se verificado um aumento contínuo do número de cidades envolvidas na Semana Europeia da Mobilidade. No ano passado, atingiu-se um número recorde de 2181 cidades inscritas para participar no evento, representando cerca de 237 milhões de pessoas. Mais de 4440 medidas permanentes foram adoptadas em consequência desta semana de campanha. O sucesso da Semana Europeia da Mobilidade levou cada vez mais países fora da Europa a aderir a esta iniciativa, nomeadamente a Argentina, o Canadá, o Equador, o Japão e Taiwan.

A Semana Europeia da Mobilidade é coordenada por três organizações não‑governamentais especializadas em questões relacionadas com o ambiente urbano: Eurocities, Energie-Cités e Climate Alliance. A Direcção-Geral do Ambiente da Comissão Europeia concede apoio financeiro e organiza o Prémio Semana Europeia da Mobilidade atribuído anualmente ao melhor programa de actividades e medidas.

Informação adicional no sítio Web da Semana Europeia da Mobilidade:

http://www.mobilityweek.eu/


Side Bar

My account

Manage your searches and email notifications


Help us improve our website