Chemin de navigation

Left navigation

Additional tools

IP/10/1056

Bruxelas, 18 de Agosto de 2010

Paquistão: a Comissária Georgieva propõe aumentar a ajuda da Comissão para 70 milhões de euros em vésperas da sua visita à região

Em resposta ao recente agravamento da crise humanitária, Kristalina Georgieva, Comissária responsável pela Cooperação Internacional, Ajuda Humanitária e Resposta a Situações de Crise, anunciou hoje que a Comissão irá mobilizar um montante adicional de 30 milhões de euros sob a forma de ajuda humanitária de emergência. Com este financiamento, a Comissão eleva para 70 milhões de euros o total dos fundos de ajuda humanitária destinados às populações afectadas pelas inundações. A 23 de Agosto, a Comissária visitará as zonas afectadas do Paquistão, onde se encontrará com as autoridades, os peritos e as vítimas das inundações.

«Os danos causados pelas inundações no Paquistão são devastadores atingindo muitos milhões de pessoas. Os fundos adicionais serão utilizados para intensificar as operações de ajuda humanitária levadas a cabo pelos parceiros de ajuda humanitária da Comissão Europeia. Os peritos em ajuda humanitária da Comissão também estão a trabalhar no Paquistão, onde colaboram com os nossos parceiros para garantir que os fundos sejam aplicados do modo mais eficaz possível em benefício das desesperadas vítimas destas inundações catastróficas», disse a Comissária Georgieva.»

Desde 31 de Julho, a Comissão Europeia já providenciou 40 milhões de euros em ajuda humanitária às vítimas das cheias no Paquistão (consultar IP/10/1018 e IP/10/1048). Nos últimos 12 meses, a Comissão já concedeu um total de 111,25 milhões de euros em ajuda humanitária a populações carenciadas no Paquistão, sem contar com o pedido de reforço hoje anunciado.

A Direcção-Geral de Ajuda Humanitária e Protecção Civil da Comissão (ECHO) tem um gabinete de apoio em Islamabade. Os peritos do ECHO acompanham atentamente a evolução da situação humanitária e supervisionam a utilização dos fundos da Comissão destinados à ajuda.

Os projectos humanitários financiados pela Comissão são executados por organizações não governamentais, agências especializadas das Nações Unidas e pelo Crescente Vermelho. Entre as actividades abrangidas figuram a saúde, a alimentação, a água e o saneamento, os abrigos (de emergência), os produtos não alimentares (cobertores, capas de plástico, estojos de higiene, conjuntos de cozinha, etc.), apoio psicológico, comunicações de emergência, protecção e apoio aos meios de subsistência.

As organizações de ajuda humanitária parceiras que receberam fundos ou estão em vias de os receber incluem a Acted, ActionAid, Concern, Cordaid, Danish Church Aid, Hope87, International Catholic Migration Commission (ICMC), Organização Internacional das Migrações (OIM), Comité Internacional de Socorro (CIS), Merlin, Oxfam e Save the Children.

Acção da UE no domínio da protecção civil

O Mecanismo Europeu de Protecção Civil foi activado em 6 de Agosto. O Centro de Informação e Vigilância (CIV), no âmbito do ECHO, está em contacto com os 31 países participantes no Mecanismo, alguns dos quais estão a providenciar ajuda em espécie ao Paquistão (ou seja, unidades de purificação de água, estojos de primeiros socorros, tendas, geradores eléctricos). Um funcionário de ligação do CIV está a trabalhar no gabinete do ECHO em Islamabade para facilitar a coordenação da ajuda da UE no domínio da protecção civil e servir de elo de ligação com o sistema das Nações Unidas.

Para mais informações: http://ec.europa.eu/echo/index_en.htm


Side Bar

Mon compte

Gérez vos recherches et notifications par email


Aidez-nous à améliorer ce site