Chemin de navigation

Left navigation

Additional tools

Autres langues disponibles: FR EN DE DA ES NL IT EL LV MT SL RO

IP/ 09 /1435

Bru xelas, 7 de Outubro de 2009

Coordenadores da Rede Transeuropeia de Transportes apresentam o seu relatório anual e uma Posição Comum

Os coordenadores da Rede Transeuropeia de Transportes entregaram ao Vice-Presidente Antonio Tajani o seu quarto e último relatório em conformidade com o seu primeiro mandato e no qual detalhavam o ponto da situação dos projectos prioritários pelos quais eram responsáveis.

O Vice-Presidente Tajani, responsável pelos Transportes, afirmou: «Estou grato aos Coordenadores Europeus pelo facto de, tal como nos anos transactos, os seus relatórios proporcionarem à Comissão Europeia e às outras Instituições uma análise pormenorizada de nove projectos europeus importantes. Não só manifesto a minha satisfação pelos progressos alcançados como me congratulo com o facto de este mandato, que agora terminou, se ter revelado uma experiência política com êxito, ao utilizar as competências e talentos de figuras políticas europeias experientes para actuarem enquanto negociadores, interlocutores e embaixadores de importantes projectos de RTE-T. Actualmente já nos estamos a debruçar sobre o trabalho que terá de ser concluído durante os quatro próximos anos, em especial no contexto da reavaliação das políticas no domínio das Redes Transeuropeias de Transportes ». O Vice-Presidente concluiu: «Contudo, é com mágoa que recordo a morte de Karel Van Miert em Junho deste ano. A sua perda, não só enquanto Coordenador mas também enquanto fonte de inspiração permanente dos que trabalham nos transportes na Europa, é intensamente sentida».

Os relatórios anuais de 2009 sumarizam não só o trabalho efectuado no decurso de 2008-2009, como também todo o período do primeiro mandato de quatro anos (2005-2009). Tal como nos anos anteriores, os relatórios continuam a espelhar as perspectivas e análises dos coordenadores e contêm uma série de propostas e recomendações que permitem que os intervenientes nos projectos assumam um papel activo à medida que os projectos avançam no sentido da concretização.

Além disso, os Coordenadores redigiram um documento que contém uma reflexão comum no final do respectivo primei ro mandato, que entregaram ao Vice-Presidente. Os Coordenadores, tomando em consideração o processo de revisão que a Comissão Europeia lançou no princípio do seu segundo mandato, querem contribuir para o debate ao efectuarem uma avaliação e emitirem recomendações assentes na sua experiência.

O Vice-Presidente Tajani manifestou a sua gratidão aos Coordenadores Europeus e salientou a utilidade do respectivo trabalho: « É com satisfação que tomo nota do imenso sucesso que os Coordenadores Europeus alcançaram relativamente a estes projectos transfronteiriços internacionais complexos. Uma vez mais, se estes projectos registaram progressos, tal deve-se à sua estreita implicação pessoal. Este facto foi de especial relevância durante as circunstâncias extremamente difíceis com que os Estados-Membros se depararam no último ano no contexto da crise económica e financeira mundial. Agradeço, em especial, o documento que os Coordenadores me entregaram e que será importante no âmbito dos debates que estão a decorrer sobre a futura estratégia para as RTE-T».

A revisão da política de RTE-T que está actualmente a ser levada a cabo irá identificar os futuros desafios para o programa RTE-T e permitir adicionar valor acrescentado às actividades dos coordenadores. Durante as jornadas RTE-T que irão decorrer de 21 a 22 de Outubro em Nápoles, irá realizar-se uma importante reunião sobre este assunto, cujo objectivo principal é promover um debate exaustivo entre os intervenientes sobre as vias e os objectivos da futura política dos transportes europeus. Esta conferência, que vem na sequência da publicação, em Fevereiro de 2009, de um Livro Verde sobre o futuro desta política, irá propor opções estratégicas para a próxima década, tomando especialmente em conta os objectivos na luta contra a alteração climática e os avanços tecnológicos nas áreas dos transportes e da energia. Tem igualmente como finalidade, enaltecer o facto de as RTE-T terem contribuído para que os objectivos de uma União alargada tivessem sido alcançados num contexto de circunstâncias económicas especialmente difíceis.

Os relatórios de actividade bem como a Posição Comum dos Coordenadores podem ser consultados na seguinte página:

http://ec.europa.eu/transport/infrastructure/european_coordinators/2009_en.htm

Karel Van Miert: ligação ferroviária Berlim - Palermo

Etienne Davignon: ligação ferroviária de alta velocidade do Sudoeste da Europa

Laurens Jan Brinkhorst: ligação ferroviária Lyon – Fronteira da Ucrânia

Péter Balázs: ligação ferroviária Paris - Bratislava

Karla Peijs: Eixo fluvial do Reno/Mosa-Meno-Danúbio; Canal Sena - Escalda

Luis Valente de Oliveira: Auto-estradas do Mar

Pavel Telička: Eixo ferroviário «Rail Báltica»

Karel Vinck: ERTMS


Side Bar

Mon compte

Gérez vos recherches et notifications par email


Aidez-nous à améliorer ce site